Touradas: “Há deputados que têm medo do PAN”

Mário Cruz / Lusa

Manuel Alegre

Ainda sobre o polémico tema das touradas, Manuel Alegre diz que anda tudo com medo da esquerda urbana e aconselha cuidado aos políticos. “Um dia o campo pode revoltar-se.”

Em entrevista à TSF/Diário de Notícias, o histórico socialista Manuel Alegre diz que ainda não respondeu à carta aberta que o primeiro-ministro António Costa lhe escreveu. “Se lhe escrever será uma carta pessoal, não vamos andar a escrever através dos jornais.”

O poeta admitiu estar a falar do IVA das touradas e não da sua proibição, apesar de confessar que “as coisas estão todas ligadas”.

“Eu sei que há evolução, sou contra os maus-tratos aos animais, não haja dúvida nenhuma sobre isso. Mas sou pelas pessoas e sou por qualquer coisa de sagrado que há na corrida, qualquer coisa de sagrado muito antigo. Quem não percebe isso também não percebe a poesia, não percebe a literatura“, afirmou Manuel Alegre.

O histórico socialista prestou ainda uma espécie de homenagem ao PCP por ser “fiel às tradições” e “não tem medo do PAN, não tem medo do politicamente correto”.

Manuel Alegre diz saber que há quem considere que o deputado do PAN (Pessoas Animais Natureza) pode vir a ser muito útil em determinadas circunstâncias, acrescentando ainda que “há deputados do PS que têm medo do PAN”. “Anda tudo com muito medo do urbano ou da esquerda urbana. Estão muito enganados, porque as pessoas gostam de pensar pela sua cabeça, são livres.”

Neste seguimento, para Manuel alegre, falar do que é ou não é “civilização”, como fez a ministra Graça Fonseca, é algo que “fratura” o país.

“Fratura geracionalmente, fratura Lisboa e o resto do país e fratura a cidade e o campo. Os políticos que tenham cuidado, um dia o campo pode revoltar-se. Foi sempre um país uno porque respeitou a sua diversidade. Eu apoio o governo, apoio o PS e sou genuíno quando falo da minha liberdade. Eu gosto de caçar, enquanto não for proibido pelo deputado do PAN com o apoio do Partido Socialista…

No fundo, Alegre deixou claro que “não é a ministra que define o que é ou não é civilização”.

“Eu não estou fora da civilização, escrevi poemas sobre touros, o Lorca não está fora, o João Cabral de Melo Neto não está fora, o Ortega y Gasset não está fora, o Goya não está fora, o Picasso não está fora. A Guernica é o quadro-símbolo da Guerra Civil de Espanha. Sabem quais são os dois grandes símbolos que lá estão? O cavalo e o toiro. Portanto, cuidado, quando vamos falar de civilização”, apontou.

Manuel Alegre recusou ainda “engenharias sociais ou artificiais messiânicas”. “Isso tem uma carga totalitária muito perigosa”, afirmou, lembrando a notícia “sobre um grupo de mascarados, o IRA, eventualmente ligado ao PAN…”

“Muita doçura com os animais, eu acho bem, eu sou autor de um livro, Um Cão como Nós, que é um bestseller, tem mais de cem mil exemplares vendidos, gosto muito de cães e gosto muito de animais, mas não ponho os animais acima das pessoas“.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Poucas vezes estive de acordo com o Dr. Manuel Alegre.
    Tenho cá as minhas razões.
    Mas no caso presente não podia estar mais de acordo com ele.
    Direi mais, que legitimidade tem um Ministro de impor constrangimentos a touradas, caça e outros, só porque não gosta?
    E, ainda utiliza argumentos, em que trata os que gostam como bárbaros.
    A posição da Sr. Ministra é totalitária e não respeita o gosto dos outros, será isto uma vivência democrática?
    O Sr. Primeiro Ministro, devia já ter feito uma coisa simples e correta “demitir a Sr. Ministra”.

RESPONDER

"Parasitas" vai ter uma série na HBO. E já são conhecidos dois nomes do elenco

A produção sul-coreana de Bong Joon Ho, especialmente condecorada pela Academia, merece agora uma adaptação para a televisão pelas mãos da HBO. A série televisiva de "Parasitas" foi anunciada em janeiro e a produção está encarregue …

O carregador do seu smartphone é mais potente do que o computador da Apollo 11

Não restam dúvidas de que a informática deu um passo gigante em termos de evolução nos últimos 50 anos. Agora, um engenheiro de software descobriu que até mesmo o carregador do seu smartphone é mais …

Tribunal suspende construção da Gigafactory na Alemanha

Um tribunal alemão ordenou à Tesla, este domingo, a suspensão das obras da sua fábrica "Gigafactory" por questões ambientais. Em novembro do ano passado, Elon Musk, presidente executivo da Tesla, anunciou que a Alemanha tinha sido …

Novos semáforos da Índia ficam vermelhos quando os condutores buzinam

A Polícia de Mumbai, na Índia, instalou detetores de ruído em vários semáforos de cruzamentos importantes da cidade, visando reduzir a poluição sonora. Agora, quanto mais os condutores buzinam, mais tempo a luz se mantém …

Polícia de Hong Kong procura autores de roubo de papel higiénico

Um camião que transportava papel higiénico foi, esta segunda-feira, alvo de um assalto à mão armada em Hong Kong, onde a escassez do produto motivou uma corrida ao comércio local. As autoridades informaram que um motorista …

Centeno considera gravações de Varoufakis "politicamente lamentáveis"

O presidente do Eurogrupo considerou, esta segunda-feira, a atitude do antigo ministro das Finanças grego, que gravou reuniões do fórum de ministros das Finanças da zona euro, "politicamente lamentável". "Honestamente, não tenho comentários a fazer sobre …

Elton John obrigado a interromper concerto devido a crise de pneumonia

O cantor britânico foi obrigado a interromper um concerto, na Nova Zelândia, devido a um diagnóstico de pneumonia atípica. No último domingo, o cantor britânico Elton John interrompeu um concerto no Auckland’s Mount Stadium, na Nova …

Tancos. Coronel da GNR nega pacto de silêncio

O ex-diretor de investigação criminal da GNR disse, esta segunda-feira, desconhecer qualquer pacto de silêncio com a Polícia Judiciária Militar que envolvesse a colaboração na investigação do furto das armas de Tancos. Na sessão desta segunda-feira …

Anel de curso perdido nos EUA encontrado 47 anos depois na Finlândia

Um anel de curso de um liceu nos Estados Unidos, perdido em 1973, foi agora descoberto numa floresta da Finlândia. De acordo com o The Guardian, Debra McKenna perdeu o anel de curso do marido em …

Apresentadas mais de 50 queixas contra post de André Ventura sobre Joacine Katar Moreira

A Comissão para a Igualdade e Contra a Discriminação Racial (CICDR) já recebeu mais de 50 queixas devido à publicação na qual o deputado do Chega sugeria devolver Joacine Katar Moreira ao seu país de origem. Em …