Donald Trump discursou esta terça-feira na ONU e começou por tecer largos elogios à sua Administração. Os líderes mundiais reagiram com risos que surpreenderam o Presidente norte-americano. 

Trump, que deveria discursar depois do presidente do Brasil, Michel Temer, acabou por ser substituído pelo Presidente do Equador, uma vez que chegou atrasado à sessão de abertura da Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU) que decorreu em Nova Iorque.

Apesar do atraso, foi o seu discurso que suscitou reações dos líderes mundiais que assistiam ao seu discurso. Trump começou por vangloriar-se pelos “feitos extraordinários” alcançados pela sua administração durante os dois anos do seu mandato.

“Em menos de dois anos a minha administração já conseguiu mais que qualquer administração na história do país”, frisou o líder norte-americano.

De imediato, e ainda durante o primeiro minuto do discurso -, o som de risos ouviu-se na sala e Trump, após uma pausa, sublinhou: “É verdade”, suscitando a primeira gargalhada do dia entre os líderes mundiais que assistem à abertura da Assembleia-Geral.

“Não esperava essa reação, mas tudo bem”, disse, admitindo ficar surpreendido.

“Os Estados Unidos estão agora mais fortes, mais ricos e mais seguros”, reforçou.

Mais tarde, numa parte do discurso dirigido à Alemanha, a delegação germânica foi filmada também a rir quando o presidente vaticinou que o país “ficará totalmente dependente da energia russa se não mudar imediatamente de estratégia”.

Face à reação insólita dos líderes mundiais, os internautas repescaram um antigo tweet de Trump direcionado a Barack Obama, na época Presidente dos Estados Unidos.

“Precisamos de um Presidente que não seja motivo de chacota para o mundo inteiro. Precisamos de um líder verdadeiramente grande, um génio da estratégia e da vitória. Respeito!”, criticava Trump em 2014. Estas palavras são agora devolvidas ao seu autor.

Irão está a semear “o caos, a morte a destruição”

Numa outra passagem do seu discurso, Donald Trump deixou duras críticas ao Irão, acusando o país de ser “uma ditadura corrupta” que está a semear “o caos, a morte e a destruição” no Médio Oriente.

Para o presidente norte-americano, o Irão não respeita os seus vizinhos ou as fronteiras destes e, tratando-se de um regime que defende “Morte à América” e a destruição de Israel, o mundo não pode permitir-lhe desenvolver armas nucleares.

Trump admitiu ainda novas sanções ao Irão, pedindo que todas as nações do mundo isolem o país pelo seu “comportamento agressivo”. O Presidente dos EUA disse ter lançado uma campanha de “pressão económica” para retirar ao Irão os recursos de que necessita para prosseguir a sua “agenda sangrenta” na Síria e no Iémen.

Donald Trump acusou ainda a China de praticar um comércio injusto, afirmando que os Estados Unidos não vão mais tolerar acordos que permitam a outros países enviar os seus produtos para a América, subsidiar os seus bens e manipular a moeda para obter vantagens imerecidas. “Os EUA não vão mais deixar que se aproveitem deles”, frisou.

O líder da Casa Branca falou também da Coreia do Norte para agradecer a Kim Jong-un – a quem há um ano chamou, perante a Assembleia-Geral, rocket man, – os passos que deu no sentido da desnuclearização, depois da cimeira entre Trump e Kim em junho passado.

O presidente norte-americano dedicou boa parte do seu discurso a defender a “soberania americana” e a rejeitar “a governação global”.

“Eu honro o direito de todas as nações nesta sala para seguirem os seus costumes, crenças e tradições. Os Estados Unidos não vos dirão como devem viver, trabalhar ou rezar. Só pedimos que honrem a nossa soberania também”, sublinhou Trump, reiterando as suas políticas nacionalistas e criticando claramente o multilateralismo.

Marcelo não aplaudiu

O chefe de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa, afirmou nesta terça-feira que não aplaudiu o discurso do Presidente norte-americano “em obediência” à posição portuguesa pelo multilateralismo e pelo diálogo.

