Trump admite que pode ter “problemas psicológicos”

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, admite a possibilidade de sofrer de algum tipo de transtorno psicológico nas mais de 15 horas de gravação do Howard Stern Show.

A saúde mental de Donald Trump já foi, por diversas ocasiões, e pelas mais variadas razões, posta em causa. Desde instabilidade mental, a medo de escadas, passando por Transtorno Obsessivo Compulsivo, o presidente dos Estados unidos já foi “diagnosticado” com diversos problemas do foro psicológico.

Mas desta vez é agora o próprio Donald Trump a admitir que poderá sofrer de algum tipo de transtorno a nível psicológico.

Durante a sua vida como magnata do ramo imobiliário, Trump realizou múltiplas apresentações no famoso programa de rádio Howard Stern Show. As conversas, que aconteceram entre 1993 e 2015, correspondem a mais de 15 horas de gravações.

O próprio Stern preferiu não reproduzir essas gravações durante a campanha eleitoral de Trump e, sabe-se agora, poderá ter havido uma razão para isso. Esta segunda-feira, as gravações de áudio do programa foram vazadas pelo portal FactBase, que se compromete a seguir “cada palavra” do presidente norte-americano.

Nestas gravações, Trump revela ter uma obsessão peculiar. Numa das entrevistas, Donald Trump diz lavar as mãos “o máximo de vezes possível” ao dia. Stern perguntou se o então magnata sabia que isso se tratava de um problema psicológico ao que Trump, sem hesitar, responde: “Pode ser um problema psicológico“.

O agora Presidente dos EUA diz também que nunca tentou procurar terapia, nem a ajuda de um psiquiatra, para a sua obsessão. “Eu gosto. Eu gosto de limpeza. Limpeza é bom. Não só nas mãos, mas no corpo todo”, explicou.

Entre outras revelações, Donald Trump admitiu evitar tocar nos filhos quando estes não se sentem bem e dar a mão à mulher, Melania, em locais públicos.

PARTILHAR

14 COMENTÁRIOS

  1. Informações e ditos maliciosos da bosta imprensa corrupta e comprada da esquerda comunista e lacaios daqueles organizações que querem eliminar 80% da população mundial.

    • Quem quer eliminar 80% da população mundial é a NWO. Não metas os comunistas ao barulho, porque eles não fazem parte desse filme.

      • …se leres entre linhas acabas por chegar à mesma conclusão… sabes o que são as organizações clinton`s, soros`s, bushe`s e companhia limitada?…. e mete sim os comunas à bulha, eles são os acéfalos treinados por essas organizações…para destruir… Lembras da cassette? Mesmo sistema mas modernizado…. nos dias de hoje!!!

    • 80% ? Depende de quando for o ponto de partida da razia em ritmo acelerado.
      A intenção foi anunciada no monumento das Georgia GuideStones em 8 línguas diferentes, e a percentagem não estava dita, somente o desejo de reduzir para meio milhar de milhões para “viver em harmonia com a natureza”. Qual é a percentagem ? Depende do ponto inicial da redução. Formas de redução? imensas possibilidades, não descurando a tal 3ª guerra. Mais comummente: por doenças pandémicas de origem desconhecida (dispersadas por aviões, pela água, pelas vacinas – veja-se o caso zika no brasil e as gravidas, veja-se o caso do Gates e a sua vacina para a varíola em áfrica, etc), catátrofes naturais induzidas e guiadas ao ponto de interesse, incluindo ativação de supervulcões, que arrefeceriam a atmosfera num instante e acrescentariam componentes interessantes ao ar, quiçá bastante menos respiráveis.
      É fácil e já se trabalha nisso há mais de uma vida humana longa. Nada de novo, a não ser o segredo relativo, que é como se sabe , a alma do negócio. Ah, e as formas de matar mais soft e prolongadas geram muito dinheiro para quem o deve receber… doença é bom negócio. E não há culpados à vista. Uau! Estes gajos são bons. E de facto, um dia a comida e a água vão ser um problema do pior. Em áfrica isso já está bem patente em várias regiões devido ao clima estar tarado. Daí as migrações.

