Recomendação do PS para tarifa social de Internet sem oposição (mas partidos querem mais)

A recomendação do PS ao Governo para que crie uma tarifa social de acesso à Internet não mereceu esta quinta-feira oposição de nenhuma bancada, mas foram vários os partidos que defenderam a necessidade de “ir mais longe”.

“É função e responsabilidade do Estado garantir que ninguém fica para trás no atual processo de transformação digital que vivemos e entendemos que essa transição tem de ser feita protegendo os direitos e liberdades e garantindo igualdade de oportunidades a todos os cidadãos”, defendeu o deputado do PS Filipe Pacheco, no debate em plenário do projeto de resolução.

O deputado socialista enquadrou esta resolução num conjunto mais vasto de medidas previstas pelo Governo no Plano de Ação para a Transição Digital apresentada no início do ano, o Portugal Digital, e defendeu que a situação de pandemia de covid-19 demonstrou que sem Internet muitos portugueses ficariam confinados “ao isolamento quase absoluto”.

A tarifa social de acesso à Internet deverá ter, de acordo com a recomendação do PS, os mesmos moldes da tarifa social de eletricidade e ser feita de forma automática.

Pelo PSD, o deputado Hugo Carvalho manifestou apoio a esta e outras iniciativas que “sirvam para lembrar o Governo de tudo o que tem para cumprir”, mas considerou que o essencial não é tanto a tarifa social, mas o acesso à rede, salientando que o preço mais reduzido significa “pouco ou nada” para muitos portugueses que vivem “em regiões sem banda larga, sem alta velocidade, sem rede”.

“Que o Governo possa colaborar com os operadores para que se desbloqueie o problema de facto: cumprir o serviço universal de redes de alta velocidade e que não deixe parte do país de fora”, apelou.

Também BE e PCP apontaram o problema da cobertura dos serviços de telecomunicações como o principal, mas atribuíram-no “a erros passados” cometidos nos processos de privatização destas empresas por governos do PSD, CDS-PP e PS.

A deputada bloquista Isabel Pires lamentou que a cobertura de rede de telecomunicações esteja “dependente de interesses privados e não públicos” e nas mãos “do monopólio de interesses de três operadores”.

Pelo PCP, Bruno Dias criticou os elevados preços das telecomunicações em Portugal, considerando que apresentar apenas uma proposta de tarifa social “é uma fraca resposta” e defendeu a necessidade de o país retomar o controlo público do setor.

A líder parlamentar do PAN Inês Sousa Real considerou a tarifa social “uma medida fundamental para assegurar a igualdade de oportunidades”, mas lamentou que o Governo ainda não tenha cumprido a promessa de entregar computadores a todos os alunos no arranque do ano letivo.

O deputado único e presidente da Iniciativa Liberal, João Cotrim Figueiredo, disse que não iria inviabilizar a iniciativa do PS por “solidariedade com os milhares de portugueses que não conseguem pagar a Internet”, mas considerou esta resolução “uma confissão de fracasso da governação socialista”.

Já o deputado único e líder do Chega, André Ventura, adiantou igualmente que o partido acompanhará esta iniciativa, mas “com a exigência que seja efetivamente cumprida”, considerando que este problema já deveria estar resolvido.

Também o CDS-PP, através do deputado João Gonçalves Pereira, afirmou que o seu partido irá acompanhar esta recomendação, embora questionando quem irá pagar esta redução no acesso.

Pelos “Verdes”, a deputada Mariana Silva lamentou igualmente “o acesso muito assimétrico em termos de cobertura e velocidade” à Internet, dizendo temer que se esteja “a construir a casa pelo telhado”.

Na parte final do debate, o deputado do PS Filipe Pacheco congratulou-se com o apoio da maioria das forças políticas ao projeto de resolução, considerando que irá “proteger os mais vulneráveis no caminho para a transição digital”.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

Apenas 27,2% da população quer tomar a vacina contra a covid-19 assim que for possível

Dados da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP), recolhidos em novembro, revelaram que a persiste a desconfiança face à nova vacina contra a covid-19 que chega a Portugal em janeiro, com apenas 27,2% da população …

Covid-19. Portugal com mais 79 mortos e 4.935 novos casos de infeção

Portugal contabiliza esta sexta-feira mais 79 mortos relacionados com a covid-19 e 4.935 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo o mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Desde o início da …

Confinamento ao fim de semana é pouco eficaz, diz estudo

Um novo estudo avaliou as medidas aplicadas em Portugal contra a covid-19, e chegou à conclusão que o impacto da inibição de circulação entre concelhos não é assim tão eficaz. Pelo contrário, optar pelo ensino …

Ação liderada por Ana Gomes reclama indemnização de 400 milhões à Mastercard

Uma associação de defesa de consumidores liderada por Ana Gomes, candidata à Presidência da República, entregou no Tribunal da Concorrência uma ação popular que visa indemnizar todos os consumidores portugueses por práticas lesivas da Mastercard, …

Prémio para profissionais de saúde. Dias de isolamento e doença também contam para receber compensação

O prémio de desempenho para profissionais de saúde do Serviço Nacional de Saúde (SNS) que trabalharam no combate à covid-19 na primeira vaga da pandemia foi publicado esta sexta-feira em Diário da República. "O diploma vem …

Injeção no Novo Banco sem Retificativo? Especialistas levantam dúvidas

O Governo diz conseguir fazer a injeção no Novo Banco sem recurso a um Orçamento Retificativo no próximo ano, mas especialistas em finanças públicas consultados pelo ECO duvidam. Tanto António Costa como João Leão dizem que …

Tudo pronto para Marcelo anunciar recandidatura. Mas recolha de assinaturas está a ser dificultada

Marcelo Rebelo de Sousa já tem o discurso escrito e o local escolhido, mas é improvável que o anúncio da recandidatura avance esta semana. De acordo com o Público, Marcelo Rebelo de Sousa está preparado para …

Biden vai pedir aos norte-americanos 100 dias com máscara (e convida Fauci para a sua equipa)

O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciou esta quinta-feira que vai pedir aos americanos para usarem máscaras faciais durante 100 dias para ajudar a reduzir a disseminação de covid-19 no país. "Vou pedir às …

PSD ataca o Congresso, PCP as Festas Nicolinas. Tudo pelo cumprimento das regras anticovid

Esta quinta-feira, o PSD e o PCP trocaram farpas sobre o cumprimento das regras impostas pela pandemia no Congresso dos comunistas e nas Festas Nicolinas de Guimarães. João Oliveira, líder parlamentar do PCP, defendeu a opção …

"Um péssimo orçamento". Teodora Cardoso arrasa OE2021 e realça "os estragos" que provoca

A antiga presidente do Conselho das Finanças Públicas, Teodora Cardoso, critica duramente o Orçamento de Estado para 2021 (OE2021) aprovado no Parlamento, considerando que é "péssimo" e apontando "os riscos" que acarreta. "Este é, a todos …