A este propósito, Marcelo que Portugal acredita “acima de tudo na orientação do secretário-geral das Nações Unidas”, António Guterres. “Entendemos que a linha de orientação dele para as Nações Unidas está correta, coincide com a linha que nós defendemos. Há outras orientações, mas que são diversas das nossas”, afirmou.

Questionado sobre o motivo pelo qual não aplaudiu o discurso do Presidente norte-americano, Marcelo respondeu que Portugal “sobre a matéria do papel das Nações Unidas e da situação mundial tem uma visão que é defender o multilateralismo, defender o diálogo”.

“Defender a preocupação com as alterações climáticas, defender a concertação permanente para resolver os conflitos mundiais, defender o livre comércio internacional e não o protecionismo”, completou.

“Nós temos é, sobretudo, de defender aquilo em que acreditamos“, rematou.

ZAP // Lusa / EFE

PARTILHAR

50 COMENTÁRIOS

      • O Brasil vive na ilusão de que tem alguma coisa para roubar. Quando os portugueses mandavam no Brasil tinham floresta, agora têm corruptos para exportar. Nem sei o que o Brasil tem alguma coisa a ver com o Trump

    • Joaquim, Obama é que tirou o USA da banca rota causada pelo George W.Bush (bolha imobiliaria, banca, etc… ), Obama estabilizou as contas do país e pos o país no rumo do crescimento. Trump está é a coletar os louros da administração Obama.

      • ze, o Obama nao tirou os EUA de banca rota alguma. O Obama fez a dívida dos EUA disparar, subiu de 10 trilioes de dólares para 20 triliões de dólares. O unico comparável em Portugal a Obama foi o Sócrates. A economia dos EUA quando Trump entrou disparou, saiu dos anémicos 1.6% de crescimento para 4.3%.

  1. Não ouvi nenhuma mentira do Trump. Curioso que nos meios de comunicação não referem a parte em que, ao “tecer largos elogios à sua Administração”, se congratula também por ter reduzido o desemprego na comunidade negra e latina. Pois.. isso não ajuda nada à narrativa do racismo e xenofobia. Preferem tentar passar a imagem de um lunático pateta.
    Foi um discurso épico do Trump. E sim, a Alemanha está cada vez mais dependente energeticamente da Rússia. Riram-se mas engoliram em seco! O Irão é uma ameaça mundial. A ditadura socialista de Maduro na Venezuela destruiu o país. E a Coreia do Norte deixou de disparar compulsivamente mísseis à sua volta (o Obama ganhou um nóbel da paz por muito menos).
    O Sr. Marcelo não aplaudiu. Certo que o Trump nem vai dormir a pensar nisso. Somos tão patéticos nessa “obediência” que nem davam pela falta pelo Sr. Marcelo. Em vez de andar feito barata tonta pelo país a tirar selfies podia aproveitar para assistir à lição do Presidente Trump sobre como fazer um país grande outra vez.

    • Que bem que escreveu . De tão raro ver tanta lucidez tiro-lhe o chapéu e à sua honestidade intelectual . Provavelmente a maioria até poderá pensar assim mas o politicamente correto aqui impera . Pena não termos um , só um , político com a coragem do Presidente Trump .

      • Agradeço as palavras José. Estou saturado do politicamente correcto. A informação que nos chega do Trump é bastante manipulada e distorcida. As pessoas esquecem-se que milhões votaram nele, de todas as raças e credos. Será dos melhores presidentes dos USA e será reeleito com uma maioria convincente. Falta-nos realmente gente assim. Somos governados por incompetentes de cocaras para Bruxelas.

    • “Somos tão patéticos nessa “obediência”..”
      Pelo discurso, nota-se que falas por ti…
      .
      O Trump só se esquecer de dizer que o motor do crescimento da economia americana é a Califórnia, que curiosamente (ou talvez não!), tem politicas opostas às de Trump em quase tudo!!
      Pormenores que não interessam à trampada…

      • A California desenvolveu-se na primeira metade do séc. XX e agora enfrenta uma série de problemas que nem vou enumerar, em parte devido às políticas liberais. Que políticas distintas de Trump é que refere? Cannabis? Distribuição gratuita de seringas? Uma bolha imobiliária? Acolhimento de ilegais? As maiores desigualdades no planeta? Pesquise no youtube “San Francisco” “shit hole” e veja o resultado das políticas progressistas.
        A Califórnia é de facto a região mais rica (longe de carregar os USA ao colo, isso é um perfeito disparate), não pelas suas políticas. Pelo passado (incluindo desde empresas a universidades) e pelas riquezas naturais, clima e enquadramento geográfico (região costeira no Pacífico, etc.). Não tem nada a ver com políticas anti-Trump!

        • Chama-lhe o que quiseres, mas o facto é que a Califórnia cresce e leva a economia americana atrás!!
          Como sempre fez!…
          Com menos de 40 milhões de habitantes é 5ª economia do mundo, à frente, por exemplo, do Reino (des)Unido (com mais de 65 milhões hab.)!…
          É pena que não enumeres essa “série de problemas” devidos às “políticas liberais” (na verdade nem sei bem o que queres dizer com “políticas liberais”)…
          Eu nunca referi politicas “anti-Trump (é mais politicas próprias/que se estão a borrifar para os devaneios do Trump)!!
          Mas, mais interessante seria teres enumerado alguma decisão/politica do Trump que tenha contribuído realmente/decisivamente para a melhoria da economia americana…

  2. O “Eu!” é claramente um troll ao serviço dos interesses do “povo eleito” do senhor Drahi, dono da Altice e Sapo. A fazer o que recomenda o Cass Sunstein…
    O problema, Eu!zito, é a realidade…
    – Mas, miúda, fala para aí! 😉

  3. …já era tempo deste “artista” se dedicar à “stand up comedy”.
    Infelizmente isto não é comédia, é só triste.
    Quando se retira o auxílio a quem precisa, quando se cospe na mão que deu, quando se usa a chantagem do poder militar para conseguir acordos, é fácil conseguir os mais altos resultados económicos, e os piores de sempre em humanidade, saber que tanta gente prefere esta realidade (até do lado de cá) não dá mesmo vontade nenhuma de rir.

      • Caro Joaquim espero que o esse seu argumento continue verdadeiro até ao fim do mandato deste artista, mas nem o Joaquim acredita nisso, pois não?
        Pessoalmente adoraria poder dar-lhe toda a razão quando essa bendita hora chegar.

        • Deixe de ler tanta propaganda, e vá à fonte ouvir em ingles as coisas. O Trump é anti-guerras ao contrário do Obama que subsidiava o ISIS. O Trump prometeu derrotar o ISIS em 6 meses e cumpriu

          • “O Trump prometeu derrotar o ISIS em 6 meses e cumpriu”
            uma das maiores aberrações que li aqui! e depois são os outros que lêem a tal da propaganda…
            Pior cego é o que não quer ver.

          • “Trump é anti-guerras”
            É?!
            Donald Trump threatens to ‘totally destroy’ North Korea in UN speech
            Lindo!…
            Agora é o Irão, que segundo serviços de informação bem mais confiáveis do que o Trump, está a cumprir o acordo – os EUA é que não!!
            .
            “O Trump prometeu derrotar o ISIS em 6 meses e cumpriu”
            A sério?!
            E avisaram alguém lá no médio-oriente?!
            É que ninguém deu por isso; muito menos devido a acções das forças dos EUA!…
            .
            “Raqqa recuperada em 3 meses após a entrada de Trump”
            E claro que as duas coisas estão directamente relacionadas… faz todo o sentido!…
            .
            “E o exercito sirio a clamar vitória sobre o ISIS 10 meses após a entrada de Trump. Isto tudo é informação publica”
            Mais uma vez, está tudo relacionado, até porque todos sabemos que o Trump e o Exercito Sírio são aliados… ou talvez não!…
            .
            “Deixe de ler tanta propaganda”
            Pois…

            • Eu! ainda há 2 dias vi uma reportagem na TV dos sírios a reconstruirem as zonas destruidas pela guerra. Isso acontece pq? Pq o ISIS foi corrido da Síria. A Coreia do Norte era um Estado belicista e a armar-se, o que Trump fez foi dizer q se não paravam de se armar a América acabava com essa intenção deles e assim conseguiu a paz. Se alguem tivesse falado assim grosso com o Hitler quando começou a rearmar a Alemanha talvez nunca tivesse acontecido a 2ª guerra mundial. E quanto ao Irão deixe ver se percebi. A Europa agora vai pagar biliões para eles não desenvolverem armas nucleares. Ok, e porque não Angola e Moçambique fazerem o mesmo? A isso chama-se pagar a terroristas, é sempre um incentivo a outros fazerem chantagens iguais.

