Três ex-ministros das Finanças “deviam calar-se por uns anos”

RTP / Flickr

O presidente do Fórum para a Competitividade, Pedro Ferraz da Costa

O presidente do Fórum para a Competitividade, Pedro Ferraz da Costa

O presidente do Fórum para a Competitividade, Pedro Ferraz da Costa, lamentou esta quarta-feira que o Governo tenha de lidar com uma “dificuldade adicional” que não existiria se “pelo menos três ex-ministros das Finanças” não se pronunciassem publicamente.

“O Governo tem tido a dificuldade adicional, de pelo menos alguns três ex-ministros das Finanças, que deveriam estar calados por uns anos, não se terem coibido de fazer afirmações nos últimos tempos que tornam tudo muito mais difícil e que criam a ilusão de que o caminho, numa situação de desequilíbrio tão grande poderia ser diferente do que tem sido”, afirmou o presidente do Fórum para a Competitividade, Pedro Ferraz da Costa,  na abertura do seminário “Mercado de capitais e o financiamento da economia em Portugal”, a decorrer hoje na Porto Business School.

Sem especificar, mas apenas com uma salvaguarda e um elogio para o também orador e antigo ministro da pasta Miguel Cadilhe, Ferraz da Costa manifestou a sua “compreensão e respeito pelo esforço que o Governo tem feito para sair de uma situação financeira tão desequilibrada como aquela em que [se estava] com todas as dificuldades de o programa de ajustamento ser muito pouco compreendido pela opinião pública”.

Pedro Ferraz da Costa lembrou que tal não significa que não se devessem ter feito “coisas ligeiramente diferentes” nalguns aspetos e recordou que houve vários contactos junto do então ministro das Finanças Vítor Gaspar e do primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, para que “tentassem criar a possibilidade de que o investimento no setor dos bens transacionáveis nalgumas empresas de maior dimensão não tivesse parado”.

“Estou convencido de que uma das razões para que alguns dos investimentos não tenham avançado mais depressa continua a ser a conhecida dificuldade de os ministérios setoriais darem despacho aos diversos assuntos numa altura em que teria sido muito importante criar uma ‘via verde’ para isso”, afirmou Pedro Ferraz da Costa.

/Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Em nome da frontalidade que se apregoa, ao elogiar o esforço do Governo para equilibrar a situação financeira do país, deveria o Sr. Ferraz dizer qual a sua quaota parte na contribuição, comparada com a dos funcionários públicos e pensionistas. Ou seja, para credibilizar o seu discurso, agradecia que o senhor, e todos os outros que defendem esta postura, dissessem quanto ganham por mês e quanto contribuem para o esforço que, dizem, é de todos (!?).

  2. Esse senhor Ferraz da Costa se tivesse vergonha estava calado, o esforço que o governo fez não fui a custa dele e nem dos ricos continua-se a tirar sempre os mais pobres e a manter-se as regalias e mordomias dos governantes e desse senhor em quanta a mim reformado e aos outros reformados e Funcionários Públicos continuam a gamar e para exemplo eu em 31 de Dezembro de 2010 descontava da minha reforma para o IRS 10%, em 201, 11% em 2012 passou para 13% em 2013, para 17,5%, mas 3,5% da taxa CES ou seja em 3 anos passei de 10% para 21% ainda passa de 100% de uma reforma de 1497,65 depois de ter trabalhado cerca de 44 anos. deviam ter todos vergonha na cara e em vez de dizerem aos Jovens para imigrar imigravam eles para a Sibéria sem direito a retorno e lá dedicavam-se à caça dos gambozinos.

RESPONDER

"Pés de café" ajudam robôs a andar mais rápido (e sem tropeçar)

Uma das principais aplicações para robôs com pernas é a exploração de locais de desastre. No entanto, para atravessar os escombros, estas máquinas precisam de ter "pés" firmes. Uma equipa de investigadores da Universidade da Califórnia, …

Famalicão 2-1 FC Porto | Dragões falham reentrada

O FC Porto ficou hoje com a liderança da I Liga portuguesa de futebol em risco, ao perder em casa do Famalicão, por 2-1, na 25.ª jornada, que marca o regresso após a paragem devido …

Empresas chinesas compram soja dos EUA apesar de suspensão imposta pelo Governo

Empresas estatais chinesas terão comprado pelo menos três carregamentos de soja aos Estados Unidos (EUA), mesmo após o Governo ter levantado uma suspensão. Esta surgiu depois de Washington afirmar que terminaria com o acordo comercial …

Musk quer bombardear Marte. Pode ser só um "pretexto" para enviar armas nucleares para o Espaço

O plano de Elon Musk de bombardear Marte é apenas um pretexto para o lançamento de armas nucleares para o Espaço, disse o diretor da agência espacial russa Roscosmos, Dmitry Rogozin. Bombardear Marte para tornar o …

Quase 20 mil toneladas de combustível derramadas em rio na Rússia

https://cache-igi.cdnvideo.ru/igi/video/2020/6/2/%D0%BD%D0%BE%D1%80%D0%B8%D0%BB%D1%8C%D1%81%D0%BA.mp4 Quase 20 mil toneladas de combustível foram acidentalmente derramadas num rio no extremo norte da Rússia, levando as autoridades a declarar uma situação de "emergência" e levantando preocupações entre ambientalistas e residentes. Em comunicado, a associação …

Mais verde e mais barato. Suécia segue a Alemanha e instala a primeira turbina eólica de madeira

A Suécia instalou uma nova e interessante turbina eólica: uma torre construída em madeira. A Alemanha também já tem esta nova tecnologia. Construída a partir de materiais de fontes sustentáveis e que oferecem desempenho comparável às …

Já não mostra só as filas do supermercado. App "Posso ir?" também diz se pode ir à praia

A aplicação móvel que permite aos utilizadores consultar as filas e as afluências aos supermercados também mostra como está a praia. Agora, a aplicação "Posso ir?" vai também dizer-lhe se é ou não prudente ir dar …

Discurso xenófobo. Na Áustria, "a islamofobia tornou-se uma forma dominante de racismo"

A Áustria regista um aumento preocupante do discurso xenofóbico, em particular em relação aos muçulmanos e refugiados, alerta um relatório do Conselho da Europa. A Comissão do Conselho da Europa contra o Racismo e a Intolerância …

Um em cada quatro russos acredita que a pandemia é uma invenção

Um em cada quatro russos acredita que a pandemia de coronavírus é uma invenção, de acordo com uma pesquisa realizada pela Escola Superior de Economia de Moscou (HSE). Segundo avançou o site de notícias RBC, citado …

"Botellón" está de volta a Lisboa. Ajuntamentos sem controle podem estar a espalhar o vírus

Há cada vez mais ajuntamentos de jovens em Lisboa, nomeadamente nos bairros típicos, mas também em locais como bombas de gasolina, para o convívio e o consumo de álcool. Um tipo de comportamento que está …