Tiroteio de Orlando é o pior da história dos EUA

Cristobal Herrera / EPA

-

Os 50 mortos e 53 feridos no tiroteio em uma discoteca “gay”, em Orlando, que está a ser tratado como “ato de terrorismo”, é o pior da história dos EUA.

Trata-se do pior massacre realizado por um só atirador na história dos Estados Unidos da América, ultrapassando o tiroteio na Universidade da Virgínia Tech, em 2007, que resultou em com 32 mortos.

Considerando o número de mortos, a tragédia no bar gay Pulse Club só é menos significativo do que os acontecimentos de 11 de setembro de 2001, quando dois aviões se despenharam contra as Torres Gémeas de Nova Iorque, provocando a morte a 5996 pessoas.

O presumível atirador tinha duas armas de fogo, uma das quais uma pistola, e foi morto num confronto com os agentes policiais, referiu John Mina.

O massacre começou às 2h da manhã e terminou às 5h, com a morte do atirador, que foi identificado como Omar S. Mateen, cidadão norte-americano de origem afegã, nascido em 1986.

“Vamos determinar oficialmente se é um crime de ódio ou um incidente de terrorismo, ou mesmo se se trata de um crime violento, quando tivermos todos os factos”, disse à imprensa governador da Flórida, Rick Scott.

Atirador jurou lealdade a ‘jihadistas’

O FBI anunciou estar a investigar o massacre como um “ato de terrorismo” e que o suspeito poderá ter “uma inclinação” para o terrorismo islâmico.

Segundo a estação televisiva NBC, que cita fontes policiais, o atirador telefonou alguns instantes antes do crime para o número 911 para anunciar a sua lealdade ao líder do EI.

A CNN avança a mesma notícia, citando um responsável norte-americano que explicou que “o FBI de imediato acreditou tratar-se de um ataque islamita por causa dessa chamada telefónica” e porque eram já conhecidas do FBI as suas “simpatias islamitas”.

No entanto, segundo o pai do presumível atirador, “o tiroteio não tem nada a ver com religião“.

“Não tem nada a ver com religião”, disse Mir Seddique, pai de Omar Mateen, ao canal televisivo NBC.

Segundo Seddique, há algum tempo o jovem tinha ficado furioso ao ver dois homossexuais a beijarem-se no centro de Miami.

“Omar viu dois homens a beijarem-se em frente da sua mulher e do seu filho e ficou muito zangado“, referiu.

“Não sabíamos de nada. Estamos chocados como todo o país”, disse o pai de Omar Matten, identificado como cidadão norte-americano de origem afegã, com cerca de 20 anos.

Mir Seddique apresentou desculpas em nome da sua família pelo ato do filho.

As autoridades norte-americanas estão convencidas que “não há outra ameaça” relacionada com o tiroteio, como declarou um responsável da polícia federal, Ron Hopper.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Centeno apela a uma utilização "sensata" da bazuca europeia

Mário Centeno, Governador do Banco de Portugal, disse ao FMI que apenas os  investimentos que forem produtivos irão assegurar que a dívida com que os estados se encontram não se transforme numa nova crise financeira. De …

Ministros selam acordo sobre reforma da Política Agrícola Comum

Os ministros da Agricultura da União Europeia chegaram a acordo sobre a reforma da Política Agrícola Comum (PAC). Seguem-se agora as negociações com o Parlamento Europeu. Os ministros da Agricultura da União Europeia chegaram esta quarta-feira …

Só 17% dos portugueses diz que abertura das escolas correu mal (e maioria quer teletrabalho obrigatório)

Uma sondagem da Intercampus feita para o Jornal de Negócios e Correio da Manhã revela que, cerca de um mês depois da reabertura das escolas, 42% dos portugueses entendem que o processo “decorreu de forma …

Espanha vai tornar máscaras mais baratas graças a Portugal

Espanha vai reduzir o preço das máscaras após um cidadão espanhol ter despoletado a discussão após comparar com o preço em Portugal. Uma única máscara em Espanha chegava aos 96 cêntimos. Em Espanha, uma máscara pode …

Austeridade ajudou a conter efeitos da pandemia. Crise será um "choque", mas vai "criar oportunidades"

A crise pandémica "será um choque para as economias", mas "os choques podem criar oportunidades". A análise é do economista Ricardo Reis, professor da London School of Economics, que também salienta como as políticas de …

Em abril, o vírus matava 6 vezes mais do que agora. Mas estes números podem mudar em breve

O número de infetados já bateu recordes durante o mês de outubro, mas o mesmo não de pode dizer em relação ao número de mortos. O dia com mais óbitos em Portugal ocorreu a 3 …

Orçamento não reflete "trabalho notável" dos profissionais de saúde, diz bastonário

O bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, considera que a proposta de Orçamento do Estado para 2021 não corresponde às "expectativas dos profissionais de saúde e dos portugueses" nem investe no Serviço Nacional …

Trump tem uma conta bancária na China (e andou uma década a tentar investir no país)

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, é detentor de uma conta num banco chinês, e há vários anos que tenta implementar negócios no país. Donald Trump passou uma década a tentar investir na China, onde …

Ricardo Pereira revela segredo para o FC Porto derrotar o City

A jogar em Inglaterra há três anos, Ricardo Pereira conhece bem o próximo adversário do FC Porto na Liga dos Campeões. O internacional português deu alguns conselhos à equipa portista. Ricardo Pereira está a cumprir a …

OE em duodécimos deixa 2.700 milhões de estímulo orçamental em suspenso

A hipótese de haver um Orçamento em duodécimos em 2021 está em cima da mesa. Se tal acontecer, há pelo menos 2.700 milhões de estímulo orçamental que não chegarão à economia. Se o Orçamento do Estado …