  4. Os cães ladram “ riem” e a caravana do Presidente Trump, continua a marcar pontos.
    Quanto a este Presidente, populista e beijoqueiro, claro segue a voz do Dono, a Alemanha. Até quando?

  5. o trampinha se alguém achar que é um exemplo, felizmente que não se candidate a algo que possa mudar a vida de muitos, então o sujeito quando vê o tribunal internacional tentar fazer comprir com a justiça, já considera o tribunal como morto, como alguém pode dar apoio a esse gaijo?

  6. TRUMP NEM ESTÁ AI, PARA AS GARGALHADAS, E RISADAS. FOI VERDADEIRO , E DISSE A VERDADE NA CARA, E NÃO PELAS COSTAS, COMO MUITOS POLITICOS. ALIAS A VERGONHA DE POLITICOS, PRESIDENTES, QUE HÁ POR ESTE MUNDO FORA E TEMOS NESTE PAIS DE PACOVIOS. EM QUE SÓ PENSAM NOS SEUS INTERESSES, DA FAMILIA, E AMIGUINHOS…. E O POVO QUE SE LIXE , CLARO.
    VIVA TRUMP, BATO – LHE MUITAS PALMAS MESMO …

  7. O gajo é maluco, desbocado, foleiro, rufião, etc, etc, etc, fazem chacota e riem-se dele.
    O facto é que a situação americana melhorou muito mais do que o resto do mundo quer/gosta de admitir…
    Eu estive lá o ano passado, e vi os “carrões” no parque de estacionamento dos operários de uma fábrica de peças para automóveis…
    E quanto à dependência alemã da energia russa… TEM TODA A RAZÃO!!!!
    O pior è que não é só a Alemanha, é toda a Europa do norte e central.
    No dia em que a Rússia decidir fechar a torneira do gás, a Europa está frita… ou melhor, congelada!!!!

  8. Lideres mundiais? Os tais que têm países de onde abunda a miséria? 98% dos países ali representados? Riem-se de quê? Dos povos que massacram e do nepotismo que semeiam, onde praticam todo o tipo de torturas e onde democracia e liberdade é um a fantasia? ? É caso para dizer que se riem, mas o motivo devem ser de gases! Tomaram eles defender os seu povo e país como Trump o faz incluindo o Presidente Marcelo! O mundo está uma vergonha, um nojo onde cada vez mais países como a Rússia e a China que em nada contribuem para ajudar quem quer que seja ao contrário dos EUA que assume uma enorme despesa à custa dos outros pulhas que apenas querem mais dinheiro, estes dois países nunca dão ponto sem nó, basta que a Zambia é hoje um país vendido à China, já nada nesse país é da sua soberania são os chineses que a coberto de auxílio são donos de tudo! Portanto não são exemplo para ninguém, muito pelo contrário, mas são modelo para todos os canalhas que deveriam responder perante o TPI! É caso para se dizer olha quem se ri! Ainda anda este impresa corrupta a dizer que os “lideres” mundiais se riram! É preciso ter desfaçatez! Tenham vergonha antes de publicar uma coisa destas. A maior parte dos “lideres” mundiais os tais 98% devem anos à prisão e não passam de pulhas com a forma humana.

  9. Pois é!
    Só se fala de líderes e liderança.
    Do discurso de outros, ninguém já se lembra. São discursos de palha para burros.
    O certo é que o povo americano vive melhor, incluindo aqueles que o abominam.
    Trump não é hipócrita!
    O nosso Presidente é mais do mesmo, um situacionista do funcionalismo público.

