Trump reage ao eventual julgamento de destituição: “Absolutamente ridículo”

Stefani Reynolds / EPA

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump

O Presidente cessante dos Estados Unidos considerou “absolutamente ridículo” que outro julgamento de destituição seja aberto no Congresso, dizendo que essa possibilidade está a causar uma “tremenda raiva” no país.

Donald Trump, que arrisca um segundo processo de destituição, cuja acusação será discutida na Câmara de Representantes na quarta-feira, também disse que não deseja nenhuma forma de violência no país.

Em declarações aos jornalistas, na Casa Branca, antes de partir para uma viagem ao Texas, onde visitará as obras do muro de fronteira com o México, o Presidente republicano disse que o processo de destituição que lhe está a ser preparado “é uma coisa terrível que eles estão a fazer”, sem explicitar a quem se referia.

Vários congressistas republicanos têm juntado a sua voz aos democratas na vontade de retirar os poderes presidenciais a Trump, a quem acusam de ter instigado as cenas de violência no Capitólio, na passada quarta-feira, num esforço para travar uma transição pacífica de poder.

Trump arrisca tornar-se o primeiro Presidente a ser alvo de dois julgamentos de destituição durante o seu mandato, num país ferido por profundas divisões políticas.

As autoridades norte-americanas alertaram para potenciais protestos armados em Washington e em alguns estados, ainda antes da tomada de posse do Presidente eleito, Joe Biden, organizados por apoiantes de Trump.

Num presságio sombrio, o monumento em Washington foi fechado ao público e a cerimónia de posse do 46.º Presidente dos EUA será realizada sem a presença de público.

Entretanto, Mike Pompeo cancelou hoje a sua última viagem ao estrangeiro como secretário de Estado norte-americano, com destino à Bélgica, para poder apoiar o Presidente perante um eventual processo de destituição no Congresso.

O chefe da diplomacia dos EUA, uma das figuras mais leais do Presidente cessante, decidiu ficar em Washington para facilitar uma “transição suave e ordenada” com a equipa do Presidente eleito, Joe Biden, segundo um comunicado do Departamento de Estado.

Pompeo deveria viajar para Bruxelas, na quarta e quinta-feira, para se encontrar com a sua homóloga belga, Sophie Wilmès, e com o secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, para discutir a importância das parcerias transatlânticas, frequentes vezes ameaçadas pela estratégia do Presidente Trump nos últimos quatro anos.

Embora Mike Pompeo tenha condenado o ataque ao Senado, nunca se demarcou politicamente do Presidente, mesmo nesta reta final de mandato, ao contrário de um número crescente de republicanos.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Um medicamento comum utilizado para tratar a diarreia pode ajudar a combater células cancerígenas agressivas

Um fármaco comum prescrito para tratar a diarreia pode ajudar a combater um tipo agressivo de cancro cerebral (glioblastoma), sugere uma nova investigação levada a cabo pela Universidade de Frankfurt, na Alemanha. Em causa está …

"Bola de fogo" cruzou o céu sobre o Mediterrâneo a 105 mil quilómetros por hora

Uma "bola de fogo" atravessou o mar Mediterrâneo e o norte de Marrocos na noite de quarta-feira, a 105.000 quilómetros por hora. A bola de fogo foi observada por um projeto científico espanhol a uma velocidade …

Duterte rejeita que a filha o vá suceder na liderança das Filipinas. "Isto não é para mulheres"

O líder das Filipinas, Rodrigo Duterte, descartou, na quarta-feira, a hipótese de a filha o vir a suceder no próximo ano, acrescentando que a presidência não é tarefa para uma mulher por causa das …

"Uma memória a flutuar no oceano." Encontrada, dois anos depois, uma mensagem numa garrafa

Uma mensagem no interior de uma garrafa sobreviveu a uma viagem de dois anos pelo oceano. Recentemente, chegou às mãos de um ativista ecológico, enquanto limpava uma praia da Papua Nova Guiné. Em novembro do ano …

As células imortais de Henrietta Lacks revolucionaram a Ciência

O ano de 1951 foi muito importante no campo da biotecnologia e, surpreendentemente, tudo começou com a chegada de Henrietta Lacks a um hospital norte-americano. Descendente de escravos, Loretta Pleasant nasceu a 1 de agosto de …

Humanidade não será capaz de controlar máquinas superinteligentes, avisam cientistas

Uma equipa de investigadores do Instituto Max Planck para o Desenvolvimento Humano sugere que seria impossível controlar máquinas superinteligentes. A tecnologia de Inteligência Artificial (IA) continua a evoluir de vento em popa, enquanto alguns cientistas e …

Em 1950, a vacinação em massa salvou a Escócia

Em 1950, Glasgow, na Escócia, viu-se a braços com um surto de varíola e o cenário era muito semelhante ao que vivemos hoje: as autoridades sanitárias tentavam rastrear todos os contactos de pessoas portadoras do vírus, …

Japonês aluga-se a si próprio "para não fazer nada". E tem milhares de clientes

Um homem japonês que ganha a vida a alugar-se a si próprio “para não fazer nada” atraiu milhares de clientes. O negócio começou em 2018. Por 10.000 ienes (cerca de 79 euros) - mais despesas com …

Documentos de vacinas roubados por hackers também foram "manipulados"

A Agência Europeia do Medicamento, entidade reguladora da União Europeia (UE), informou este sábado que os documentos da vacina contra a covid-19 roubados e colocados na Internet por hackers foram também "manipulados". A manipulação aconteceu depois …

Há 11 anos que não se consumia tanta eletricidade num só dia. A culpa é do frio

O país está a bater recordes de energia, tanto em termos de pico como de consumo diário. A culpa é da vaga de frio que assolou Portugal neste Inverno. O consumo de eletricidade bateu, na quarta-feira, …