Trump afunda. Hillary já está a 11 pontos

(dr) heatst.com

-

A candidata do Partido Democrata, Hillary Clinton, está 11 pontos percentuais à frente do republicano Donald Trump na corrida eleitoral para a presidência dos Estados Unidos.

Segundo uma sondagem, elaborada pela rede de televisão norte-americana NBC News, em parceria com The Wall Street Journal, divulgada este domingo, Hillary reúne 48% da preferência do eleitorado contra 37% de Trump. As eleições são no dia 8 de novembro.

O distanciamento de Hillary em relação a Trump ocorre a três dias do terceiro debate ente os dois candidatos, marcado para quarta-feira, em Las Vegas, no estado de Nevada. O debate será a última oportunidade de Trump recuperar eleitores.

Há duas semanas, todas as sondagens mostravam uma pequena margem de diferença entre os dois candidatos.

Porém, a divulgação de um vídeo de 2005, em que Trump faz comentários ofensivos em relação às mulheres, e o surgimento de vários relatos de mulheres que disseram ter sido assediadas pelo candidato, em períodos que variam entre há 7 e 30 anos atrás, provocaram a queda do apoio ao republicano.

Diante dos resultados das novas sondagens, Donald Trump intensificou os comentários nas redes sociais que colocam em dúvida a integridade do processo eleitoral norte-americano.

Em mensagem publicada este domingo no Twitter, Trump disse que “as eleições estão a ser manipuladas pela imprensa desonesta, favorecendo Hillary Clinton. Isso é mau”.

O comentário foi feito depois de o governador do Indiana, Mike Pence, que concorre a vice-presidente com Trump, ter dado uma entrevista ao programa Meet the Press, da NBC News, com expressões conciliadoras sobre os rumos da eleição norte-americana.

Pence disse que Trump “vai aceitar com certeza o resultado da eleição”.

Nos últimos dias, porém, em diferentes comícios, Trump atacou a postura crítica da imprensa, citando especificamente o jornal The New York Times.

Segundo o republicano, esse posicionamento da imprensa faz parte de uma conspiração internacional que tem o objetivo de destruir a democracia americana.

Apesar da posição conciliatória de Pence, dois outros conselheiros de Trump – Newt Gingrich e Rudolph Giuliani – incentivam as críticas radicais do candidato republicano.

Newt Gingrich, ex-presidente da Câmara dos Representantes e Rudolph Giuliani, ex-presidente da Câmara de de Nova Iorque, insinuam que os democratas estão a contabilizar até votos de pessoas que já morreram, para tentar provar o avanço de Hillary Clinton na corrida eleitoral.

O senador republicano Jef Sessions, que representa o estado do Alabama – um dos mais próximos apoiantes de Donald Trump – afirma também que as eleições estão a ser manipuladas.

Alguns políticos republicanos, porém, não partilham dessa visão radical dos conselheiros de Trump.

Um deles, o actual presidente da Câmara de Representantes, Paul Ryan, diz que a democracia americana “depende da confiança no resultado das eleições”.

Paul Ryan “está totalmente confiante de que as eleições serão realizadas com integridade.”

ZAP / Agência Brasil

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Imprensa portuguesa ao serviço da Killary, nem uma palavra das criticas no sentido oposto, e existem milhares de coisas a apontar.

RESPONDER

Acordo entre Neeleman e Governo já só depende da confirmação da Azul

O acordo entre David Neeleman e o Governo está prestes a concretizar-se, escreve o Expresso. Aparentemente já só falta a confirmação da Azul para garantir o acordo. Depois de a nacionalização da companhia ter sido dada …

Medina recua e diz que "há convergência total" com Governo no combate à pandemia

O presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, disse hoje que “há convergência total” com o Governo no combate à pandemia de covid-19, recusando que as críticas que fez à atuação das autoridades de saúde …

Parlamento vai debater o teletrabalho por iniciativa do PAN

O PAN considera que "o teletrabalho é uma ferramenta que pode ajudar a conciliar a vida profissional e a vida familiar", ainda que apresente fragilidades como a "invasão da vida pessoal". O PAN agendou para sexta-feira …

PSP também queria prémio semelhante ao dos profissionais de saúde

O Sindicato dos Profissionais de Polícia (SPP) manifestou-se esta quinta-feira “desiludido” com “a falta de respeito” que o Governo demonstra em relação à PSP e a outras forças de segurança que estão na “linha da …

Líderes catalães vão poder sair da prisão aos fins de semana

Uma decisão dos estabelecimentos prisionais faz com que os líderes independentistas catalães possam sair da prisão aos fins de semana, passando para um dos regimes de detenção menos restritivos. Em outubro do ano passado, nove líderes …

Mais oito mortos e 328 infetados. Câmara de Lisboa tem 33 casos "ativos"

Há mais oito mortos e 328 casos positivos em Portugal nas últimas 24 horas. A Câmara de Lisboa regista atualmente 33 casos de infeção por covid-19 “ativos”. Portugal regista, esta quinta-feira, mais oito mortos e 328 …

Limitação dos apoios a sócios-gerentes não é "justa", diz Confederação das empresas

A Confederação das Micro, Pequenas e Médias Empresas não entende a razão para limitar a ajuda a sócios-gerentes ao valor de 1.905 euros, proposta que não consideram justa. Em entrevista à Rádio Observador na quinta-feira, o …

Devolução de manuais. Diretores acusam políticos de "brincar às escolinhas"

Os diretores escolares criticaram hoje o 'timing' da proposta de suspensão de devolução de manuais escolares, acusando os políticos de andar a “brincar às escolinhas” sem perceberem o trabalho que implica reutilizar milhões de livros. O …

Passageiros dos EUA e PALOP têm de apresentar teste negativo de covid-19

O Governo prorrogou várias medidas restritivas do tráfego aéreo com destino e a partir de Portugal, com novas orientações e exceções, num despacho publicado terça-feira em Diário da República. Segundo noticiou o Expresso, um comunicado do …

PGR angolana diz que Isabel dos Santos pode ser ouvida em Portugal

Isabel dos Santos pode ser ouvida em Portugal ou noutro país com acordos judiciários com Angola, no âmbito do processo-crime por alegada má gestão e desvio de fundos da Sonangol, disse à Lusa fonte da …