Trump avisa democratas “chorões” que sem muro não haverá reforma para “sonhadores”

1

Kevin Dietsch / EPA

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump

O Presidente norte-americano advertiu os democratas de que não aprovará uma reforma migratória para os “sonhadores” caso reprovem o financiamento para a construção do muro no México.

“O chorão Chuck Schumer entende perfeitamente, especialmente após a sua humilhante derrota, de que se não houver muro, não há DACA (sonhadores)”, disse Donald Trump, numa mensagem publicada no Twitter.

O Presidente dos Estados Unidos referia-se assim à negociação sobre o orçamento que republicanos e democratas iniciaram após a reabertura, na segunda-feira à noite, da Administração federal, após um encerramento parcial (shutdown) de três dias por falta de fundos.

Enquanto os democratas exigem a regularização da situação de 800 mil jovens indocumentados, conhecidos como “sonhadores” (dreamers), Trump e a maioria republicana no Congresso e no Senado reclamam, em troca, financiamento para o muro fronteiriço.

As duas partes comprometeram-se a negociar até ao próximo dia 8 de fevereiro, data em que a Administração voltará a ficar sem fundos e poderá enfrentar um novo shutdown, se até lá não for alcançado um acordo.

  ZAP // Lusa

1 Comment

  1. O muro é uma medida do mais elementar bom senso. É o que qualquer nação faria numa situação em que uma fronteira se tornasse absolutamente incontrolável pelos métodos tradicionais.

    Foi assim que fez Espanha desde os anos 90 em Ceuta e Melilla. Foi assim que Israel fez mais recentemente. E foi aquilo que o democrata Bill Clinton iniciou nos anos 90 e que o democrata Barack Obama ampliou.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE