“Não há tragédia maior do que esta”, escreveram os bastonários à ministra da Saúde

António Cotrim / Lusa

A ministra da Saúde, Marta Temido

“O que nos move nesta carta aberta, sra. ministra da Saúde, é a angústia de quem conhece os doentes pelo nome e sabe que o SNS, como está, sozinho não os poderá ajudar a todos.” Este é o alerta, em forma de carta aberta, do atual e cinco antigos bastonários da Ordem dos Médicos.

Numa altura em que Portugal vê os novos casos de infeção por covid-19 subir, o atual e cinco antigos bastonários da Ordem dos Médicos escreveram uma carta à ministra da Saúde, Marta Temido, para dizer que é urgente mudar a estratégia do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

A carta aberta, assinada por Miguel Guimarães, Gentil Martins, Carlos Ribeiro, Germano Sousa, José Manuel Silva e Pedro Nunes, foi publicada esta quarta-feira no jornal Público.

Além de acusarem o ministério da Saúde de não ter aprendido a lição nos meses que passaram, os bastonários alertam que é preciso mudar já e confessam a preocupação que sentem com a segunda fase da covid-19.

“Já estamos na segunda semana de outubro, em pleno outono, e o que aconteceu, o que mudou de substancial na organização das pessoas e dos meios? Onde está o necessário e imprescindível plano – discutido, alterado e devidamente aprovado – para os dias e meses difíceis que enfrentamos?”, questionam.

Saber que o Serviço Nacional de Saúde (SNS) não tem capacidade de resposta nas próximas semanas e meses para ajudar os doentes é, para os bastonários uma tragédia. E “não há tragédia maior do que esta“.

Na segunda fase da pandemia, o SNS vai sofrer uma nova pressão e, sem mãos a medir, as consequências podem ser dramáticas para os doentes, avisam ainda. “Nesta segunda fase da pandemia, o SNS sofrerá toda a pressão da procura sem esta proteção, o que ameaça ter consequências dramáticas para os doentes confrontados com um SNS sem mãos a medir.”

Num apelo gritante à ministra da Saúde, os seis médicos frisam que é preciso um investimento de grande envergadura no SNS, envolvendo os setores de saúde sociais e privados.

Para os bastonários, não há dúvidas de que este é o momento de liderar uma resposta global, de recuperar as listas de espera e os potenciais doentes perdidos, valorizar os profissionais de saúde, proteger os idosos nos lares e unir os portugueses. “Não podemos voltar a deixar alguém ficar para trás.”

ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. E propostas de e como melhorar Zero onde ir buscar mais profissionais de Saúde Zero, Portugal e nos restantes Países por esse Mundo fora não tem profissionais de Saúde que cheguem para tratar de tantos doentes seja do COVI-19 seja das restantes doenças, Portugal está como aquele que quer tapar a cabeça e destapa os pés tem a manta curta assim está Portugal

  2. Pois, quiseram aniquilar o SNS, exportando “excedentes” para muitos países europeus, e cuja formação tanto custou a todos nós, para os entregarmos, assim, de mão beijada a quem não investiu um cêntimo na sua formação e que, agora, lhes dão muito jeito, como aconteceu ao Boris! O governo de Passos Coelho empurrou-os da sua “zona de conforto” ( soam a ridículo estas palavras!) e, nessa altura, ninguém achou que o SNS ficaria exangue, agora é que clamam: “Aqui d el rei!”! Não me lembro de ter ouvido nenhum destes senhores bastonários a indignar-se com a medida! Claro que o problema sobra para muitos de nós mas, para os profissionais de saúde sobrará muito mais! A culpa não é só deste governo! Medidas podem ser tomadas mas, fabricar seres humanos, ainda por cima habilitados, por enquanto é completamente impossível!

RESPONDER

Altice culpa ANACOM e Governo por despedimento colectivo (e ameaça deixar Portugal)

A Altice anunciou o despedimento colectivo de quase 300 trabalhadores depois das saídas de cerca de mil funcionários por mútuo acordo. Mas admite que continua a ter colaboradores "dispensáveis" e deixa o alerta de que …

PCP encerra jornadas parlamentares com sete páginas de críticas ao Governo

Sete páginas do discurso de encerramento das jornadas parlamentares do líder parlamentar do Partido Comunista Português (PCP), João Oliveira, foram dedicadas às queixas contra o Governo e o PS. As jornadas parlamentares do PCP terminaram com …

Um terço dos internados em UCI em Lisboa estava vacinado com a primeira dose

Cerca de um terço dos doentes com covid-19 internados em unidades de cuidados intensivos (UCI) na região de Lisboa e Vale do Tejo (LVT) já estava vacinado com a primeira dose quando deu entrada no …

Fernando Santos admitiu mudanças. Eis as mexidas que podem acontecer no "onze"

Fernando Santos admitiu promover alterações no onze inicial de Portugal frente à França. Eis a equipa que pode entrar em campo logo à noite. A derrota por 2-4 frente à Alemanha, no segundo jogo da fase …

MP pede pena de prisão efetiva entre dois e três anos para Armando Vara

O Ministério Público (MP) pediu, esta quarta-feira, a condenação de Armando Vara a uma pena efetiva próxima dos três anos de prisão por um crime de branqueamento de capitais, do qual foi pronunciado em processo …

Imunidade de grupo poderá ser atrasada. Jovens com mais de 18 anos vacinados a partir de 4 de julho

Henrique Gouveia e Melo, coordenador da task force para o Plano de Vacinação contra a covid-19, admitiu um atraso de até 15 dias na meta de 70% de população vacinada com a primeira dose, devido …

Supremo espanhol ordena libertação imediata dos nove políticos catalães

O Supremo Tribunal espanhol ordenou, esta quarta-feira, a libertação imediata dos nove líderes independentistas catalães condenados pela tentativa separatista de 2017, depois de o Governo ter concedido um indulto por "razões de utilidade pública". Segundo a …

Corona quer sair do FC Porto e tem uma escolha de eleição

Em final de contrato com o FC Porto, Jesús Corona olha para a porta de saída e vê no Sevilha a escolha de eleição para seguir a sua carreira. Jesús Corona termina contrato com o FC …

Índia alerta para variante Delta Plus, já presente em Portugal. É a chamada "mutação nepalesa"

A Índia alertou, esta terça-feira, para uma mutação da variante Delta, chamada Delta Plus, que já terá sido detetada em nove países, incluindo Portugal. O Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge confirma que se …

PS acusa Rui Rio de "incoerência" por criticar Governo após palavras de Merkel

Sobre as críticas de Angela Merkel subscritas por Rui Rio, Ana Catarina Mendes lembra que, "em maio, o PSD criticava o Governo por não ter ainda anunciado a abertura aos voos do Reino Unido". A líder …