Tripulantes da TAP queixam-se de “extrema violência psicológica” e escrevem carta ao ministro

Um grupo de tripulantes de cabine da TAP escreveu uma carta a Pedro Nuno Santos, ministro das Infraestruturas, na qual dizem temer que o processo de despedimento coletivo avance em julho e que já saíram mais trabalhadores do que o apontado excesso de 746 tripulantes.

O Expresso avança que a missiva seguiu esta segunda-feira para o gabinete de Pedro Nuno Santos e, nela, o grupo de tripulantes alerta para a situação que vivem e explicam o que consideram ser um inaceitável processo em que estão envolvidos.

“Somos, neste momento, cerca de 31 tripulantes ainda envolvidos neste processo, desde comissários e assistentes de bordo, chefes de cabine e supervisores. No grupo encontram-se desde grávidas e lactantes a pessoas com mais de 30 anos de ‘casa’, grande parte mulheres com filhos a cargo e de famílias monoparentais”, lê-se na carta.

O semanário escreve que os tripulantes defendem que já foi atingido em saídas o número de tripulantes inicialmente pretendido pelo Governo.

“De acordo com a nossa contabilização (oficialmente nunca nos foi mostrada lista alguma) neste momento, já tinha sido atingido, e mesmo ultrapassado, o número de saídas pretendidas. A TAP afirmou ter um excedente de 746 tripulantes. O Acordo de Empresa de Emergência poupou 440 saídas, sendo ainda necessário sair 306 tripulantes. Neste momento já saíram 311 pessoas (87 supervisores de cabine, 116 chefes de cabine e 107 comissários/assistentes de bordo)”, explicam.

Além disso, queixam-se dos pressupostos apontados para os eleger e levantam dúvidas sobre a legitimidade e legalidade do algoritmo criado pela consultora Boston Consulting Group (BCG), que está a assessorar a empresa de aviação neste processo.

“Os pressupostos que levaram às convocatórias são por nós desconhecidos, à exceção de um alegado algoritmo definido pela TAP ou pela Boston Consulting Group (BCG) sem autorização expressa para o acesso aos nossos dados pessoais (nenhum contrato de trabalho dá autorização para terceiros terem acesso aos nossos dados pessoais)”, afirmam.

“Os critérios desse algoritmo, segundo fomos informados verbalmente, seriam sanções disciplinares a partir de 2006, faltas injustificadas entre os anos de 2017 e 2019, faltas justificadas nos mesmos anos, antiguidade na função, antiguidade na empresa e custo relativamente à média salarial dos pares”, escrevem, acrescentando que o que lhes explicaram por escrito é que a seleção está relacionada com “o contrato da Rescisão por Mútuo Acordo e informação com os valores dos créditos laborais“.

“O que estamos a viver desde meados de abril é de extrema violência psicológica, discriminação e violação de direitos básicos enquanto trabalhadores”, sublinham, alertando que o tempo até à formalização do processo de despedimento coletivo, que se prevê ter início a partir de julho, está a terminar.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Marcelo sai do Infarmed "irritantemente otimista". "Onde avança a vacina, o vírus recua"

O Presidente da República elogiou, esta terça-feira, o processo de vacinação, considerando que "é excecional" o ritmo a que tem avançado, e declarou-se "irritantemente otimista", expressão que antes atribuía ao primeiro-ministro. "Eu agora também estou, como …

EUA. Casos de covid-19 podem ter sido subestimados em 60%

O número de casos de covid-19 nos Estados Unidos (EUA) pode ter sido subestimado em até 60%, com as infeções relatadas a representarem "apenas uma fração do número total estimado". Esta é a conclusão de um …

Portugal com mais seis mortes e 2316 novos casos de covid-19

Portugal registou, esta terça-feira, mais seis mortes e 2316 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 2316 novos …

Um quarto dos processos às companhias aéreas por falta de testes à covid já resultou em multas pagas

A Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC) instaurou, entre 2020 e a semana passada, 539 processos a 40 companhias aéreas por transportarem passageiros para o território nacional sem o respetivo teste negativo à covid-19. Cerca …

Colômbia pede que a Venezuela seja declarada como país promotor do terrorismo

A Colômbia pediu esta segunda-feira aos EUA que declarem a Venezuela como país promotor do terrorismo por alegadamente "proteger" guerrilheiros colombianos do Exército de Libertação Nacional (ELN) e do Grupo Armado Residual (Gaor 33, composto …

Treze meses depois, Coreias voltam a falar ao telefone

As comunicações telefónicas estavam cortadas entre as duas Coreias desde junho de 2020, mas os dois países retomaram os contactos esta terça-feira. As duas Coreias retomaram esta terça-feira a comunicação telefónica 13 meses depois de ter …

Benfica: Kaio Jorge não quer jogar em Portugal (e alínea pode impedir saída)

Santos aceitou proposta vinda da Luz mas o jovem avançado prefere o campeonato italiano. E ainda há uma alínea no contrato que vai ser analisada. O Benfica apresentou uma proposta pela contratação de Kaio Jorge, com …

Quase 70% dos internados em UCI têm menos de 59 anos

Quase 70% dos doentes com covid-19 em unidades de cuidados intensivos (UCI) têm menos de 59 anos, revelou a Ordem dos Médicos, indicando que em enfermaria os doentes abaixo dessa faixa etária são cerca de …

Reunião no Infarmed. Especialistas propõem plano de quatro níveis (e a máscara cai no nível 2)

A sede da Autoridade Nacional do Medicamento (Infarmed), em Lisboa, voltou a acolher mais uma reunião de peritos esta terça-feira. Foi apresentada uma proposta de alteração da matriz de risco. Portugal não está em condições de …

Mais de 11.300 suspeitas de reações adversas às vacinas registadas em Portugal

Mais de 11.300 suspeitas de reações adversas às vacinas contra a covid-19 foram registadas em Portugal e houve 68 casos de morte comunicados em idosos, mas não está demonstrada a relação causa-efeito, segundo o Infarmed. De …