Taxista terá levado luvas para o ‘Príncipe’ ao director da campanha de Passos Coelho

PSD / Flickr

O presidente do PSD, Pedro Passos Coelho

Há novos dados sobre as alegadas luvas pagas pela Odebrecht ao ‘Príncipe’, nome de código de uma pessoa que ainda não foi identificada no âmbito das investigações do caso EDP. Os últimos subornos terão sido feitos através de um taxista que terá levado o dinheiro ao director de campanha de Passos Coelho, em 2015.

Estes dados constam de documentos das autoridades brasileiras, numa resposta enviada a uma carta rogatória da Justiça Portuguesa no âmbito do caso EDP.

O Correio da Manhã (CM) teve acesso a esses documentos que apontam que foi um taxista de São Paulo que levou o dinheiro com os últimos pagamentos que foram feitos ao ‘Príncipe’, referentes a alegadas luvas da Odebrecht.

O taxista terá recebido cerca de 880 mil euros em dinheiro que terá entregue ao publicitário brasileiro André Gustavo Vieira da Silva que foi director de campanha de Passos Coelho, em 2015.

“Os valores teriam sido entregues em espécie/efectivo no Edifício Flat Option Paraíso, ap. 43, localizado na rua Sampaio Viana, 180, Paraíso, São Paulo, a um taxista que agia como proposto do publicitário brasileiro André Gustavo Vieira da Silva, que na época dos pagamentos prestava serviços de marketing político na campanha para primeiro-ministro de Portugal em 2015″, apontam as autoridades brasileiras, como cita o CM.

As suspeitas de que o dinheiro se destinava a financiar a campanha de Passos Coelho estão já a ser investigadas no caso EDP.

O taxista terá recebido seis encomendas com os últimos pagamentos das alegadas luvas que se destinariam ao ‘Príncipe’ entre Março e Abril de 2015.

Os subornos terão surgido no âmbito da adjudicação da barragem do Baixo Sabor que foi atribuída pela EDP ao consórcio Odebrecht/Grupo Lena em Junho de 2008.

Naquela altura, Manuel Pinho era o ministro da Economia e António Mexia presidia à EDP, sendo que os dois homens são arguidos na investigação judicial em torno de negócios da eléctrica nacional, designadamente por suspeitas de corrupção no caso daquela barragem.

O taxista foi investigado na operação Lava Jato, no Brasil, e “confirmou que recebeu encomendas, a pedido de André Gustavo Vieira da Silva, e que para receber tais encomendas teve de dizer as senhas previamente combinadas com o SOE-Odebrecht”, notam ainda as autoridades brasileiras.

O director da campanha de Passos Coelho em 2015 também foi investigado na Lava Jato e acabou por ser condenado por corrupção, após ter confirmado que recebeu os pagamentos da Odebrecht através do taxista, mas garantindo sempre que os serviços prestados ao PSD foram “legais” e “correctos”.

Apesar disso, as autoridades brasileiras mantêm as suspeitas na documentação enviada para Portugal, frisando que a empresa do publicitário, “a Arcos Propaganda, recebeu um total de 868.943 euros por serviços prestados no mesmo período e em valor semelhante ao das alegadas luvas de cerca de 880 mil euros que terão sido pagas ao ‘Príncipe’“, como cita o CM.

Os dados apurados na Lava Jato apontam que o publicitário “terá recebido da Odebrecht três milhões de reais (cerca de 880 mil euros ao câmbio da época) destinados ao ‘Príncipe’”, como nota ainda o mesmo jornal, concluindo que as autoridades brasileiras reforçam as suspeitas de “o dinheiro terá sido destinado ao financiamento da campanha eleitoral de Passos Coelho em 2015”.

ZAP //

PARTILHAR

47 COMENTÁRIOS

  1. Isto é que é uma verdadeira rede: ele é o lava-jato, o grupo Lena, a odebrecht ,que pagou 880 mil euros só em luvas,( o que faria se fosse o fato completo!) todos metidos não no mesmo saco mas, neste caso, no mesmo taxi! E ainda por cima mete realeza!! Será que o príncipe também viajava de taxi ?!! Mas que grande mixórdia! E a campanha foi exageradamente cara se lhe pusermos em cima os “abonos” que o estado dá!?

  2. Não sei para que estão a investigar esta gente faz parte dos casos para arquivar quando não são roubadas as provas, e agora os senhores procuradores já arranjaram outra forma é não aceitam provas porque está caducado.

  3. O Costa esta com medo com o possível retorno do Passos.
    La vai o tempo que entrava sacos de dinheiro na sede do PS e nunca foi feita nenhuma investigação.

