Trump elogia política migratória do Governo italiano

Jim Lo Scalzo / EPA

O primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, e o Presidente dos EUA, Donald Trump, na Casa Branca

O Presidente norte-americano elogiou, esta segunda-feira, a linha política assumida pelo atual Governo italiano em matérias migratórias, afirmando que outros países europeus deviam adotar a mesma “posição firme” e seguir o exemplo.

Donald Trump falava no início de um encontro com o primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, que foi recebido, esta segunda-feira, na Casa Branca, em Washington.

Conte é o líder da atual coligação governamental italiana (que tomou posse no passado dia 1 de junho) que integra o partido de extrema-direita nacionalista Liga e o Movimento 5 Estrelas (M5S, populista). “É um homem que fez um trabalho formidável”, afirmou o Presidente dos EUA, numa referência à atual postura política do Governo de Roma em matérias migratórias.

“Sei que ele tem uma posição firme na fronteira”, prosseguiu Trump, defendendo que “muitos outros países na Europa deviam fazer o mesmo”.

O atual Governo italiano tem adotado uma linha dura contra as migrações. Por exemplo, o Executivo de Roma decidiu bloquear, ao longo das últimas semanas, o acesso aos portos italianos a vários navios de organizações não-governamentais (ONG) que estão envolvidas no resgate de migrantes no mar Mediterrâneo.

“A Itália é um importante aliado na NATO, parceiro eminente no Afeganistão e no Iraque e é crucial para trazer estabilidade na região do Mediterrâneo“, indicou uma nota informativa divulgada em finais de junho passado pela Casa Branca quando anunciou a visita de Conte a Washington.

Nesse mesmo mês, durante a última reunião do G7 (grupo das sete maiores economias do mundo) no Canadá, Trump já tinha qualificado o atual primeiro-ministro italiano como “super”. “É muito firme em relação à imigração, como eu”, afirmou na altura Trump.

Recorde-se que o Presidente dos EUA deseja construir um muro na fronteira com o México para combater a imigração ilegal e adotou uma política migratória de “tolerância zero” que separou crianças menores dos respetivos pais, indocumentados, na fronteira entre os EUA e o território mexicano.

Nas mesmas declarações antes da reunião com o primeiro-ministro italiano, o chefe de Estado norte-americano adiantou que o encontro com Conte também iria servir para abordar questões comerciais e militares.

Este encontro ocorre dias depois do compromisso alcançado, na quinta-feira passada, entre Trump e o presidente da Comissão Europeia, Jean Claude-Juncker, para uma trégua que permita reduzir as crescentes tensões comerciais dos últimos meses entre Washington e a Europa, após a imposição de taxas pelos EUA.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

É a quantidade de alimento que determina quem se torna a abelha-rainha

Um novo estudo sugere que é a quantidade de alimento, e não a sua qualidade, como se pensava até agora, que determina quem se torna a abelha-rainha. Quais são os fatores que determinam qual é a …

Em Miami e Nova Iorque, os polícias ajoelharam-se por George Floyd

Em Miami e em Nova Iorque, alguns agentes da autoridade juntaram-se aos manifestantes por breves momentos, para mostrar o seu respeito pela memória de George Floyd. Nos Estados Unidos, os protestos pela morte de George Floyd …

A Nova Zelândia está em cima de uma enorme bolha de lava

A Nova Zelândia situa-se no topo dos restos de uma pluma vulcânica gigante. Este processo é o responsável pela atividade vulcânica e desempenha um papel fundamental no funcionamento do nosso planeta. Nos anos 70, vários cientistas …

Petição busca estatuto de vítima para crianças em contexto de violência doméstica

Uma petição lançada na sexta-feria que reivindica a criação do estatuto de vítima para as crianças que vivem em contexto familiar de violência doméstica já foi assinada por mais de 1300 pessoas, entre elas personalidades …

Assimétrica e flutuante. A primeira casa impressa em 3D na República Checa vai "nascer" em 48 horas

A primeira casa impressa em 3D na República Checa vai estar pronta no próximo mês para demonstrar a velocidade e a eficácia de uma técnica de construção que será sete vezes mais rápida e terá …

Anonymous garantem que princesa Diana foi assassinada para abafar caso Epstein

O movimento internacional de ciberativistas Anonymous - ou alguém que alega operar em seu nome - garante que a princesa Diana, que morreu num acidente de viação em agosto de 1997, foi, na verdade, assassinada …

Empresa de mineração pede desculpa por destruir cavernas sagradas aborígenes

A empresa mineira Rio Tinto admitiu que destruiu as cavernas pré-históricas que eram locais de culto para os aborígenes australianos e pediu desculpa. As cavernas de pedra Juukan Gorge 1 e 2 – dois locais de …

Itália exige "respeito": vai abrir fronteiras, mas excluir países que impõem restrições a italianos

Apesar de acredita "no espírito europeu", o ministro dos Negócios Estrangeiros italiano sublinhou que o país está pronto "para fechar as fronteiras" àqueles que não o respeitem. A Itália vai abrir as suas fronteiras internacionais a …

As Forças Armadas sul-africanas não estavam preparadas para um inimigo invisível

A Força de Defesa Nacional da África do Sul não está preparada para combater uma pandemia silenciosa como a da covid-19. Este "inimigo invisível" veio trazer à tona as fragilidades do país. As Forças Armadas da …

Putin convoca referendo sobre alterações constitucionais para 1 de julho

A aprovação da reforma constitucional permitirá ao atual Presidente da Rússia, Vladimir Putin, cumprir mais dois mandatos suplementares a partir de 2024. Vladimir Putin anunciou a data de 1 de julho para o referendo nacional de …