Trump promete “fogo e fúria nunca vistos”. Coreia reage com ameaça de atacar Guam

(dr) Craig Stephens / SCMP

Trump vs Kim

O Presidente norte-americano, Donald Trump, avisou esta terça-feira a Coreia do Norte de que “é melhor não fazer mais ameaças aos Estados Unidos” ou “elas terão como resposta fogo e fúria como o mundo nunca viu”. Em resposta, a Coreia do Norte ameaçou atacar o território norte-americano de Guam.

Durante uma sessão sobre dependência de opiáceos que decorreu no seu campo de golfe em Bedminster, Nova Jérsia, onde se encontra de férias, o presidente norte-americano avisou a Coreia do Norte de que caso continue a ameaçar atacar os Estados Unidos, tais ameaças “terão como resposta fogo e fúria como o mundo nunca viu“.

Em reacção às palavras de Donald Trump, o senador John McCain afirmou esta terça-feira que “os grandes líderes não fazem ameaças” – a não ser que estejam prontos para agir, algo que o senador acredita não ser o caso do presidente dos EUA.

Devemos ter a certeza de que podemos fazer o que dizemos que vamos fazer”, acrescentou o senador republicano, crítico assumido do presidente norte-americano.

Também o congressista Eliot Engel, membro da Comissão de Relações Exteriores do Congresso, criticou as palavras de Trump. Segundo Engel, as afirmações do presidente foram “imprudentes” e colocam a segurança do país em risco.

“Hoje, o comportamento imprudente do presidente Trump e a sua explosão impulsiva minaram a segurança do povo americano e a dos nossos amigos e aliados ao traçar esta absurda linha vermelha”, considerou o congressista democrata, segundo o qual “Kim Jong-un vai desmascarar este bluff com os nossos adversários a assistir”.

Tinha razão

Já esta quarta-feira, em reacção às palavras de Donald Trump, a Coreia do Norte informou que está a “examinar cuidadosamente” um plano para atacar a ilha de Guam, um dos cinco territórios que os Estados Unidos detêm no Pacífico.

As instalações militares norte-americanas na ilha, localizada na Micronésia, na extremidade sul das Ilhas Marianas, estão entre as bases de maior importância estratégica dos EUA no Pacífico Ocidental.

De acordo com um porta-voz do Exército Popular Coreano, citado pela agência estatal norte-coreana KCNA, “o ataque será implementado de forma multi-corrente e consecutiva em qualquer momento”, tão cedo quanto o líder norte-coreano, Kim Jong-un, tome a decisão de o fazer.

Segundo um outro porta-voz militar citado pela KNCA, a Coreia do Norte poderia também realizar um ataque preventivo se os Estados Unidos mostrarem sinais de provocação.

Jeffrey Landis / Wikimedia

Vista aérea do porto de Apra, na base naval norte-americana de Guam, no Pacífico Ocidental

Escalada de tensão

O ministério da Defesa japonês e a imprensa norte-americana divulgaram esta terça-feira que a Coreia do Norte foi bem-sucedida na produção de ogivas nucleares miniaturizadas que cabem dentro dos seus mísseis, o que constitui um marco nos esforços de Pyongyang para se tornar uma potência nuclear de pleno direito.

As preocupações de Washington com as tentativas do líder norte-coreano, Kim Jong-Un, para alcançar o poder nuclear intensificaram-se no último mês, com a realização por Pyongyang de dois testes de mísseis balísticos intercontinentais, ou seja, com capacidade para atingir território norte-americano.

O regime norte-coreano assegurou na segunda-feira que o endurecimento das sanções das Nações Unidas não o impedirá de continuar a desenvolver o seu arsenal nuclear, ameaçando os Estados Unidos de que os “fará pagar mil vezes o preço do seu crime”.

Sob iniciativa de Washington, o Conselho de Segurança da ONU impôs à Coreia do Norte sanções que poderão custar-lhe mil milhões de dólares de receitas anuais, restringindo transações económicas fundamentais com a China, o seu principal aliado e parceiro económico.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. vem ai a 3.ª guerra mundial…
    2 Burros chateiam-se e dá nisto…

    Um é pequeno em altura e quer ser grande o outro apesar de algo gosta de ser falado como se o mundo sem ele não existisse…

RESPONDER

Há cada vez mais cidades chinesas com cortes de energia — e isso poderá ter consequências globais

Embora o problema já se tenha começado a sentir em julho, na última semana deixou de atingir apenas as zonas industriais para se estender aos bairros residenciais. População foi desaconselhada a não usar dispositivos com …

Barack Obama: "Taxem os ricos, como eu," para financiar proposta de Biden

Apelo está relacionado com a aprovação de um grande plano legislativo proposto por Joe Biden e que deverá ser negociado nas duas câmaras do Congresso norte-americano ao longo das próximas semanas. Numa semana decisiva da governação …

As origens dos antigos Etruscos foram finalmente reveladas

Vestígios de ADN encerraram, finalmente, o debate sobre a origem dos Etruscos,  uma antiga civilização cujos restos mortais foram encontrados em Itália. De acordo com quase dois mil anos de dados genómicos, recolhidos de 12 locais …

Rússia acusa Navalny e aliados de extremismo em novo processo

A Rússia intensificou a campanha contra o opositor do governo Alexei Navalny, abrindo esta terça-feira um novo processo judicial, que poderá levá-lo a cumprir uma pena de prisão de mais uma década. Navalny cumpre dois anos …

Governo demite Chefe do Estado-Maior da Armada. Gouveia e Melo provável sucessor

O ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho, vai propor ao Presidente da República a demissão do Chefe do Estado-Maior da Armada, confirmaram hoje à Lusa fontes ligadas à Defesa. O Governo propôs ao Presidente da …

Borussia Dortmund 1-0 Sporting | Um Mal(en) que veio só… e foi suficiente

O “bicho papão Haaland não jogou, mas nem assim os “leões” conseguiram contrariar o maior poderio germânico. O Sporting saiu de Dortmund com uma derrota, apesar da excelente réplica no Signal Iduna Park, e muito por …

FC Porto 1-5 Liverpool | Dragão atropelado em casa

O Liverpool é uma espécie de “besta” em tons de “red” para o FC Porto. Em nove jogos oficiais, os “azuis-e-brancos” nunca venceram, somando 3 empates e 6 derrotas, a mais recente foi pesadíssima e …

China desenvolve arma invisível capaz de destruir redes de comunicação em dez segundos

Uma equipa de cientistas chineses está a desenvolver uma arma sónica, que gera um intenso pulso eletromagnético, capaz de destruir redes de comunicação e de fornecimento de energia elétrica. A arma poderá ter um alcance …

Dezenas de mulheres abusadas por funcionários da OMS na República Democrática do Congo

Dezenas de mulheres e meninas foram abusadas sexualmente por voluntários da Organização Mundial de Saúde (OMS) destacados para enfrentar o Ébola na República Democrática do Congo (RDC), entre 2018 e 2020, concluiu um inquérito independente …

Evolução de parasita está a tornar mais difícil detetar e tratar a malária

Uma mutação do parasita que causa a malária está a "camuflar" as proteínas que são identificadas nos testes rápidos, tornando mais difícil detetar e tratar a doença. De forma semelhante aos testes à covid-19, baratos e …