      • Boa! Nada como mudar de tema quando não se tem nada para dizer.
        E eu a achar que tinha alguma informação para divulgar acerca da relação do Passos Coelho com a adjudicação da barragem do Sabor ao consórcio Odebrecht/Grupo Lena em Junho de 2008!
        É que tendo sido essa adjudicação em 2008 não consigo perceber a ligação, e a notícia também não foi muito clara neste aspecto, assim como o seu vídeo…

        • Quem desviou de assunto, em meu entender, foi o Sr e não eu. Em lado nenhum da notícia fala em Sócrates ( não que eu o queira defender, cruzes canhoto!), mas é só para repor a verdade dos factos. A notícia fala em ” adjudicação da barragem do baixo Sabor”, pelo que é, a meu ver, abusivo aludir ao Sócrates, tanto mais que muitas outras pessoas estiveram envolvidas e, essas sim, são referidas na notícia.
          Mas, ao contrário, a notícia fala em Passos Coelho. Passo a citar: “…As suspeitas de que o dinheiro se destinava a financiar a campanha de Passos Coelho estão já a ser investigadas no caso EDP.” E, ainda: “concluindo que as autoridades brasileiras reforçam as suspeitas de “o dinheiro terá sido destinado ao financiamento da campanha eleitoral de Passos Coelho em 2015”.
          E, eu não estou a dizer que o Passos Coelho tem algo a ver com isto ou não! Mas, contrariamente ao que o Sr afirmou, quem mudou de tema foi o Sr que trouxe o Sócrates à colação, quando ele nem é citado na notícia. Extrapolou para ele sem que a notícia sequer lho permitisse.
          Mas, como partilhou um link onde ele aparece, eu considero que tenho mais legitimidade para partilhar a notícia que partilhei, onde um antigo primeiro-ministro esteve envolvido em fugas ao pagamento à SS. Isto é factual, não são opiniões.
          Portanto, meu caro, faço minhas as suas palavras: “Nada como mudar de tema quando não se tem nada para dizer.”

  4. Claro. Quando a imagem de PC começa a surgir no horizonte, há que criar notícias, na vendida comunicação social para tentar travar uma possível aproximação. E quem tem medo dela ? Os corruptos que comandam o “país” !

  5. Não fosse o Guterres e a seguir o Sócrates e o Passos nunca teria chegado ao poder. O Passos foi promovido pelo PS tal como está a ser promovido o André Ventura. Foi assim no passado de que nos lembramos e foi assim na promoção da ditadura em 1926.

      • Contráriamente ao que se diz, o Sócrates nunca esteve no PSD e eu sei bem o que estou a dizer! Ele, Zé, diz que sim mas até nisso é trapalhão. A primeira participação do Zé foi no PS, partido onde estavam (e ainda estão) quase todos os corruptos e criminosos organizados do país. Foi o PS que lhe arranjou a colocação no GAT da Covilhã e onde fez o post-graduação na área da maçonaria, máfia e roubalheira. Logo que concluiu o post-graduação foi promovido a secretário de estado e a partir daí já não parou até chegar a PM pelos ofícios do Sampalhaço!

        • Amândio, Amândio… lá estás tu a bater contra a realidade!…
          Ninguém disse que o Sócrates esteve no PSD; ele foi membro fundador da JSD!!
          Olha que dois:
          “Militância de Sócrates na JSD prova grandeza do PSD, diz Miguel Relvas”
          RTP – 28 Setembro 2004

          • Em 1975, ainda o Relvas não era nascido na política. Em 1977 o nosso 44 era membro da associação do ISEC cargo que perdeu no ano seguinte porque a lista que liderava de coligação com a comunagem perdeu as eleições.

            • Lá estas tu a tentar desviar o assunto!…
              Não quero saber dessas tretas para nada e vou voltar a afirmar:
              O José Sócrates começou a sua carreira política na JSD!
              .
              Já agora, o Paulo Portas também começou na JSD!…

            • Lá estás tu a tentar desvendar o assunto!…
              Quero saber dessas tretas para tudo, e não voltarei a afirmar que o José Sócrates começou a sua carreira sociopolítica na JSD!
              .
              Já amanhã, o Paulo Portas começará na JSD!…

  6. Diz a notícia:
    “Os subornos terão surgido no âmbito da adjudicação da barragem do Baixo Sabor que foi atribuída pela EDP ao consórcio Odebrecht/Grupo Lena em Junho de 2008.”
    Alguém consegue explicar-me como o Passos Coelho pode estar envolvido?
    O plano das grandes barragens não foi do famoso 44?
    Em 2008 não estávamos num (des)governo liderado pelo 44?
    Não foi o 44 que adjudicou a obra da barragem do Sabor?
    O consórcio responsável pela construção não incluía o grupo Lena, onde trabalhava o “amigo” que pagava as contas todas ao 44?
    Confesso que estou confuso…

    • …´é a Justiça, de uns possíveis crimes descobrem-se outros que estavam ocultos (ou esquecidos!): do “crime” da divulgação dos e.mal’s do 5LBenfica veja os processos que originou… até juízes “dançaram”!

    • Conclusão: não sabes ler!!
      Em lado algum diz que o Passos está envolvido!
      Aliás, o próprio título da notícia refere: “…director de campanha de Passos Coelho”!
      Portanto, quando muito, o que está envolvido neste caso é a campanha eleitoral de Passos Coelho de 2015; nada refere o próprio Passos Coelho como directamente envolvido – já os seus amigos, mais uma vez, mostram ao que andavam!..