  2. Os media não perdem uma chance de rebaixar o homem LOL!
    Sim, lavar as mãos excessivamente, medo dos germes, é considerado um “problema psicológico” (Obsessive Compulsive Disorder), segundo o DSM-5 (Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders) usado pelos médicos para diagnosticar doenças mentais.
    Nesse manual, podem constatar o que hoje em dia pode ser considerado “problema psicológico”.
    Qualquer “problema” simples pode ser considerado uma DOENÇA do foro psicológico, a saber: dificuldades em adormecer depois de beber café – distúrbio do sono induzido por cafeína (292.89 – Caffeine-Induced Sleep Disorder F15.8); dificuldades em fazer o TPC de matemática? – Distúrbio da matemática (315.1 Mathematics Disorder F81.2).
    E isto é só uma pequena amostra daquilo que pode fazer de qualquer um de nós um “doente mental”. E para cada uma destes distúrbios ridículos, existe um ou mais medicamentos associados… Agora pensem.

  3. Que ele tem problemas cognitivos graves é evidente na quantidade de gafes e atos falhados que testemunhamos. Que tem um vocabulário muito reduzido e limitado também é um facto (não tem capacidade para elaborar raciocínios complexos) Que não tem sentido de estado idem. Trump presidente é um grande erro de casting.

    • Eu também não gosto do gajo, mas… preferias a Clinton não? Para quê? Para agora teres um conflito aberto (potencialmente perigoso) entre US e Russia? Graças a Deus o gajo ganhou e mandou a gaja para reforma. Nas próximas eleições os Americanos metem lá outro (logo veremos quem).

  4. Eun parece-me que se trata de um verdadeiro problema de natureza mental; que não de natureza psicológica…
    Se é tão melhor que a Clinton, que é uma diugna representante do sistema norte americano, só espero que este não mande as bombas para a Coreia do Norte…

RESPONDER

Polícia desmantela rede de tráfico internacional de armas (e descobre santuário dedicado a Hitler)

Em dezembro, as autoridades espanholas conseguiram desmantelar uma rede ilegal de armas que operava em toda a Europa, e acabou por capturar os traficantes. O que a polícia não esperava era encontrar um armazém cheio …

Diminuição da esperança média de vida é "consequência inevitável" da pandemia

A esperança média de vida em Portugal vai necessariamente diminuir em consequência da pandemia de covid-19, defendeu um especialista, explicando que isso decorre do efeito combinado da morte de idosos, mas também de jovens em …

Novo estudo explica a importância de esterilizar os gatos antes da adolescência

Um novo estudo sugere que a idade de esterilização dos gatos deve ser antecipada de seis para quatro meses, com o objetivo de prevenir ninhadas indesejadas de gatinhos, que muitas das vezes acabam por ser …

Publicidade do Pingo Doce a promoções viola a lei do confinamento

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica está a avaliar incumprimento que visa aumentar clientes em loja durante o fim de semana. Os supermercados da Jerónimo Martins estão a publicitar promoções numa altura em que …

A tomada de posse de Joe Biden deixou os apoiantes do QAnon sem rumo

Com a tomada de posse de Joe Biden como 46.º Presidente dos Estados Unidos, esta quarta-feira, a frustração começou a infiltrar-se entre os apoiantes do QAnon. O QAnon é um movimento nascido, em 2017, no seio …

Pela quarta vez em quase 50 anos, gelo cobriu o deserto do Saara

Na terça-feira passada, um dos lugares mais secos do mundo acordou com uma geada sobrenatural. Foi apenas a quarta vez em quase 50 anos. No deserto do Saara, no noroeste da Argélia, nos arredores da cidade …

Novo máximo de mortes. São mais 275 óbitos e 11 721 novos casos

Portugal registou mais 275 mortos e 11 721 novos casos de infeção por covid-19 nas últimas 24 horas, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) deste domingo. É o novo máximo de mortes …

Longas filas para votar em segurança. Candidatos a Belém apelam ao voto

As mesas de voto para as eleições presidenciais abriram hoje às 08h00, e as longas filas são uma realidade em todo o país. Todos os candidatos já votaram. De acordo com o porta-voz da Comissão Nacional …

Afluência às urnas até às 12:00 foi de 17,07%. Valor é superior ao das presidenciais de 2016

A afluência às urnas para a eleição do próximo Presidente da República situava-se, até às 12:00 de hoje, nos 17,07%, segundo dados da Comissão Nacional de Eleições (CNE). Nas últimas eleições presidenciais, em 24 de janeiro …

Estado perde rasto a candidatas a asilo. Há 33 mulheres em fuga

Cerca de trinta e três mulheres requerentes de asilo a Portugal fugiram ao controlo do Conselho Português para os Refugiados (CPR) entre dezembro de 2020 e janeiro deste ano. O Estado não sabe do seu …