Trump diz que, se for eleito, Clinton vai parar à prisão

Saul Loeb / EPA

-

O candidato republicano à Casa Branca disse que, se for eleito Presidente dos Estados Unidos, vai investigar Hillary Clinton devido ao caso dos ‘emails’ e que, sob a sua liderança, já estaria “na prisão”.

Durante o segundo debate entre os dois candidatos à Presidência dos Estados Unidos, Donald Trump voltou a atacar a candidata democrata por ter usado um endereço de correio eletrónico privado enquanto secretária de Estado (2009-2013) e ameaçou, caso chegue à Casa Branca, nomear um procurador especial para a investigar.

Em resposta, Hillary Clinton voltou a admitir que cometeu um “erro” com os emails e garantiu estar “muito comprometida” em lidar de forma séria com informação classificada.

“É de facto muito bom que alguém com o temperamento de Donald Trump não seja responsável pela lei no nosso país”, declarou, impelindo o republicano a responder: “Porque estarias na prisão”.

Naquele que foi o segundo debate entre os candidatos, considerado por muitos como um debate “feio” e “assustador”, não faltou a troca de acusações acerca dos abusos de Trump contra mulheres.

O magnata negou ter atacado sexualmente mulheres e disse que as “respeita”, respondendo à recente divulgação de um vídeo de 2005 em que se ouve Trump a fazer comentários degradantes sobre uma atriz de telenovelas, com uma linguagem considerada vulgar e ofensiva.

Quando Clinton trouxe o assunto para cima da mesa, o republicano voltou a dizer que se tratou de “conversa de balneário” e sublinhou que já pediu desculpa à sua família e aos cidadãos dos EUA.

A democrata considerou que as declarações neste vídeo não foram fruto de um momento excecional, mas sim um reflexo de “quem Trump é”.

“Tudo o que vimos e ouvimos na sexta-feira foi Donald a dizer o que pensa sobre as mulheres, dar-lhes pontos pela sua aparência”, acrescentou.

Ao mesmo tempo que se defendia destas acusações – que incluem suspeitas de que o candidato republicano agarrava de forma sexual mulheres contra a sua vontade – Trump apontou o dedo ao antigo Presidente e marido de Hillary, Bill Clinton, acusando-o de ter um comportamento muito pior.

Momentos antes de o debate começar em St. Louis, no Missouri, Trump surgiu em público, perante os jornalistas, com quatro mulheres que acusaram o ex-Presidente de assédio sexual.

Sondagens dão vitória a Clinton no segundo debate

De acordo com uma sondagem da CNN, Hillary ganhou o frente-a-frente – reunindo 57% dos votos e Trump 34% – mas a amostra utilizada será mais democrata do que republicana, porque há mais democratas a ver os debates.

Entre os entrevistados, 63% considerou, no entanto, que o magnata teve melhor prestação do que no primeiro debate, há duas semanas – já 15% respondeu que o desempenho de Trump foi semelhante e 21% que esteve pior.

No caso de Clinton, 39% disse que a sua prestação melhorou, 34% que foi igual e 26% que piorou.

O próximo debate decorre no dia 19 de outubro, em Las Vegas, e as eleições para eleger o novo Presidente norte-americano realizam-se a 8 de novembro.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Mais uma vez a deturpação/interpretação (tendenciosa) da “imprensa” (letra minúscula e entre aspas porque a maioria “dessa” não merece qualquer respeito). Trump não disse que iria processar a Hillary. Disse sim que, se fosse eleito, (que espero bem que não) iria mandar investigar o assunto. Investigar e processar são coisas bem diferentes. Mas tem mais impacto assim, não é ZAP/Lusa?

    • Caro Mais uma vez,

      De facto, a palavra “processar” aparece no primeiro parágrafo da nossa notícia.

      Sendo essa a primeira e a única vez que o termo foi usado, podemos concluir que terá sido um erro do jornalista que a escreveu e não uma intenção de que a notícia tivesse mais “impacto”.

