Tribunal de Contas recusou visto a 54 contratos no valor de 274 milhões em 2013

AULPVideos / YouTube

O presidente do Tribunal de Contas, Guilherme d'Oliveira Martins

O presidente do Tribunal de Contas, Guilherme d’Oliveira Martins

O Tribunal de Contas (TdC) recusou visto a 54 contratos no valor de 274 milhões de euros em 2013, impedindo a realização destas despesas públicas por se encontrarem em desconformidade com a lei aplicável.

De acordo com o relatório de atividades do TdC de 2013, “o visto foi recusado em 54 processos de fiscalização prévia, de montante correspondente a 274 milhões de euros, isto é, a 6,2% do valor total objeto deste tipo de controlo, com base em ilegalidades detetadas nesses processos”.

“Com a recusa de visto em 54 processos de fiscalização prévia, o Tribunal identificou despesa ilegal no valor de 274 milhões de euros”, destaca a instituição liderada por Guilherme d’Oliveira Martins.

Entre 2011 e 2013, houve uma redução de 47% do número de contratos de empreitada de obras públicas submetidos a visto, a par de um aumento, em 70,11%, dos processos relativos a fornecimentos, em especial os provenientes do setor púbico empresarial.

Assim, o número de contratos submetidos a visto relativos a fornecimentos ultrapassou o de empreitadas, que, em 2012, representava mais do dobro daquele, segundo o documento relativo à atividade do TdC no último ano.

Em 2013, o controlo prévio incidiu sobre 1.914 processos, remetidos por 750 entidades.

Dos processos controlados, 30% respeitaram a fornecimentos, 27,7% a contratos de empreitada e 19,2% a contratos de prestação de serviços, sendo que cerca de 46% provieram da administração local.

Foi concedido visto sem quaisquer reparos em 1.398 processos, tendo sido viabilizada despesa pública com valor superior a 3.050 milhões de euros.

O objetivo do visto é o de verificar se os atos e contratos não apresentam desconformidades legais a que corresponda nulidade, violação de norma financeira ou ilegalidade de que resulte alteração do resultado financeiro.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Tesla usa peças do Model 3 para construir um ventilador

A Tesla também está a tentar contribuir para colmatar a escassez de ventiladores com um novo protótipo, feito com partes do Model 3. A Tesla construiu um ventilador com recurso a componentes automóveis. A fabricante elétrica …

Há acordo no Eurogrupo: 500 mil milhões de euros "disponíveis imediatamente"

Os ministros das Finanças da Zona Euro chegaram a acordo, esta quinta-feira, sobre os apoios económicos para fazer face à pandemia de covid-19. O Eurogrupo chegou a acordo sobre o pacote de ajuda económica para a …

Se recebeu uma chamada da Tunísia, não devolva. É fraude

Clientes de várias operadoras nacionais têm recebido, nas últimas semanas, um "anormal" volume de chamadas internacionais. As operadoras suspeitam de fraude. Segundo o Jornal de Notícias, várias pessoas têm recebido chamadas de u número internacional que …

FMI avisa que vêm aí "tempos sombrios" e que "todos vão sofrer"

Kristalina Georgieva, chefe do Fundo Monetário Internacional (FMI), avisou que os próximos tempos serão sombrios e que todos irão sofrer. Numa introdução às reuniões da primavera do FMI e do Banco Mundial, que decorrem entre 14 …

Merkel pede paciência: situação continua "frágil"

Angela Merkel pediu paciência aos alemães e admitiu que "não será necessário" impor no país medidas mais rigorosas de confinamento. A chanceler alemã, Angela Merkel, apelou esta quinta-feira à paciência dos alemães, num momento de crescente …

Detido bilionário chinês que criticou Presidente Xi Jinping. Estava desaparecido há um mês

O bilionário chinês Ren Zhiqiang que criticou a forma como Presidente da China, Xi Jinping, lidou com a pandemia, está sob custódia das autoridades chinesas devido a uma investigação em que é o principal suspeito. …

Bloqueio dos coronabonds pela Holanda é "irresponsável"

Jean-Claude Juncker, antigo presidente da Comissão Europeia, considera que o bloqueio pela Holanda do uso do Mecanismo Europeu de Estabilidade é "irresponsável". O antigo presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, considerou esta quinta-feira “irresponsável” o bloqueio …

Creche recusou receber filho de enfermeira por falta de funcionários. Meteram baixa

A creche e pré-escolar "Voar mais alto", em Setúbal, recusou receber uma criança de três anos, filha de uma enfermeira, por falta de funcionários. A notícia é avançada esta quinta-feira pelo Observador que adianta que as …

Subsídio por assistência a filhos vai ser pago 100% em toda a função pública

O subsídio por assistência a filho sobe de 65% para 100% do salário aos funcionários públicos inscritos na Caixa Geral de Aposentações. O Governo aprovou, esta quinta-feira, um diploma que aumenta o subsídio por assistência …

Espanha avança com novo prolongamento do estado de emergência. Contágios em Itália voltam a subir

O primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, avançou que dentro de quinze dias terá de voltar ao parlamento para prolongar o estado de emergência por mais duas semanas. Depois de afirmar que Espanha não terá ainda "posto fim …