Recibos verdes no Estado aumentaram 14,6%. Um terço é no Ministério do Trabalho

Manuel de Almeida / Lusa

O ministro do Trabalho, liderado por Vieira da Silva, regista 6113 prestações de serviços

O número de trabalhadores a recibos verdes nos organismos públicos voltou a aumentar no ano passado (14,6%). O Ministério do Trabalho emprega um terço de todos os trabalhadores precários do Estado.

Estes dados, relativos a 2017, foram divulgados pela Direção-Geral da Administração e do Emprego Público e mostram que o número de trabalhadores a prestar serviços precários ao Estado aumentou, comparativamente ao ano anterior.

Os serviços do Estado central e as autarquias tinham, em 2017, 17.728 pessoas em regime de prestação de serviços, mais 14,6% do que em 2016, revela o Público esta terça-feira.

O jornal aponta ainda que desde 2013 que não existiam tanto trabalhadores a recibos verdes a trabalhar para o Estado. Há cinco anos, existiam 28 mil trabalhadores portugueses nesta situação.

Mais de metade dos trabalhadores (56%) têm ligação aos organismos de administração central, com especial incidência os serviços que dependem dos ministérios do Trabalho e da Segurança Social, da Saúde e da Ciência e Ensino Superior.

O Ministério do Trabalho, liderado pelo ministro Vieira da Silva, tem 6113 trabalhadores precários, valor que representa 61% dos recibos verdes da administração central e um terço de total.

Os dados da DGAEP mostram ainda que 43,7% das prestações de serviço registadas no final de 2017 ocorreram na administração local. As câmaras, juntas de freguesia e outros organismos locais tinham 7746 trabalhadores com este tipo de vínculo, mais 3,8% do que em 2016.

Atualmente, o Governo tem em andamento o Programa de Regularização Extraordinária dos Vínculos Precários na Administração Pública, o PREVPAP, que é um plano proposto pelo Executivo para a regularização dos vínculos de trabalhadores que prestem funções permanentes nos serviços do Estado com mais de 30 mil candidaturas, só na Administração Central.

ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Olha o Raríssimas! Enquanto este não explicar devidamente esse episódio não lhe reconheço qualquer autoridade moral para falar ou fazer o que quer que seja.

    • Completamente de acordo. Este sr conivente na manigância da raríssimas, e no financiamento a uma IPSS da sogra, se tivesse um pingo de decência tinha posto o lugar à disposição.

  2. Caríssimos, isto dos recibos verdes e esta regularização dos precários, foi feito à medida para “regularizar” muitos militantes do PS (e outros), que curiosamente, bastou estarem “precários” desde que o PS é governo.
    Esta lei foi feita à medida para partidarizar a função pública!
    Investiguem os nomes de família de muitos precários. Vejam bem as ligações que escondem por trás desta “precaridade”.
    No fim, no fim, lá vai o “Zé” ser chamado a pagar!

  3. … atualmente o que mantem este gabarito de políticos vivos quer a nível Nacional, quer a nível Internacional são os RECIBOS VERDES e os MIGRANTES de resto este indivíduos não merecem qualquer perda de tempo a atura-los ou ouvi-los.

RESPONDER

Caixa Geral de Depósitos deu 125 milhões a Isabel dos Santos

O banco público emprestou a Isabel dos Santos, em dezembro de 2009, 125 milhões de euros para que a empresária pudesse comprar ações da ZON. Parte dessas ações era da própria Caixa Geral de Depósitos. No …

O Pentágono admitiu (finalmente) que investiga OVNIs

Numa declaração sem precedentes e que alguns consideram "bombástica", o Departamento de Defesa dos EUA admitiu que investiga OVNIs (Objectos Voadores Não Identificados). Uma posição oficial que reforça a importância militar de estudar este tipo …

Em 2010, Berardo já não tinha dinheiro para pagar a dívida

Em 2010, o Banco de Portugal (BdP) não encontrou provas de que o grupo Berardo tivesse capacidade financeira para pagar a dívida à Caixa Geral de Depósitos (CGD). Em 2010, a Fundação Berardo e a Metalgest …

A polícia vai deixar de lhe pedir para soprar ao balão

A partir de 2022, a polícia vai deixar de pedir aos condutores para "soprar no balão". A União Europeia prepara-se para implementar novos sistemas de segurança obrigatórios nos novos modelos de automóveis.  Os veículos vão passar …

MH370. Investigador diz que foi usado um avião chamariz durante "desaparecimento forjado"

Andre Milne acredita que foi usada uma aeronave chamariz para enganar e causar a impressão de que os Estados Unidos foram responsáveis pelo sequestro do voo MH370 da Malaysia Airlines. O investigador voluntário Andre Milne afirma …

Grandes devedores levam Ferro Rodrigues a convocar reunião

Na próxima terça-feira, dia 28 de maio, a mesa da Assembleia da República vai ter uma reunião para discutir o acesso à lista dos grandes devedores dos bancos. O presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro …

Arqueólogos descobrem o que estava no cardápio dos camponeses medievais

Há 30 anos, arqueólogos escavaram uma das primeiras aldeias medievais na Inglaterra e descobriram os restos de 73 recipientes usados na altura. Mas encontraram algo mais: os restos minúsculos da sua última refeição. Investigadores da Universidade …

Falta de pessoal cria "graves problemas" à ADSE

O Conselho Geral e de Supervisão da ADSE alerta que a falta de recursos humanos no instituto que gere o sistema de assistência na doença da função pública coloca "graves problemas de gestão". No parecer aprovado …

Marcelo aceita passagem do hospital de Braga para o SNS

Marcelo Rebelo de Sousa promulgou o fim da PPP, reforçando o seu argumento sobre a nova Lei de Bases da Saúde. "A escolha política" do Governo foi "a da criação de uma Entidade Pública Empresarial". O …

A Ciência descobriu qual é a melhor altura do dia para beber café (e não é de manhã)

https://vimeo.com/338075463 Enquanto recolhemos mais grãos, produzimos mais café e patrocinamos os nossos cafés locais, podemos não estar a maximizar os benefícios de saúde e de aumento de energia da nossa caneca diária de café. De acordo com …