      Mesmo assim, agradecemos o seu reparo. O erro já foi corrigido.

      • Muito bem. Gostei. É raro, mas admitiram o erro (?).
        Nota: Quando está assinado ZAP/Lusa, a notícia e da vossa responsabilidade. Partilhada… Mas vossa, portanto descartar no jornalista, (partindo do principio que foi MESMO erro) não fica muito bem. De qualquer forma é um ponto positivo, (o facto de assumirem o erro) mas é como se fosse uma gota no deserto. No meio de tantos negativos… Enfim. Mas é um passo (muito pequenininho)

RESPONDER

O buraco negro mais faminto do Universo engole por dia uma massa equivalente à do Sol

No centro do quasar mais brilhante já descoberto "mora" um dos maiores buracos negros que é também o mais "faminto" de todo o Universo: por dia, engole o equivalente à massa do nosso Sol. As …

Cientistas investigam estranho gelo cor-de-rosa num glaciar dos Alpes italianos

Uma equipa de cientistas anunciou esta segunda-feira estar a tentar averiguar a origem de gelo cor-de-rosa num glaciar nos Alpes italianos. O fenómeno deverá ser provocada por algas que aceleram os efeitos das mudanças climáticas. A origem …

Especialistas de 32 países alertam OMS: covid-19 também se transmite pelo ar

Numa carta aberta à Organização Mundial de Saúde, 239 cientistas pedem que a organização reveja as recomendações que tem emitido, alertando para o facto de a covid-19 poder transmitir-se pelo ar. Numa carta dirigida à Organização …

Moreirense 0-0 Sporting | Nulo em jogo de pólvora seca

A 30ª jornada fechou no Minho com um nulo entre Moreirense e Sporting, que continua sem derrotas sob o comando de Rúben Amorim. A formação leonina poderia muito bem ter vencido em Moreira de Cónegos, pois …

Armazém flutuante. A China está a guardar petróleo no mar (e já se sabe porquê)

A China está a guardar uma quantidade épica de petróleo no mar. De acordo com a CNN, o país comprou tanto petróleo estrangeiro a preços baratos que formou um congestionamento maciço de navios-tanque no mar, …

Peregrinos em Meca proibidos de tocar ou beijar a Caaba por causa da covid-19

Os muçulmanos que vão participar na peregrinação a Meca não poderão tocar ou beijar a Caaba nem a "pedra negra", presentes na Grande Mesquita, local considerado como um dos mais sagrados pelo Islão, informaram as …

Países Baixos continuam a abater milhares de martas. 20 quintas afetadas pela pandemia

Esta segunda-feira, as autoridades holandesas abateram milhares de martas em mais duas fazendas onde foram detetados surtos de covid-19. Esta segunda-feira, as autoridades abateram milhares de martas em mais duas fazendas, sendo agora 20 as quintas …

Cientistas criam robô para fazer testes à covid-19 (e proteger os profissionais de saúde)

O Korea Institute of Machinery & Materials (KIMM) desenvolveu um novo robô de coleta remota de amostras que elimina o contacto direto entre os profissionais de saúde e os pacientes, potencialmente infetados com o novo …

"Não use desodorizante". A peculiar estratégia de Berlim para promover o uso de máscaras nos transportes públicos

"Não use desodorizante". Esta é a peculiar campanha adotada pela empresa que controla os transportes públicos em Berlim, na Alemanha, para promover o uso correto de máscaras, evitando assim novos casos de covid-19.  Tal como escreve …

Vírus pode ter estado adormecido antes de surgir na China, diz investigador de Oxford

O novo coronavírus pode ter estado adormecido algures no mundo antes de ter surgido na China, defendeu o investigador da Universidade de Oxford, Tom Jefferson, apontando para várias descobertas de amostras do vírus em Espanha, …