Tribunal Europeu dos Direitos Humanos exige libertação imediata de Navalny

Yuri Kochetkov / EPA

O líder da oposição russa, Alexei Navalny

O Tribunal Europeu dos Direitos Humanos (TEDH) ordenou “com efeito imediato” a libertação do opositor russo, ao argumentar riscos para a sua vida, segundo uma decisão publicada, esta quarta-feira, no site do crítico do Kremlin.

O texto indica que o Tribunal pede à Rússia “a libertação do requerente”, esta medida se aplica “com efeito imediato” e considera que o não cumprimento desta decisão implica uma quebra na convenção europeia de direitos humanos.

Na deliberação de hoje, o TEDH, o braço judicial do Conselho da Europa, recorreu ao regulamento 39 do seu código ao citar a “existência de risco para a vida do requerente”.

O ministério da Justiça russo avisou, através de uma declaração divulgada pela agência noticiosa TASS, que a exigência do tribunal europeu representa uma “rude interferência no sistema judicial” da Rússia e “atravessou uma linha vermelha”.

O comunicado enfatiza ainda que “o TEDH não pode substituir-se a um tribunal nacional, nem anular o seu veredicto”.

Os países ocidentais, em particular os Estados Unidos e a União Europeia, têm apelado à libertação de Alexei Navalny – detido desde o seu regresso à Rússia a 17 de janeiro – e condenaram a repressão das manifestações nos últimos tempos (a polícia deteve mais de 10 mil pessoas).

A Rússia tem rejeitado as acusações sobre o envolvimento do Kremlin no envenenamento do opositor do Kremlin com um agente neurotóxico e considera as críticas ocidentais como uma ingerência nos seus assuntos internos.

A 2 de fevereiro, a justiça russa condenou Navalny, de 44 anos, a uma pena de três anos e meio de prisão ao tornar efetiva uma sentença suspensa em 2014 por violação da liberdade condicional.

O russo justificou a sua ausência com o facto de estar a recuperar do envenenamento de que foi alvo na Alemanha. Na altura, o TEDH também considerou este julgamento arbitrário e injusto.

A sentença acabaria por impor que fossem descontados os dez meses em que Navanly esteve em prisão domiciliária, devendo assim cumprir dois anos e oito meses.

No entanto, o opositor de Vladimir Putin ainda enfrenta outros processos judiciais. Além de ser acusado de disseminar informações “falsas” e “abusivas” sobre um veterano da II Guerra Mundial, noutro caso Navanly está a ser acusado de fraude e corrupção.

Na semana passada, 81 eurodeputados pediram a demissão do Alto Representante da União Europeia para os Negócios Estrangeiros, Josep Borrell, depois da sua visita a Moscovo, que qualificam de “humilhante”.

Os eurodeputados consideram que a incapacidade de Borrell em defender os interesses e os valores europeus durante a visita causaram danos graves à reputação da UE e à dignidade do cargo.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

O "fantasma" de Sócrates pairou no aniversário do PS, mas ninguém o mencionou

O secretário-geral do PS, António Costa, homenageou esta segunda-feira, dia do 48.º aniversário do partido, os primeiros 115 autarcas socialistas eleitos em 1976 e afirmou que os militantes do partido são mais importantes do que …

"Sem paralelo em qualquer outra experiência externa". Marcelo elogia reuniões no Infarmed

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, considera que as reuniões do Infarmed, que juntam especialistas, líderes políticos e parceiros sociais, são realizadas “num quadro político e institucional sem paralelo em qualquer outra experiência …

Fotografia da NASA demonstra Teoria da Relatividade Geral de Einstein

O aglomerado Abell 2813 tem tanta massa que atua como uma lente gravitacional, fazendo com que a luz de galáxias distantes se curve à sua volta. A lente gravitacional acontece quando a massa de um objeto …

Astrónomos descobrem uma super-Terra perto de uma estrela gelada

Uma equipa de investigadores descobriu uma super-Terra a orbitar GJ 740, uma estrela anã fria localizada a cerca de 36 anos-luz do nosso planeta. Nos últimos anos, os cientistas têm levado a cabo uma busca exaustiva …

Já pode "adotar" um pedaço de Notre-Dame para ajudar na sua reconstrução

Uma organização está a dar a oportunidade de o público ajudar na reconstrução de artefactos específicos da catedral de Notre-Dame, em França, que foi parcialmente destruída por um incêndio em 2019. De acordo com a cadeia …

Proporção divina identificada na gerbera

Descobrir como se formam os padrões distintos e omnipresentes das cabeças das flores tem intrigado os cientistas há séculos. Quando se pede a alguém que desenhe um girassol, quase todas as pessoas desenham um grande círculo …

Audi apresenta o novo Q4 e-tron que traz uma autonomia até 520 km

Ainda antes do verão, a Audi vai colocar no mercado o seu primeiro SUV elétrico concebido de raiz e não adaptado a partir de uma plataforma concebida para motores a combustão. O Q4 e-tron destaca-se pela …

Vanuatu em alerta depois de um corpo com covid-19 ter dado à costa

Vanuatu proibiu viagens de e para a sua principal ilha três dias depois de ter dado à costa um corpo de um pescador filipino, que testou positivo à covid-19. De acordo com a Radio New Zealand, …

Cientistas russos querem criar a primeira vacina comestível contra a covid-19

O Instituto de Medicina Experimental de São Petersburgo, na Rússia, anunciou o seu plano de concluir dentro de um ano os testes pré-clínicos da primeira vacina comestível do mundo contra o novo coronavírus. Em entrevista à …

Em plena crise política, o país mais pobre das Américas ainda não recebeu nenhuma vacina

Numa altura em que a maior parte dos países já têm o processo de vacinação a decorrer, o governo do Haiti ainda não garantiu uma única dose da vacina contra o coronavírus. O país mais pobre …