De taxista a bombeiro. EHang lança drone para combater incêndios em arranha-céus

A chinesa EHang tem concentrado os seus esforços em serviços de táxi ou turismo aéreo. Agora, a empresa de mobilidade quer provar a versatilidade da sua plataforma de veículos autónomos com o lançamento de uma versão de combate a incêndios em arranha-céus.

Em maio, a empresa de mobilidade chinesa obteve aprovação da Administração de Aviação Civil da China para usar os seus táxis aéreos para logística de cargas pesadas. Agora, o drone EHang 216F AAV pode ser uma solução para uma resposta rápida a incêndios em arranha-céus.

A última variante do EHang 216 consegue transportar até 150 litros de espuma e seis extintores por viagem, num raio de 5 quilómetros da estação onde estão localizados.

Assim que chega ao local, o drone usa uma câmara com zoom de luz visível para localizar o incêndio, paira na posição adequada e usa um sistema de orientação a laser para lançar um objeto que parte as janelas. Depois, lança extintores e pulveriza as chamas com espuma.

Com uma altitude máxima de voo de 600 metros, o 216F deve ser usado em arranha-céus. De acordo com o New Atlas, o drone assume tempos de resposta significativamente curtos: além de conseguir contornar o trânsito das estradas chinesas, este veículo atinge uma velocidade máxima de 130 km/h e tem um tempo máximo de voo de 21 minutos.

Graças às suas capacidades de voo autónomas e com a ajuda de tecnologias de gestão centralizadas, uma frota de drones de combate a incêndios pode ser remotamente enviada como a primeira resposta a um incêndio num arranha-céus, desde que este se localize a até 5 quilómetros da base.

“Temos o prazer de apresentar a solução aérea de combate a incêndios EHang 216F AAV, que resolve desafios difíceis no combate a incêndios em arranha-céus”, disse Huazhi Hu, representante da EHang. “O potencial da nossa plataforma de tecnologia AAV inteligente é ilimitado. Vamos explorar e desenvolver mais soluções aéreas e casos de uso para capacitar cidades inteligentes.”

A China tem vários prédios altos e, dos 233.000 incêndios registados no ano passado, quase 7.000 aconteceram em arranha-céus.O objetivo é que esta frota de drones seja instalada nos quartéis de bombeiros chineses para ajudar a extinguir incêndios em arranha-céus.

Em maio, a EHang juntou-se à companhia de turismo LN Holdings para introduzir, pela primeira vez, o turismo aéreo. A empresa assinou um acordo com o LN Group que fará com que o LN Garden Hotel construa uma plataforma de mobilidade aérea urbana para oferecer aos seus hóspedes vistas aéreas, um serviço de táxi aéreo e espetáculos de luzes aéreas.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Swissport em Lisboa para tentar comprar a Groundforce

O acionista maioritário da Groundforce, que está a tentar vender a sua participação na empresa de handling, encontra-se agora a negociar com os suíços da Swissport. Depois de o fundo espanhol Atitlan se ter afastado e …

BdP prevê taxa de desemprego de 7,2% e crescimento económico de 4,8%

O Banco de Portugal (BdP) prevê que a taxa de desemprego atinja 7,2% em 2021, recuando para 7,1% em 2022 e 6,8% em 2023, e que o emprego cresça 1,3% este ano. No Boletim Económico de …

Finlândia 0-1 Rússia | Miranchuk recoloca russos na corrida

A anfitriã Rússia conseguiu hoje uma determinante vitória na luta pelo apuramento para os oitavos de final do Euro2020 de futebol, ao bater a Finlândia por 1-0, em São Petersburgo. No primeiro jogo da segunda jornada …

Nove militares da GNR acusados de tortura

O Ministério Público (MP) do Porto acusou nove militares da GNR dos crimes de tortura e outros tratamentos cruéis, degradantes ou desumanos e sequestro agravado. O Ministério Público (MP) do Porto acusou nove militares da GNR, …

Costa garante que Lisboa terá o mesmo tratamento que os outros concelhos

Esta quarta-feira, num dia em que Portugal registou 1.350 novos casos ( 928 dos quais na região de Lisboa e Vale do Tejo), o primeiro-ministro afirmou que a capital terá o mesmo tratamento que os …

Salgado disposto a pagar à massa falida do GES para ficar isento de cumprir pena

Ricardo Salgado está disposto a pagar à massa falida do GES para ser dispensado de cumprir pena no processo que o irá julgar por três crimes de abuso de confiança, segundo a contestação da defesa …

PJ detém 12 pessoas por suspeitas de corrupção na Câmara de Loures

Entre os detidos pela Polícia Judiciária (PJ) estão dois empreiteiros, um arquiteto, um empresário ligado a uma obra particular e oito fiscais. Através da Unidade Nacional de Combate à Corrupção e no âmbito de inquérito dirigido …

Casos disparam: 1350 novas infeções e seis óbitos

Nas últimas 24 horas, houve 1.350 novos casos positivos de covid-19 e morreram seis pessoas, segundo os dados do boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS). Portugal registou 1.350 novos casos e seis óbitos por covid-19 …

Parlamento vai ouvir Medina e ministro dos Negócios Estrangeiros

Fernando Medina e Augusto Santos Silva vão ser ouvidos no Parlamento sobre o caso da partilha de dados pessoais de ativistas russos. O presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, e o ministro dos Negócios …

Mudanças na lei laboral podem prejudicar a retoma, avisa Centeno

É crucial para a retoma que haja "estabilidade e previsibilidade na legislação laboral", de forma a estimular o investimento empresarial e o crescimento económico, afirmou esta quarta-feira o governador do Banco de Portugal (BdP), Mário …