Taxistas em protesto aguardam debate na AR para tomarem decisões

José Coelho / Lusa

Os taxistas que se vão manifestar esta quarta-feira frente ao Parlamento, em Lisboa, aguardam as propostas dos partidos para tomarem decisões, afirma o presidente da Federação Portuguesa do Táxi, Carlos Ramos.

“Se os partidos políticos tiverem propostas a fazer estaremos disponíveis para avaliar e tomar, no momento, uma posição. Não vale a pena estarmos a precipitar decisões. Se as propostas que forem comunicadas ao sector — e não estamos à espera de posições totalmente favoráveis — mas se forem equilibradas tomaremos posições sobre o futuro”, afirmou à agência Lusa Carlos Ramos.

O dirigente da associação disse ainda que os taxistas têm expectativas sobre a “apresentação de propostas” parlamentares por parte do PSD, BE e Verdes.

“Quanto ao PS não sabemos nada. Vamos ficar à porta à espera do que os partidos venham a fazer”, sublinhou.

Os taxistas cumprem hoje o 8.º dia de protestos contra a lei que regulamenta as plataformas electrónicas de transporte. Marcaram uma manifestação à porta da Assembleia da República, onde estará o primeiro-ministro — é dia de debate quinzenal.

Os protestos desta quarta-feira realizam-se também no Porto, na Avenida dos Aliados, e em Faro, na Estrada Nacional 125, junto ao aeroporto, à semelhança dos últimos sete dias. Carlos Ramos acrescentou que espera a presença de entre “500 a 700 manifestantes” na concentração frente à Assembleia da República.

Em Lisboa, os taxistas vão deslocar-se “numa marcha, a pé” a partir da Praça dos Restauradores, a partir das 13h30, até ao Parlamento, onde se vão concentrar pelas 15h.

As associações representativas do sector do táxi reuniram-se na segunda-feira com um assessor do primeiro-ministro para a área económica, mas consideraram que o encontro foi “uma manobra de diversão“, já que não resultou “em nada”.

Os taxistas estão em protesto desde dia 19, com concentrações em Lisboa, Porto e Faro, contra a entrada em vigor, em 1 de Novembro, da lei que regula as quatro plataformas que operam em Portugal – Uber, Taxify, Cabify e, desde este mês, Chauffeur Privé.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Catalunha. Supremo Tribunal espanhol confirma inabilitação de Quim Torra

O Supremo Tribunal espanhol confirmou esta segunda-feira a inabilitação por um ano e meio do presidente do governo regional da Catalunha, Quim Torra, por desobediência à junta eleitoral central. O acórdão, aprovado por unanimidade, obriga Torra …

Já há mais 6.829 mortes do que em 2019, mas covid-19 só fez 2 mil. Óbitos em casa subiram 18%

Desde o início da pandemia, há registo de um aumento de 18% de óbitos que ocorrem em casa e as mortes em investigação subiram 24%. Nos hospitais há uma subida de 5,6% na taxa de …

PCP diz que pandemia é usada como pretexto para intensificar exploração dos trabalhadores

O secretário-geral do PCP consideraque a pandemia de covid-19 está a ser utilizada como pretexto para se tentar fazer regredir décadas em conquistas de direitos, através do que apelidou de "teorias do 'novo normal'". Jerónimo de …

Morreu o bailarino e coreógrafo Jorge Salavisa

O bailarino e coreógrafo Jorge Salavisa, que dirigiu o Ballet Gulbenkian e a Companhia Nacional de Bailado (CNB), morreu esta segunda-feira, aos 81 anos, confirmou à agência Lusa fonte oficial da CNB. A notícia da morte …

Suíça chumbou restrições à entrada de estrangeiros proposta por nacionalistas

Os suíços votaram em referendo, este domingo, contra a imposição de restrições à imigração para cidadãos da União Europeia. Os eleitores rejeitaram por 61,7% a iniciativa popular lançada pela direita populista do SVP, maior partido do …

Portugal com 425 novas infeções e 4 óbitos. Há mais 24 pessoas internadas

Portugal contabiliza esta segunda-feira mais quatro mortos relacionados com a covid-19 e 425 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Desde o início da pandemia, Portugal …

Biden critica escolha de Amy Coney Barrett para o Supremo (e acusa Trump de querer eliminar Obamacare)

O candidato democrata à Casa Branca, Joe Biden, acusou hoje o Presidente Donald Trump de querer colocar no Supremo Tribunal dos Estados Unidos uma juíza conservadora para poder eliminar o seguro de saúde Obamacare em …

Ventura ataca Costa: é um "tipo desagradável" com "ar de pai Natal indiano"

Este sábado, em Coimbra, num comício como candidato presidencial, o líder do Chega dedicou várias críticas ao primeiro-ministro, António Costa. André Ventura chegou a Coimbra, pisou o púlpito e, munido de um microfone, criticou duramente o …

Se OE não for aprovado à esquerda, será a "certidão de óbito" do Governo (e o país "vai bater palmas" a Rio)

No seu habitual espaço de comentário na SIC este domingo, Luís Marques Mendes disse acreditar que o Orçamento de Estado para 2021 será aprovado mas, se não for aprovado à esquerda, será a "certidão de …

"Não estamos a salvar o Governo, mas o país". Ana Catarina Mendes pressiona esquerda para aprovar OE2021

A líder parlamentar do Partido Socialista (PS), Ana Catarina Mendes, disse, em entrevista à TSF, que o Orçamento de Estado para 2021 (OE2021) traduz uma "agenda progressista e de esquerda" e que não há razões para …