Moda, espetáculos e desporto. Casos de trabalho infantil ainda subsistem em Portugal

No Dia Mundial Contra o Trabalho Infantil, a Confederação Nacional de Ação Sobre o Trabalho Infantil (CNASTI) alerta para casos de trabalho infantil que ainda subsistem em Portugal.

Na moda, nos espetáculos e no desporto: ainda há “muitas crianças a trabalhar”, denuncia Fátima Pinto, presidente da Confederação Nacional de Ação Sobre o Trabalho Infantil (CNASTI) à TSF, que acrescenta que há também casos de trabalho infantil em setores industriais como o têxtil ou a restauração.

A maioria das crianças em situação de trabalho infantil têm 14 anos ou mais e a maioria das ilegalidades prendem-se com o tempo de trabalho, que é muitas vezes superior ao previsto na lei que permite a participação de crianças no setor das artes e espetáculo.

Além disso, o incumprimento dos contratos é outra das preocupações. Fátima Pinto denuncia um caso em que a empresa contratante pagava em géneros. “Propuseram-lhe um tratamento dentário para corrigir os dentes e no final da novela a criança foi embora sem a correção dos dentes, não recebeu nada e nunca mais voltou a ser chamada”, conta.

A presidente chama ainda a atenção para o facto de, ao contrário do trabalho infantil nos setores tradicionais, a sociedade quase incentivar “as crianças a participarem para se tornarem famosas“. “Este glamour dos espetáculos ainda prepondera na nossa sociedade e as crianças são muitas vezes incentivadas pelos pais a participarem e a trabalharem nas artes e espetáculos e no desporto.”

Nos anos 90, constataram-se situações graves de exploração de mão-de-obra infantil no Vale do Ave, sobretudo nos setores do têxtil e do calçado conta a presidente da CNASTI. “Lembro-me de um relatório que dizia que eram 200 mil as crianças a trabalhar em Portugal. Muita gente tentou desmontar este número mas a verdade é que seriam até mais.”

Este retrato só começou a mudar quando “o Governo aceitou que havia trabalho infantil em Portugal e decidiu que era necessário combatê-lo”. Para isso, criou uma comissão nacional de combate ao trabalho infantil.

Em declarações à TSF, Fátima Pinto disse ainda que “é um ato da mais elementar justiça” que quem começou a trabalhar ainda em criança possa hoje ter acesso a uma pensão de reforma sem penalizações após 40 anos de carreira contributiva e independentemente da idade.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Trabalho nunca matou ninguém. Desde que o abestalhado humano passou a encriminar o trabalho para jovens com idade suficiente para o aprendizado de como se ganha o pão que lhe sustenta, que com o raciocínio do menos capaz podera vir os desocupados
    preencherem os seus dias com ações que quiçá obstruirá um futuro brilhante.

    • Bem Francine… o seu pensamento é certamente de uma enorme clareza que a minha insuficiente impreparação não consegue vislumbrar. Ainda assim parabéns pelo seu contributo em prol seja lá do que for!

RESPONDER

As árvores não existem. Quem o diz são os terraplanistas

Uma teoria da conspiração sobre árvores está agora a intrigar o mundo. Um terraplanista explica que as árvores não existem e que não passam de arbustos. A teoria surgiu num vídeo publicado em 2016 no YouTube, …

CGTP convoca “grande manifestação” para 10 de julho

A CGTP-IN convocou uma “grande manifestação” em Lisboa, para dia 10 de julho, data em que se discute o Estado da Nação, como forma de luta à proposta de revisão do Código Laboral. Numa conferência de …

A Liberdade Iluminando o Mundo chegou a Nova Iorque há 134 anos. Vinha em 214 caixas

https://vimeo.com/342845039 A 17 de junho de 1885, a fragata Isere aportava em Nova Iorque levando a bordo 350 peças, que seguiam em 214 caixas. Depois de montado, este gigante puzzle daria forma a um dos monumentos …

INE chumba pergunta sobre origem étnico-racial no censos

O Instituto Nacional de Estatística (INE) não vai incluir no Censos 2021 uma pergunta sobre a origem étnico-racial dos cidadãos, como pretendia a maioria dos membros do grupo de trabalho criado pelo Governo para avaliar …

Já morreram 100 crianças na Índia devido a um vírus cerebral associado à lichia

Já morreram 100 crianças devido a um surto de encefalite aguda no estado de Bihar, na Índia. Destas, 20 morreram em apenas um dia, a 16 de junho, escreve a imprensa local esta segunda-feira. As primeiras …

Praça de Touros da Póvoa de Varzim vai ser demolida

A Praça de Touros da Póvoa de Varzim vai ser demolida para dar lugar a um pavilhão multiusos. O presidente da Câmara, Aires Pereira, aproveitou o Dia da Cidade, no domingo, para apresentar o novo …

Autoridade dos Transportes defende sanções quando há falhas no metro

A Autoridade da Mobilidade e dos Transportes defende a "definição de requisitos mínimos de qualidade e de sanções em caso de incumprimento" por parte das operadoras do metro junto dos utentes. Após uma avaliação dos metros …

Oliveirense sagra-se bicampeã nacional de basquetebol

A Oliveirense sagrou-se pela segunda vez consecutiva campeã portuguesa de basquetebol, ao vencer em casa do Benfica, por 97-72, no quarto jogo da final. A Oliveirense, que chegou ao intervalo com uma vantagem de 53-41, conquistou …

Ivo Vieira é o novo treinador do Vitória de Guimarães

Ivo Vieira vai orientar o Vitória de Guimarães, depois de ter assinado um contrato válido para 2019/2020, anunciou o emblema vimaranense no site oficial. "A Vitória SAD informa que chegou a acordo com o treinador Ivo …

Dono da Altice compra leiloeira Sotheby's

O dono da Altice comprou a leiloeira Sotheby's, numa operação no valor de 3,7 mil milhões de dólares, cerca de 3,3 mil milhões de euros. O acordo definitivo foi assinado entre a Sotheby's e a BidFair …