Tribunal arresta duas casas de Joe Berardo. Valem 4 milhões de euros

António Cotrim / Lusa

O tribunal de Lisboa arrestou dois apartamentos de Joe Berardo no valor de quatro milhões de euros. O arresto foi pedido pela Caixa Geral de Depósitos, a quem o comendador deve mais de 300 milhões de euros.

A notícia é avançada esta quinta-feira pela SIC Notícias. A operação só foi possível graças a uma figura jurídica raramente utilizada pelos tribunais e que pode permitir outros arrestos a Berardo.

Em causa está um apartamento na Lapa, avaliado em 1,5 milhões de euros, e que está no nome em nome da Atram, uma sociedade imobiliária criada por Joe Berardo. É também esta empresa que detém outro apartamento na Avenida Infante Santo, um T5 avaliado em 2,5 milhões de euros.

O tribunal fez, de acordo com o Eco, a prova com base em documentos e testemunhos, como moradores dos prédios que garantiram a presença diária do comendador nos apartamentos. Também considerou que Berardo transferiu o seu património para outras empresas com o objetivo de não pagar as dívidas.

De acordo com o Notícias ao Minuto, o arresto trata-se de uma medida cautelar usada pelo tribunal, entre outros casos, “quando o credor tenha justo receio de insolvência do devedor ou de ocultação de bens por parte deste”, como previu o legislador no artigo 402,1.º do Código de Processo Civil. O acórdão do tribunal tem 15 dias e o comendador ainda não foi notificado desta decisão.

O arresto acontece no mesmo dia em que a revista Sábado avançou que Berardo teria passado seis imóveis que valem milhões de euros por uma associação de arte, a Associação de Coleções, para ocultar património. O património do comendador ficaria protegido, impedindo que houvesse arresto de bens pelos bancos a quem o empresário pediu dinheiro.

Há, no entanto, uma casa de luxo que já estará nas mãos da CGD — um T5, de 430 metros quadrados, que terá sido comprado por Berardo em 1999 e que, de acordo com a Sábado, terá sido arrestado numa ação de execução avaliada em 50 milhões de euros.

Em 20 de abril, CGD, BCP e Novo Banco entregaram no Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa uma ação executiva para cobrar dívidas de Joe Berardo, de quase 1.000 milhões de euros, executando ainda a Fundação José Berardo e duas empresas ligadas ao empresário. O valor em dívida às três instituições financeiras totaliza 962 milhões de euros.

ZAP //

 

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Curiosamente o critério não foi o mesmo para os srs. Salgado, Loureiro, Lima, Rendeiro, Oliveira Costa, Roque, Fino, Sócrates, Granadeiro, Bava, Guilherme, etc..

  2. Até que enfim. Foi preciso ele vir a publico fazer chacota de todos os politicos, administradores e procuradores de bancos e tb ao povo português. Esperemos que não fiquem por aqui que vão até ao fim desta LADROAGEM sem dono e sem fim.

  3. 4 milhões para quem deve 980 milhões, já não falta todo, este sr. E outros tais o lugar deles devia ser cadeia, eu paguei a minha divida de 2,5 milhões, o que me teria acontecido se entrasse em incumprimento, diretores, gestores e até políticos só podem estar envolvidos.

Responder a Eu! Cancelar resposta

Rara cobra de duas cabeças e dois cérebros independentes encontrada na Florida

Uma rara cobra com duas cabeças e dois cérebros independentes foi resgatada no estado norte-americano da Florida por uma equipa de especialistas do organização Florida Fish and Wildlife Conservation Commission. Na rede social Facebook, a organização, …

Benfica 2-0 Belenenses SAD | Darwinismo rende arranque histórico

O Benfica cumpriu e venceu o Belenenses SAD por 2-0, no Estádio da Luz, na partida que encerrou a quinta jornada da Liga NOS. Foi o quinto triunfo benfiquista no campeonato em cinco partidas, o …

Uma tarefa doméstica está a poluir sorrateiramente o ambiente

O que vestimos e como lavamos as nossas roupas influencia o número de microfibras sintéticas que libertamos no meio ambiente. Há uma tarefa doméstica a poluir sorrateiramente o ambiente. Um novo artigo científico, publicado na PLOS …

A companhia aérea que faliu devido à covid-19 está de volta

A pandemia de covid-19 foi traiçoeira para muitas empresas. A Flybe, uma das primeiras vítimas, está agora a ressuscitar - e pode voltar a rasgar os céus já no próximo ano. A economia mundial foi muito …

Dormir bem antes de tomar a vacina da gripe pode ajudar a aumentar a sua eficácia

Segundo os especialistas, uma boa noite de sono pode mesmo ajudar a aumentar a eficácia da vacina da gripe, que neste ano ganha particular relevância em plena pandemia de covid-19. De acordo com Matthew Walker, autor …

Há um petroleiro abandonado há mais de uma década nas Caraíbas (e é uma "bomba-relógio")

Um navio de armazenamento de petróleo venezuelano está ancorado no Golfo de Paria, um trecho de mar fechado entre a Venezuela e a ilha de Trinidad, há mais de uma década. Antes de os Estados Unidos …

Portugal deve bater recorde de doentes em cuidados intensivos ainda esta semana

Portugal deverá ultrapassar, esta quarta-feira, o recorde de doentes em unidades de cuidados intensivos, alertou a ministra da Saúde, Marta Temido, em conferência de imprensa sobre a capacidade do Serviço Nacional de Saúde para combater …

A Budapest Eye foi restaurante por um dia (e com estrela Michelin)

Um restaurante com estrela Michelin em Budapeste, na Hungria, ofereceu aos clientes uma experiência gastronómica na famosa roda gigante Budapest Eye. Atraiçoado pela queda de faturação após o desaparecimento de turistas estrangeiros, o restaurante Costes, premiado …

Antigo ministro da Saúde Leal da Costa admite novo estado de emergência

O antigo ministro da Saúde Fernando Leal da Costa defendeu hoje que em algum momento deve ser decretado de novo o estado de emergência, para que o Governo possa tomar medidas na luta contra a …

Marcelo promulga uso obrigatório de máscara na rua por 70 dias

O Presidente da República promulgou esta segunda-feira o decreto da Assembleia da República que determina o uso obrigatório de máscara na rua, por um período de 70 dias, sempre que não seja possível cumprir o …