  7. Estranha esta notícia quando andam por aí centenas de casos comprovados há anos nas mãos da justiça e não têm nenhuma resolução, alguns já prescreveram e os outros vão a caminho!

  8. AGORA ATACAM O HOMEM PASSOS COELHO que nos livrou da Banca RÔTA deixada por o preso 44 Sócrates, e ainda deixam os corruptos em justiça qual os processos serão arquivados, como foi os processos dos Pedófilos etc… e assim vai Portugal.

  9. O Sòcrates era mesmo do PSD da Covilhã e só vestiu o casaco do PS, virado do avesso, quando quis introduzir-se na Câmara Municipal e ganhar os favores do presidente que era do PS! Foi lá que ele iniciou a sua grande carreira de “engenheiro” a assinar barracões clandestinos!!! Estes nossos políticos! Que venha o diabo e escolha!

  10. Comentários são comentários. Factos são factos.
    Quem lê os comentários fica com a ideia de que se está a jogar ao Ping Pong.
    Cada um defende a sua sardinha, mas eu creio que se estão a esquecer da questão central que é se ouve ou não gamanço e desvio da tal cheta. Isto é dinheiro.
    Mas a questão central representa outra coisa, como por exemplo. Se um simples Trabalhador for despedido, e por essa razão não poder dar de comer aos seus filhos e roubar meia dúzia de carcaças, será imediatamente julgado e vai bater com os costados na cadeia.
    Mas se for dono ou administrador de um banco ou de uma grande empresa, certamente a tal pessoa de bem, recorre a um grupo de advogados, e o processo enrola, enrola, enrola, até prescrever. Durante todo este tempo, vai para a praia, para o campo, continuar a gozar a boa vida, à conta do Zé Povinho. ACORDAI!!! Quando voltarem a votar, pensem, mas pensem bem???

    • E o caro amigo pense também em aprender a escrever. É puder e não poder em “…e por essa razão não poder dar de comer aos seus filhos e roubar meia dúzia de carcaças…”

RESPONDER

Escola da Amadora queria proibir minissaias, decotes e chinelos - mas já voltou atrás

Um Agrupamento na Amadora publicou um código de vestuário que acendeu um debate nas redes sociais devido às regras que controlavam mais as raparigas. Entretanto, a escola já voltou atrás na decisão. Segundo escreve o Jornal …

Governo francês vai dar 100 euros a famílias carenciadas para pagar energia

O Governo francês vai entregar um cheque de 100 euros a 5,8 milhões de famílias de menores recursos para ajudar a pagar a fatura energética. A medida anunciada pelo executivo vai ter um custo de 580 …

Incidência e R(t) recuam em dia com mais 1.023 infetados e sete mortes

Portugal registou, esta sexta-feira, 1.023 novos casos e sete mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, Portugal …

Apoiantes de Navalny acusam Google e Apple de "censura" política

Os apoiantes de Alexei Navalny acusaram hoje as empresas Google e Apple de terem suprimido o apelo ao voto "útil" proposto pelo oposicionista através das respetivas plataformas, denunciando "censura" num processo eleitoral em que a …

Presidente da República argentino cancela viagens para impedir que vice assuma Governo

Cristina Kirchner é parceira maioritária na coligação de Governo e exige, entre outras mudanças, a substituição de ários ministros, secretários e presidentes de organismos públicos. Recentemente, tem mostrado em público o seu descontentamento face à …

"Bazuca" europeia não resolve problema da falta de habitação

De acordo com vários especialistas, as 26 mil casas identificadas como prio­ritárias pelo Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) não chegam para as necessidades do país, que podem chegar às 46 mil. A questão da aplicação …

Peça que terá sido usada no batismo de D.Maria II está à venda. Estado não a compra por ser demasiado cara

Há uma semana que está à venda uma peça que pertenceu à coroa portuguesa. Terá pertencido à família real depois do Terramoto de 1755 e, de acordo com o antiquário que agora a comercializa, terá …

"Dupla pancada". Vítimas de violência doméstica são deixadas ao abandono sem indemnização

Mais de 80% das vítimas de violência doméstica, a maioria mulheres, não recebem indemnizações, nem dos agressores nem do Estado. Se as vítimas não tiverem sofrido uma incapacidade para o trabalho por um período igual ou …

Ministério Público declara ilegal eleição de André Ventura

Ministério Público invalidou a mudança nos estatutos do Chega, incluindo a eleição direta de André Ventura. O líder do partido admite um novo congresso. No início do mês, o Ministério Público (MP) pediu ao Tribunal Constitucional …

Ministra dos Negócios Estrangeiros dos Países Baixos demite-se por causa do Afeganistão

Sigrid Kaag demitiu-se do seu cargo de ministra dos Negócios Estrangeiros dos Países Baixos, depois de o Parlamento considerar que o Governo fez uma má gestão da retirada de cidadãos do Afeganistão. A ministra dos Negócios …