  10. riram por despeito, porque eles sabem que trump sabe o que faz, eles sabem que e corajoso enfrenta os obstaculos de frente nao se acobarda. eles riram quando sabem que ha tantos paises miseraveis governados por ditadores e nao dizem ou fazem nada eles so estao interessados na AGENDA MUNDIAL com objectivos de escravizar e explorar a humanidade. eles querem o multilaterismo para funcionar como instrumento da agenda mundial, ja que esta provado que nao funciona . enfim estes lideres so sabem rir do mal e das suas proprias derrotas!!

  11. Quem ri á toa são os palhaços!
    Entretanto os números que mais importam dão inteira razão ao presidente D. Trump que já provou que é que são os carneiros e os bobos que só sabem seguir as modas eleitoralistas do politicamebte correcto que têm levado sistematicamente ao endividamento descontrolo desgoverno e dependencia economica e subserviência á China e multinacionais!
    Vale aqui lembrar que é melhor ser o ultimo a rir!

RESPONDER

Um ano após o confinamento de Wuhan o mundo continua em crise devido à covid-19

Quase um ano depois da imposição do confinamento na cidade de Wuhan para travar o vírus SARS-CoV-2, que se assinala este sábado, o mundo continua em luta contra a pandemia, apesar do aparecimento de vacinas. A …

Pessoas com certas características podem ser mais suscetíveis a "ouvir" os mortos

Uma equipa de cientistas identificou certas características que podem tornar as pessoas mais suscetíveis a alegar que “ouvem” os mortos. Um novo estudo sugere que as pessoas que se descrevem como "clariaudientes" - em oposição a …

Sporting 1 - 0 SC Braga | Leões conquistam Taça da Liga com golo de Porro (e algum sofrimento)

O Sporting reconquistou hoje a Taça da Liga de futebol, ao vencer na final o Sporting de Braga, por 1-0, em Leiria, com um golo de Pedro Porro e enorme resistência durante a segunda parte. O …

Estados Unidos querem rever o acordo com rebeldes talibãs no Afeganistão

Os Estados Unidos indicaram hoje às autoridades afegãs o seu desejo de rever o acordo entre o Governo norte-americano e os talibãs, assinado em fevereiro de 2020, particularmente para "avaliar" o respeito dos rebeldes pelos …

"Excedeu todas as expetativas". Implante de córnea artificial devolve visão a homem cego

Um homem de 78 anos que estava cego dos dois olhos há 10 anos recuperou a visão após receber o primeiro implante de uma córnea artificial desenvolvida pela startup israelita CorNeat Vision. O implante CorNeat KPro …

Tenista João Sousa falha Open da Austrália após ter estado infetado

João Sousa vai falhar o Open da Austrália depois de ter estado infetado com o novo coronavírus, por determinação das autoridades australianas, anunciou hoje o tenista português. "É com muita tristeza que vos dou a conhecer …

Cientistas criam nova forma de produzir carne em laboratório (e prometem manter o sabor e a textura)

Uma equipa da McMaster desenvolveu uma nova forma de carne cultivada, através do uso de um método que promete manter o sabor e a textura mais naturais do que as outras alternativas à carne tradicional. Os …

Papa pede "jornalismo corajoso" e controlo de notícias falsas na Internet

O papa Francisco pediu hoje um "jornalismo corajoso" que venha ao encontro das pessoas e histórias, propondo ainda o controlo das notícias falsas na Internet, especialmente neste período de pandemia da covid-19. “Opiniões atentas lamentam, há …

A cidade mais antiga das Américas está sob ameaça de invasão (e a culpa é da pandemia)

Tendo sobrevivido durante cinco mil anos, o sítio arqueológico mais antigo das Américas está sob a ameaça de invasores que afirmam que a pandemia de covid-19 os deixou sem outra opção a não ser ocupar …

Suspeito do homicídio de Bruno Candé nega ter agido impulsionado por racismo

Evaristo Marinho disparou vários insultos racistas contra Bruno Candé: “Vai para a tua terra, preto, tens a família toda na sanzala e também devias lá estar”, foi um deles. Três dias depois acabou por matá-lo, …