Tomás Correia pode abandonar liderança do Montepio nos próximos dias

Rodrigo Antunes / Lusa

O atual presidente da Associação Mutualista Montepio Geral Tomás Correia pode estar de saída, nos próximos dias, da mutualista para onde entrou em 2004.

De acordo com o Público, a liderança do banqueiro pode acabar já na reunião do Conselho Geral e de Supervisão da instituição, na próxima terça-feira.

Um possível substituto o gestor Virgílio Lima, quadro do Montepio, que integra o conselho de administração chefiado por Tomás Correia. Outro nome é o de Luís Almeida, também quadro da instituição e da equipa de gestão, onde está ainda Idália Serrão, ex-deputada do PS.

No encontro do órgão que controla a atividade da mutualista serão analisadas não apenas as contas da instituição, que continuam desequilibradas, mas também a crescente tensão em torno da atuação de Tomás Correia, reeleito há três meses.

O futuro de Tomás Correia está nas mãos de Vítor Melícias, presidente da Mesa da Assembleia-Geral da mutualista e uma personalidade próxima do Presidente da República.

Esta pressão crescente não é alheia a movimentações que se desenrolaram ao mais alto nível desde quarta-feira, com intervenção dos círculos próximos do primeiro-ministro, que não escondem o desconforto com os últimos acontecimentos que atingem Tomás Correia. António Costa tem manifestado incómodo com o ruído que se tem avolumado em torno da maior instituição da economia social.

Neste contexto surge a clarificação exigida pelo Governo à lei que serve para avaliar a idoneidade de Tomás Correia. O presidente do regulador dos seguros, José Almaça, considerou que o novo Código das Associações Mutualistas goza de um período de transição de 12 anos, pelo que não tem poderes para avaliar a idoneidade de Tomás Correia, depois de este ter sido condenado pelo Banco de Portugal.

Os ministérios das Finanças e da Segurança Social clarificaram que o regime transitório não impede que se faça esse exame de idoneidade.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, fez saber esta quinta-feira que é preciso clarificar os poderes da ASF nessa matéria.

O Governo vai publicar uma norma interpretativa que, sendo de interpretação autêntica, tem efeitos desde a entrada em vigor do diploma e retira qualquer álibi à ASF para deixar de fazer o que lhe compete, que também é avaliar a idoneidade de quem gera as instituições mutualistas e, no caso concreto, do dr. Tomás Correia”, anunciou António Costa no Parlamento.

Nos bastidores, avança o Público, a renúncia de Tomás Correia à presidência do Grupo Montepio é dada nos seus círculos próximos como iminente e surge num quadro sensível, depois de o Banco de Portugal o ter condenado por infrações graves, na qualidade de presidente da Caixa Económica Montepio Geral.

Caso se venha a confirmar a saída, ocorrerá três meses depois de ter sido eleito, com 41%, para liderar por mais três anos o grupo com o apoio de figuras importantes do Bloco Central e da maçonaria. A oposição que saiu derrotada destas eleições também já se estava a movimentar para acelerar a saída de Tomás Correia, nomeadamente através da intervenção do destacado socialista Vera Jardim.

ZAP //

 

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Cofre de antigo caçador de vampiros vai a leilão no Reino Unido. Está repleto de objetos

O cofre de um caçador de vampiros do século XIX vai ser leiloado em Dervyshire, no Reino Unido, informou a leiloeira Hansons. Em causa está uma caixa antiga, forrada a seda vermelha e decorada com …

Bombeiro morre no combate a um incêndio na Serra da Lousã

Um bombeiro morreu este sábado durante o combate a um incêndio na Serra da Lousã, disse à agência Lusa o presidente da Câmara da Lousã, Luís Antunes. O autarca desconhece as circunstâncias em que ocorreu a …

Cientistas descobrem os defeitos dentários que apodrecem os dentes

Os resultados deste novo estudo contribuem para o desenvolvimento de novos tratamentos para as cáries dentárias. Os investigadores capturaram o esmalte num detalhe sem precedentes. Uma equipa de investigadores está muito perto de descobrir aquilo que …

Balões da Google já "espalham" Internet nas vilas remotas do Quénia

Em 2013, surgiu a ideia de enviar balões para o Espaço próximo para conectar pessoas em locais do mundo sem Internet. A ideia, que parecia uma loucura, já é realidade. Depois de uma longa série de …

Descoberta nova espécie de dinossauro carnívoro em Portugal

Um novo género e espécie de dinossauro carnívoro terópode, cujos fósseis foram escavados em arribas dos concelhos de Torres Vedras e da Lourinhã, foi agora descrito na revista internacional "Journal of Vertebrate Paleontology" por paleontólogos …

The Crown. Afinal, vem aí uma sexta temporada

Peter Morgan, criador, produtor e argumentista de The Crown, anunciou esta quinta-feira (9), através do Twitter da plataforma de streaming Netflix, que a série britânica terá uma sexta temporada. “Quando começamos a discutir as histórias da …

Observatório Gaia revoluciona o rastreamento de asteroides

O observatório espacial Gaia da ESA é uma missão ambiciosa que tem o objetivo de construir um mapa tridimensional da nossa Galáxia, fazendo medições de alta precisão de mais de mil milhões de estrelas. No entanto, …

Tempestades de relâmpagos mataram 147 pessoas na Índia em apenas 10 dias

Tempestades de relâmpagos mataram 147 pessoas no estado de Bihar, no norte da Índia, no espaço de dez dias, noticia a AFP, que escreve que os números podem aumentar nos próximos tempos devido às alterações …

Investigação portuguesa descobriu 14 espécies marinhas com potencial para produção de antibióticos

Uma investigação conjunta da Universidade de Aveiro e da Universidade Católica descobriu 14 novas espécies e um género de fungos marinhos, com potencial para produção de antibióticos, revelou esta segunda-feira fonte académica. "Neste momento, estão a …

Impossíveis de cumprir. Directores preocupados com novas regras para as escolas

As orientações da Direcção Geral de Saúde (DGS) para as escolas com vista ao regresso das aulas presenciais, em Setembro, estão a preocupar os directores dos estabelecimentos de ensino. Isto porque as consideram impossíveis de …