Tribunal dos EUA autoriza expedição polémica para resgatar telégrafo do Titanic (e cortar o navio)

Teufelbeutel / Wikimedia

“Viagem inaugural do Titanic”, óleo de Karl Beutel

Uma juíza de um tribunal norte-americano autorizou uma empresa a recuperar o telégrafo que se encontra no Titanic, o transatlântico que se afundou na viagem inaugural, em 1912, tirando a vida a mais de 1.500 pessoas.

Esta expedição marca a primeira autorização para fazer um corte na estrutura do icónico navio, sublinha o jornal norte-americano The Washington Post.

Segundo a imprensa norte-americana, a juíza do tribunal federal de Norfolk, no Estado da Virgínia, aprovou segunda-feira a expedição organizada pela empresa RMS Titanic Inc, que considerou a iniciativa “uma oportunidade única para recuperar um artefacto que contribuirá para o legado deixado pela indelével perda” do navio.

A decisão de Rebeca Beach Smith, juíza especialista em Direito do Mar e que preside o tribunal encarregado de gerir os assuntos relacionados com o Titanic, vai, porém, contra a decisão aprovada pelo mesmo tribunal, em 2000, quando ficou decidido que não se podia cortar ou subtrair nenhuma parte do navio.

Em 2000, nota a imprensa, Rebeca Beach Smith ainda não estava nesse tribunal.

Apesar da nova decisão, a realização da expedição não está assegurada, uma vez que está ainda por definir o financiamento do projeto, o que poderá antever-se difícil face à atual pandemia de covid-19.

Se a empresa conseguir obter o necessário financiamento, ainda por definir, a RMS Titanic Inc poderá começar a operação já no próximo verão, com a utilização de tecnologia de ponta para retirar o telégrafo, sem fios, um dos primeiros a ser fabricado pela Marconi.

No entanto, a falta de financiamento pode não ser o único travão ao projeto, uma vez que, segundo a imprensa local, a Administração Nacional dos Oceanos e Atmosfera (NOAA) dos Estados Unidos argumentou, perante a juíza, que o Titanic deve ser respeitado, pois é o local onde estão sepultadas as cerca de 1.500 pessoas que morreram no naufrágio.

Telégrafo enviou pedidos de socorro

O telégrafo sem fios do Titanic teve um papel de protagonismo no naufrágio, pois foi através dele que a tripulação do navio recebeu os alertas sobre a presença de icebergues, avisos que foram ignorados, e que os técnicos de comunicações, mais tarde, enviaram pedidos de socorro. Ficou vulgarmente conhecido como a “voz do Titanic”.

O Titanic, considerado o paquete mais luxuoso à época, zarpou a 10 de abril de 1912 de Southampton (sul de Inglaterra) com o objetivo de cruzar o oceano Atlântico até Nova Iorque, naquela que era a viagem inaugural.

Após fazer escala em França e na Irlanda, o Titanic colidiu com um icebergue cinco dias depois, tendo-se afundado em duas horas e 42 minutos a sul da Terra Nova (Canadá), arrastando consigo mais de 1.500 passageiros e tripulantes.

Apenas 705 passageiros sobreviveram à tragédia.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Familiares das vítimas do voo MH-17 na Ucrânia vão pedir indemnizações

Uma das advogadas das vítimas do voo MH-17 da Malaysia Airlines anunciou que 290 familiares apresentaram pedido de indemnização contra os quatro suspeitos do acidente. Uma advogada das vítimas do derrube do voo da Malasya Airlines …

1.º de Maio. CGTP duplica lotação, UGT festeja online com ex-ministros socialistas

As centrais sindicais voltam a estar divididas quanto às comemorações do 1.º de Maio. A CGTP vai organizar dois desfiles e duplicar a concentração na Alameda Dom Afonso Henriques; a UGT cancelou qualquer iniciativa presencial …

"Vice" da bancada do PS contestado por pedir autocrítica do partido sobre Sócrates

Pedro Delgado Alves defendeu que o PS deveria refletir sobre a ação de José Sócrates. O deputado foi contestado por outros dirigentes do grupo parlamentar, nomeadamente Ana Catarina Mendes, que reagiu de forma dura à …

Japão responde à China e garante que derrame de Fukushima será seguro

O vice-primeiro-ministro japonês, Taro Aso, reafirmou esta sexta-feira, em resposta às críticas da China, que a descarga da central nuclear de Fukushima aprovada pelas autoridades japonesas estará dentro dos limites de segurança da água potável. "Estou …

Ninguém quer "a batata quente" do caso Sócrates. Ivo Rosa e Carlos Alexandre com nota máxima

Os juízes Ivo Rosa e Carlos Alexandre foram avaliados com a nota máxima de "Muito Bom" pelo Conselho Superior da Magistratura em inspecções realizadas entre 2013 e 2018, ou seja, abarcando o período da investigação …

João Leão afasta criação de imposto de solidariedade para pagar crise pandémica

O ministro das Finanças, João Leão, argumenta que a criação de um imposto de solidariedade para pagar a crise pandémica não ajudaria nem seria benéfica. Em entrevista ao semanário Expresso, o ministro das Finanças, João Leão, …

Isabel de Castela ficou conhecida por cheirar mal. Novos documentos põem fim aos mitos

A famosa rainha Isabel I de Castela, em Espanha, era conhecida por se lavar pouco e cheirar mal. Contudo, documentos recém-descobertos mostram que possuía uma quantidade enorme de perfumes de grande valor. Isabel I financiou a …

De Cristas aos encontros com Salgado. PS já tem 14 perguntas sobre o Novo Banco para Passos

Depois de Carlos Moedas e Cavaco Silva, o PS já tem perguntas que quer fazer ao ex-primeiro-ministro Pedro Passos Coelho no âmbito da comissão de inquérito ao Novo Banco.  De acordo com o semanário Expresso, o …

Um quarto da população portuguesa tem imunidade à covid-19

O Painel Serológico Longitudinal Covid-19 estima em 27% a taxa de imunidade à covid-19 para a população em Portugal. Até março, 13% da população teria sido infetada Um estudo hoje divulgado estima que 13% da população …

Desconfinamento recua em alguns concelhos e será suspenso noutros. Mas avança no resto do país

O primeiro-ministro, António Costa, fez uma declaração ao país no final da reunião do Conselho de Ministros que aprovou, esta quinta-feira, as medidas para a terceira fase de desconfinamento da pandemia de covid-19. Apesar do Rt …