TdC alerta: Centeno volta a falhar prazo (e está a atrasar lei de transparência das contas públicas)

Nuno Fox / Lusa

O ministro das Finanças, Mário Centeno

O Tribunal de Contas volta a alertar para atrasos e ausência de progressos na implementação da nova Lei de Enquadramento Orçamental (LEO) e concluiu que não será possível aplicar o diploma no Orçamento do Estado para 2021, como previsto.

“A ausência de progressos significativos na implementação da LEO e as incertezas quanto à orientação da reforma, em particular ao nível de projetos estruturantes, impedem a aplicação prevista da LEO ao orçamento e conta de 2021″, conclui o tribunal no relatório intercalar VII sobre a auditoria à implementação da LEO.

De acordo com a Renascença, a LEO foi aprovada na Assembleia da República, em setembro de 2015, ainda em exercício do Governo de coligação PSD-CDS, liderado por Pedro Passos Coelho, e antes da chegada da “geringonça”, tendo como objetivo uma maior transparência e a responsabilização na gestão dos dinheiros públicos. Entrou parcialmente em vigor e estava prevista a sua plena aplicação para o exercício orçamental de 2021.

No relatório publicado esta sexta-feira, a instituição presidida por Vítor Caldeira afirma que “o modelo de governação da Unidade de Implementação da LEO – estrutura conceptualmente adequada para levar a cabo uma reforma complexa – não foi operacionalizado nas suas dimensões fundamentais de liderança, coordenação e monitorização”.

A gestão do Plano de Implementação da LEO “não tem permitido cumprir os calendários” e, dos 21 projetos previstos, apenas dois foram concluídos, “muito embora todos tenham datas de conclusão previstas até ao final de 2020“, salienta o Tribunal de Contas.

Em causa estão, nomeadamente, a aprovação de diplomas complementares à LEO e ao Sistema de Normalização Contabilística das Administrações Públicas (SNC AP). “Há um modelo conceptual para a implementação da ECE [Entidade Contabilística do Estado], mas não existe um plano operacional”, afirma a instituição.

Quanto à gestão da tesouraria pública, acrescenta o tribunal, apesar de a fatura eletrónica ser de aplicação obrigatória, “continuam por definir etapas fundamentais do modelo de gestão como a revisão do regime da administração financeira do Estado”.

O Tribunal de Contas recomenda ao ministro das Finanças, Mário Centeno, “a concretização das responsabilidades pela liderança da reforma das finanças públicas, tal como preconizada na LEO 2015, ao nível das suas várias componentes de execução técnica e de gestão de projetos”.

A reformulação do Plano de implementação da LEO, com prioridade à implementação da ECE e ao processo de revisão do quadro legal é outra das recomendações da instituição de Vítor Caldeira ao Governo.

O Tribunal de Contas quer ainda “a identificação dos responsáveis pela liderança dos processos nos diversos níveis da tomada de decisões” bem como a disponibilização de meios à UniLEO, nomeadamente meios humanos.

Outras das recomendações passam pelo estabelecimento de mecanismos de monitorização e controlo do Plano de implementação da LEO e pela elaboração de um plano de implementação da ECE.

No exercício do contraditório, o gabinete do ministro das Finanças responde ao tribunal que “prevê-se finalizar até ao final do 1.º trimestre de 2020 um planeamento de tarefas quanto à implementação da nova LEO”, nomeadamente a implementação da ECE.

O Tribunal de Contas tem realizado auditorias de acompanhamento ao processo de reforma das finanças públicas, com o objetivo de verificar como foram tratados os riscos para a implementação da LEO e os desenvolvimentos ocorridos desde setembro de 2018.

A auditoria agora divulgada teve por base informação, relativa até agosto de 2019 recolhida através de reuniões e questionários, solicitada às entidades envolvidas no processo.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Então não vêm que o homem está a ficar pensativo e certamente a procurar encontrar a melhor solução? Só desejo que não seja com nova troika.

  2. Depois de enganar “quase” todo o país, este nosso heroi está a ver para onde vai fugir porque até à data ninguém lhe deu emprego, pelo menos, de acordo com as expectativas do próprio.

RESPONDER

CIA revela online milhares de documentos confidenciais sobre OVNIs

A Agência Central de Inteligência (CIA) revelou online milhares de documentos relacionados com avistamentos de Objetos Voadores Não-Identificados (OVNIs).  A CIA (Agência Central de Inteligência dos Estados Unidos) revelou, esta semana, milhares de documentos secretos online, …

"Burocracia enlouquecida" do pós-Brexit está a "matar" empresas escocesas que exportam marisco para a UE

Desde que a Grã-Bretanha concluiu o processo de negociação do Brexit, a vida dos exportadores britânicos mudou de forma drástica. Apesar de ter havido um acordo comercial com a União Europeia, há várias empresas a …

Manifestantes que invadiram o Capitólio terão recebido uma transferência em bitcoins em dezembro

A Chainalysis, uma empresa de dados de criptomoedas, informou recentemente que grupos e personalidades envolvidos na invasão do Capitólio, nos Estados Unidos, receberam mais de 500 mil dólares em bitcoins de um doador francês, no …

Programador esqueceu-se da password para recuperar 236 milhões de dólares em bitcoin. Já só lhe restam duas tentativas

Um programador alemão que vive em São Francisco, nos Estados Unidos, não se recorda da sua password do disco que lhe dará acesso à sua carteira digital, onde tem 7.002 bitcoins, que valem, segundo a …

PGR abre inquérito ao caso do procurador europeu José Guerra

O Ministério Público instaurou um inquérito ao caso da nomeação do procurador europeu no seguimento da participação criminal apresentada pela Ordem dos Advogados e de uma denúncia anónima. "Na sequência de denúncia apresentada pela Ordem dos …

Donald Trump diz que "reconstruir o Exército foi uma honra"

O Presidente cessante dos Estados Unidos enviou, esta quinta-feira, uma mensagem às tropas norte-americanas, dizendo que "reconstruir o Exército foi uma honra", destacando o investimento da sua administração no Pentágono. "Foi uma honra reconstruir o nosso …

Julgamentos de Tancos e do homicídio no SEF suspensos após caso de covid-19

As próximas sessões do julgamento de Tancos e do homicídio do cidadão ucraniano nas instalações do SEF foram suspensas depois de o advogado Ricardo Sá Fernandes, que representa arguidos nos dois casos, ter testado positivo …

"Uma tragédia anunciada". Manaus não tem oxigénio para tratar doentes

Manaus, capital do estado do Amazonas, no Brasil, está a atravessar uma situação caótica devido ao aumento de casos covid-19 e à falta de oxigénio dos hospitais. Imagens que circulam nas redes sociais mostram as próprias famílias …

Wayne Rooney termina carreira de jogador para treinar Derby a tempo inteiro

O antigo internacional inglês terminou a carreira de futebolista, aos 35 anos, para assumir o cargo de treinador do Derby County, anunciou, esta sexta-feira, o clube da segunda divisão inglesa. Wayne Rooney, que assinou contrato até …

Populistas europeus que o apoiavam desvinculam-se agora de Trump

A derrota eleitoral de Donald Trump, a sua recusa em aceitá-la e a violência que se seguiu parecem ter prejudicado as perspetivas de líderes de europeus populistas, apoiantes do Presidente dos Estados Unidos (EUA). "O que …