Uma tese de doutoramento levou Marcelo à capa do El País

José Sena Goulão / Lusa

A tese de doutoramento sobre Marcelo Rebelo de Sousa é de autoria de uma professora universitária e jornalista da RTP. O tema já chegou ao jornal espanhol El País.

O jornal percorre as provas de popularidade de Marcelo Rebelo de Sousa. Fala nos abraços que dá aos portugueses com que se vai cruzando nas viagens que vai fazendo pelo país, no contacto com sem-abrigo, no facto de ter deixado cair a ligação partidária e também na sua presença na política portuguesa e nos problemas que as suas declarações vão trazendo ao Governo.

O artigo é escrito devido à existência da tese de doutoramento da autoria da jornalista da RTP, Sandra Sá Couto, que é também professora na Faculdade de Letras da Universidade do Porto.

“O Presidente-Celebridade” dá nome à tese. “A minha primeira dificuldade foi justamente perceber se havia de categorizar Marcelo Rebelo de Sousa como político celebridade ou como celebridade política, e até ao final a dúvida manteve-se”, disse Sandra Sá Couto.

Ao jornal da instituição, o JPN, a académica contou, em entrevista, que há algo de novo em Marcelo Rebelo de Sousa – desde logo por ser chamado pelo primeiro nome: “Marcelo é alguém que se senta no passeio com um sem-abrigo a comer pão, mas é alguém a quem o povo português reconhece saber e credibilidade para governar”.

Sandra Sá Couto explicou que, ao tentar perceber quais as razões do encanto pelo Chefe de Estado, concluiu que se justifica não só com o impacto que gerou nos media, mas também com o “desencanto das pessoas com os partidos políticos tradicionais”.

“Afastar os políticos não é, apesar de tudo, fazer campanha contra eles. Marcelo Rebelo de Sousa não critica a classe política, simplesmente considera que a sua mensagem – enquanto candidato – é mais eficaz se não estiver formatada e comprometida com os partidos que o apoiam. Além de que é, também, naturalmente uma tentativa de chegar a eleitores que não são da sua área política”, disse a professora ao Observador.

Mas essa figura distinta do restante cenário político não limita à sua autoridade, comprova o El País. No artigo, é relatada uma cena que envolve Marcelo Rebelo de Sousa. Costuma jantar com os correspondentes estrangeiros em Portugal.

“No primeiro jantar, depois de quatro horas de conversa, um dos jornalistas começou a bater repetidamente com a colher na taça do café”, escreve o jornal. A mensagem foi percebida e a reunião acabou. No jantar seguinte, a associação dos jornalistas recebeu uma nota da presidência com uma sugestão: “que a colher não aparecesse no jantar”.

Marcelo Rebelo de Sousa foi eleito presidente da República em janeiro de 2016 com 52% dos votos. O mandato presidencial termina em 2021, mas o atual Presidente já admitiu que se poderá recandidatar.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Sandrinha a menina “doutoranda” por favor defenda a tese depressa. Caso contrário correrá o risco de se encontrar desactualizada (excepto nas premissas do estado da arte, se o júri não for exclusivamente composto por docentes compinchas
    Manuel

RESPONDER

Pessoas que enfrentam bem a manhã são mais saudáveis (e trabalham melhor)

Vários estudos têm demonstrado que algumas pessoas enfrentam as manhãs de forma naturalmente melhor, o que faz com que tenham um conjunto de diferenças cerebrais que as tornam mais felizes quando acordam. Por outro lado, as …

Cavalos, elefantes e peixes. Circo alemão substitui animais por hologramas gigantes

Após muitas críticas e polémicas à volta do uso de animais em circos, o Circo Roncalli decidiu substituí-los por hologramas, tornando-se o pioneiro nesta abordagem futurista. Os circos têm uma história polémica devido ao facto de …

FC Porto 2-3 SC Braga | Vitória no Dragão leva Braga à final da Taça

O Sporting de Braga venceu hoje o FC Porto por 3-2, em jogo da segunda mão da meia-final da Taça da Portugal de futebol, e garantiu um lugar na final da competição. Depois do empate (1-1) …

Mona Lisa: a cadeira escondida que transforma o significado da obra de Da Vinci

O quadro da autoria de Leonardo Da Vinci é a obra de arte mais famosa do mundo. Contudo, há um detalhe que tem passado despercebido: a cadeira onde a misteriosa mulher está sentada. Escondida, mas …

"Projeto Xueliang". O plano chinês para fiscalizar 100% do espaço público

O "Projeto Xueliang" da China tem como objetivo fiscalizar a totalidade do espaço público, transformando vizinhos em agentes de vigilância do Estado. Em 2016, o município de Pingyi, localizado sete horas a norte de Shangai, tinha …

Há quem tome medicamento para cavalos para tratar covid-19, podendo envenenar-se acidentalmente

A pandemia de covid-19 gerou uma série de desinformações, algumas levando as pessoas a tomar medicamentos não prescritos para tratamento da doença, colocando em risco a sua saúde. Quando a cloroquina, medicamento para tratar a malária, …

Parece o "Batmóvel", é movido a energia solar e pode ser produzido em massa

A Aptera Motors está a preparar-se para lançar o primeiro automóvel movido a energia solar a ser produzido em massa até ao final do ano. A Aptera Motors, uma empresa norte-americana, apresentou recentemente o primeiro carro …

George Floyd. Minneapolis ia contratar influencers para combater desinformação durante julgamento de Derek Chauvin

A cidade de Minneapolis, nos Estados Unidos, planeava contratar seis influencers para ajudar a partilhar informações durante o julgamento de Derek Chauvin, o ex-polícia acusado de assassinar George Floyd. De acordo com a CNN, o plano …

Imagens revelam que a Coreia do Norte oculta local onde armazena armas nucleares. EUA planeiam agir

As imagens de satélite mostram que a Coreia do Norte tomou medidas para ocultar uma instalação, que as agências de inteligência dos EUA acreditam estar a ser usada para armazenar armas nucleares. A situação fez …

Antigo primeiro-ministro italiano Matteo Renzi recebeu envelope com duas balas

O antigo chefe do governo italiano Matteo Renzi recebeu, esta quarta-feira, um envelope com duas balas no interior, uma ameaça imediatamente denunciada por toda a classe política. O envelope foi entregue diretamente na sede do Senado, …