Theresa May e Michael Gove na corrida para suceder a Cameron

surreynews / Flickr

Theresa May, ministra do Interior britânica

Theresa May, ministra do Interior britânica

Theresa May oficializou a candidatura para ocupar o lugar de Cameron. E quando todos pensavam que seria Boris Johnson o seu principal opositor, eis que chega o ministro da Justiça para trocar as voltas.

A ministra do Interior do Reino Unido, Theresa May, anunciou a sua candidatura à sucessão do primeiro-ministro britânico, numa carta publicada pelo Times.

David Cameron anunciou a sua demissão, com efeitos a partir de outubro, depois dos eleitores britânicos terem decidido num referendo que o Reino Unido deve sair da União Europeia.

Tal como o líder conservador, também a ministra apoiava a permanência no bloco europeu, mas teve uma postura discreta e um papel conciliador na campanha, tendo sido apontada como uma candidata consensual.

“Após o referendo da semana passada, o nosso país precisa de uma liderança forte e reconhecida para nos orientar neste período de incerteza económica e política e para negociar os melhores termos possíveis a saída da União Europeia”, escreveu.

A ministra também anunciou o desejo de lançar “um programa radical de reformas sociais” para “fazer do Reino Unido um país ao serviço de todos”.

A sua postura de consenso levou o Sunday Times a apresentá-la como “a única figura capaz de unir as fações rivais do partido” conservador.

No entanto, a governante não está sozinha na corrida. O ministro da Justiça Michael Gove também já anunciou que vai avançar para a liderança do Partido Conservador e para suceder a Cameron no posto de primeiro-ministro.

Gove foi uma das principais figuras na campanha a favor do Brexit e, segundo a BBC, era esperado que apoiasse a candidatura de Boris Johnson.

“Eu repetidamente disse que não queria ser primeiro-ministro. Mas os acontecimentos da passada quinta-feira pesaram muito na minha consciência“, afirmou.

“Respeito e admiro todos os candidatos que estão a concorrer à liderança. Em particular, queria ajudar a construir uma equipa que apoiasse Boris Johnson para que um político que defendesse a saída da UE pudesse levar-nos a um futuro melhor”.

No entanto, Gove, que também já foi ministro da Educação, concluiu que “Boris não consegue trazer a liderança necessária ou construir uma equipa para a missão que temos à nossa frente”.

Boris Johnson não é candidato

O principal rosto da campanha pela saída do Reino Unido da União Europeia anunciou que não é candidato à sucessão do primeiro-ministro, na liderança do Partido Conservador.

Enumerando as tarefas que o próximo primeiro-ministro deve realizar, Boris Johnson afirmou: “Concluí que essa pessoa não posso ser eu”.

O ex-presidente da câmara de Londres falava à imprensa em Londres minutos antes de terminar o prazo para a apresentação de candidaturas à liderança dos ‘Tories’.

Além dos dois anteriores candidatos, apresentaram-se ainda o ministro do Trabalho e Pensões, Stephen Crabb, e o antigo ministro da Defesa, Liam Fox.

Uma vez encerradas as candidaturas, os deputados terão três semanas para escolher dois finalistas que serão alvo da votação dos 150 mil membros do partido durante o verão.

O nome do novo chefe do Governo será anunciado a 9 de setembro.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

Trump recebe Erdogan na Casa Branca para primeiro encontro após ofensiva na Síria

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, recebe esta quarta-feira na Casa Branca o seu homólogo turco, Recep Tayyip Erdogan, naquele que é o primeiro encontro após a ofensiva turca lançada a 9 de outubro …

O mistério daquilo que torna uma piada engraçada (mas só para algumas pessoas)

https://vimeo.com/372607767 Aquilo que torna uma piada engraçada poderá depender do contexto social e temporal. Cientistas ainda tentam perceber até que ponto o nosso cérebro pode ter influência neste processo. Acha engraçada esta piada da Suméria de 1900 …

Elon Musk explica como construir uma cidade sustentável em Marte

O CEO da Space X, o multimilionário Elon Musk, revelou na rede social Twitter detalhes sobre os planos da empresa para estabelecer um assentamento em Marte que seja sustentável para os seres humanos. No entender de …

Físicos já conseguem espreitar o gato de Schrödinger sem o matar

Pode haver uma forma de espreitar o gato de Schrödinger - a famosa experiência mental baseada em felinos que descreve o comportamento misterioso das partículas subatómicas - sem matar permanentemente o animal hipotético. O gato de …

Acesso à Internet deve ser considerado direito humano básico

Uma nova investigação, levada a cabo pela Universidade de Birmingham, no Reino Unido, concluiu que acesso à Internet deve ser um direito humano básico, pois significa a capacidade participar na vida pública. Merten Reglitz, professor de …

Fórmula 1 quer atingir emissões zero de CO2 até 2030

A Fórmula 1 pretende reduzir a zero as emissões de CO2 até 2030, com base num plano que pretende “pôr em marcha de imediato”, anunciou esta terça-feira a Federação Internacional do Automóvel (FIA). O plano divulgado …

A Tesla vai lançar a sua misteriosa pickup “cyberpunk” elétrica ainda este mês

A nova Tesla Cybetruck já tem data de lançamento após um longo tempo de espera. O fundador da empresa, Elon Musk, anunciou que a carrinha "pickup" será revelada no dia 21 de novembro. O anúncio foi …

Asteróide "potencialmente perigoso" aproxima-se da Terra esta quarta-feira

Um asteróide com 147 metros de diâmetro, caracterizado pela NASA como "potencialmente perigoso" vai aproximar-se da Terra esta quarta-feira. Em causa está o corpo rochoso UN12 2019, explica a agência espacial norte-americana, dando conta que o …

Encontrado submarino da II Guerra Mundial que esteve perdido durante 75 anos (devido a um erro de tradução)

Uma equipa de exploradores oceânicos privada encontrou na costa do Japão um submarino do exército norte-americano do tempo da II Guerra Mundial, que estava desaparecido há 75 anos por causa de um erro num dígito …

Uma casa esteve a afundar-se no Tamisa para alertar para a subida do nível dos oceanos

No passado domingo, quem passou junto ao rio Tamisa, em Londres, não deverá ter ficado indiferente à típica casa dos subúrbios ingleses que se afundava perto da Tower Bridge. Felizmente, de acordo com a agência Reuters, …