Trump diz que opção militar contra a Coreia do Norte está pronta para ser acionada

Olivier Douliery / POOL / EPA

Donald Trump

O Presidente dos Estados Unidos voltou, esta sexta-feira, a ameaçar a Coreia do Norte e disse que a opção militar está pronta para ser acionada.

“As soluções militares estão plenamente operacionais, preparadas e armadas, para o caso de a Coreia do Norte se comportar imprudentemente. Espero que Kim Jong-un opte por outro caminho”, escreveu Donald Trump na sua conta do Twitter.

A declaração insere-se numa escalada da retórica entre Washington e Pyongyang. Na terça-feira, Trump ameaçou o regime coreano com “fogo e fúria nunca vistos” se Pyongyang persistir nas ameaças aos EUA.

Em resposta, os norte-coreanos disseram estar a preparar planos para atacar a base norte-americana em Guam, 3.430 quilómetros a sudeste da Coreia do Norte.

O exército norte-coreano “está a analisar seriamente o plano” para executar um ataque envolvendo quatro mísseis Hwasong-12, de médio alcance, em direção a Guam para enviar “um forte sinal de advertência aos EUA”, disse, esta quinta-feira, a agência oficial norte-coreana KCNA.

A China já pediu aos dois países para “mostrarem prudência” e “agirem mais ativamente” visando acabar com “uma situação tensa”.

“Apelamos a todas as partes para mostrarem prudência nas suas palavras e ações e a fazerem mais para atenuar as tensões”, declarou Geng Shuang, porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros chinês, num comunicado.

Devem esforçar-se para “aumentar a sua confiança mútua em vez de recorrerem a velhas receitas que consistem em encadear demonstrações de força”, adiantou o governo chinês.

No entanto, segundo a Reuters, o jornal estatal chinês Global Times também já deixou um alerta: vai ser neutra se a Coreia do Norte lançar primeiro um ataque mas irá reagir se forem os EUA a atacar a Coreia do Sul.

“A China deve deixar claro que se a Coreia do Norte lançar mísseis que ameacem o solo dos EUA e os EUA retaliarem, a China vai ser neutra. Se os EUA e a Coreia do Norte realizarem ataques e tentarem derrubar o regime norte-coreano e mudar o padrão polícia da Península da Coreia, a China vai impedi-los”, cita o Diário de Notícias.

A China, membro permanente do Conselho de Segurança da ONU, aprovou no sábado uma sétima série de sanções económicas internacionais contra a Coreia do Norte, em resposta aos disparos do país de mísseis intercontinentais.

O país propôs várias vezes uma dupla “moratória”: a paragem simultânea dos ensaios nucleares e balísticos de Pyongyang e dos exercícios militares conjuntos dos EUA e da Coreia do Sul.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Suárez aborda eventual saída de Messi. "Saberá do que precisa"

O futebolista Luis Suárez comentou a possível saída do seu companheiro de equipa Lionel Messi do Barcelona. "Saberá do que precisa", disse o internacional uruguaio, frisando que não consegue ver o astro argentino noutra equipa. …

Mário Centeno nomeado governador do Banco de Portugal

O Conselho de Ministros aprovou, esta quinta-feira, o nome do ex-ministro das Finanças para o cargo de governador do Banco de Portugal (BdP). A decisão foi revelada, esta quinta-feira, depois do Conselho de Ministros, pela ministra …

Finanças admitem queda de 9% no PIB. Governo prepara-se para rever projeção inicial de 6,9%

O Ministério das Finanças admite a possibilidade de que a queda do PIB se aproxime dos 9%, revelou esta quinta-feira o Jornal de Negócios, adiantando que o Governo se prepara para rever a projeção inicial …

Vacina de Oxford testada em humanos com "resultados promissores"

Os testes clínicos em humanos da potencial vacina contra a covid-19 que a Universidade de Oxford criou tiveram "resultados prometedores" e desencadearam a resposta imunitária que se pretendia. Os testes em humanos, que desde abril envolveram …

Goa decreta novo confinamento, com Índia a rondar um milhão de casos

Depois de ter aberto portas ao turismo, Goa decreta um novo confinamento de três dias. Registaram-se 198 novos casos nas últimas 24 horas, o número mais alto desde o início da pandemia. O estado de Goa, …

Tribunal da Concorrência confirma coima de 75 mil euros a Ricardo Salgado

O Tribunal da Concorrência confirmou, esta quinta-feira, a coima de 75 mil euros aplicada pelo Banco de Portugal a Ricardo Salgado, no caso do financiamento do Grupo Alves Ribeiro (GAR) para compra de ações da …

Mais três mortes e 339 novos casos de covid-19 em Portugal

Portugal regista, esta quinta-feira, mais três mortes e 339 novos casos de infeção por covid-19 em relação a quarta-feira, mostra o boletim mais recente da DGS. Segundo o boletim diário da Direção-Geral de Saúde (DGS), dos …

Crise entrou em nova fase mas mundo "não está fora de perigo", diz FMI

A diretora do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva, disse esta quinta-feira que a crise provocada pela pandemia entrou numa nova fase, que exige flexibilidade para assegurar "uma recuperação sustentável e equitativa", alertando que o mundo …

China bane importação de ovelhas portuguesas

As alfândegas chinesas baniram as importações de ovelhas e produtos relacionados de Portugal, alegando um aviso da Organização Mundial de Saúde Animal sobre um surto de paraplexia enzoótica dos ovinos na Guarda. A notícia foi avançada …

Tânia já pode abraçar os filhos. Livrou-se do coronavírus ao 16º teste após 4 meses isolada

A algarvia Tânia Poço foi, finalmente, dada como "curada" de covid-19 após quatro meses de confinamento. Aquele que terá sido o caso mais prolongado da infecção em Portugal, chegou ao fim com o 16º teste …