Suspensão das patentes das vacinas divide Parlamento Europeu

Sedat Suna / EPA

Os eurodeputados não reúnem consenso sobre a controversa suspensão temporária das patentes das vacinas contra a covid-19.

O debate desta quarta-feira no Parlamento Europeu aconteceu depois de os Estados Unidos terem mostrado abertura para apoiar uma suspensão temporária das patentes das vacinas contra a covid-19.

Segundo o semanário Expresso, houve falta de consenso entre os deputados sobre esta questão, com vários a considerar que há medidas que poderão ser mais eficazes, como o aumento da produção e a partilha de vacinas.

Em nome da presidência portuguesa do Conselho da UE, Augusto Santos Silva explicou que a União Europeia “está preparada para debater qualquer proposta concreta sobre os direitos de propriedade intelectual”, mas que precisa de “mais informações”.

A União Europeia já partilhou 75 milhões de doses e a ideia é intensificar o Covax no segundo semestre do ano, com nove milhões a serem partilhadas através deste mecanismo.

“Temos exportado metade das vacinas produzidas na Europa. Outras formas de garantir a vacinação universal serão tidas em conta, mas façamos o que pudemos fazer já: aumentar a capacidade de produção das vacinas e que todos os países que as produzam se empenhem, como a União Europeia, na exportação de componentes e de doses para que todos tenham acesso às vacinas”, disse ainda Santos Silva.

O vice-presidente da Comissão Europeia, Valdis Dombrovskis, anunciou ainda que Bruxelas vai apresentar uma proposta à Organização Mundial do Comércio (OMC) para flexibilizar as licenças obrigatórias em contexto de pandemia.

A ideia passa por a OMC permitir que as patentes das vacinas sejam exploradas sem que as autoridades nacionais tenham previamente de negociar com as farmacêuticas, explica o jornal online ECO, que cita o jornal espanhol El País.

As regras da OMC já dão a possibilidade aos países de concederem estas licenças obrigatórias a fabricantes disponíveis para produzir a preço de custo sem o consentimento do titular da patente.

Ao mesmo tempo, Bruxelas quer também reduzir ao máximo as restrições à exportação de vacinas, com os responsáveis pela sua produção a terem de fazer promessas concretas para aumentar a oferta em países menos desenvolvidos. Disponibilização essa que deve também ser feita a preço de custo, segundo a mesma publicação, que cita a agência Reuters.

O assunto da suspensão de patentes irá voltar a ser abordado na próxima semana, em Bruxelas, num Conselho Europeu entre 24 e 25 de maio.

Os ministros da Saúde da União Europeia vão discutir, também esta quinta-feira, a adesão dos diferentes Estados-membros aos contratos de compra de vacinas para 2022/2023 e o ponto de situação sobre as variantes do novo coronavírus.

Na reunião, que se realiza por videoconferência e é presidida por Marta Temido a partir de Lisboa, “será discutida a adesão pelos Estados-Membros aos contratos de compra conjunta de vacinas relativos aos próximos anos (2022-2023) e realizar-se-á ainda um ponto de situação sobre variantes do SARS-CoV-2″, segundo nota da presidência portuguesa do Conselho da UE.

O debate ocorre numa altura em que a variante detetada na Índia começa a ter uma prevalência importante nos novos casos de infeção em alguns países europeus, designadamente no Reino Unido, um dos principais emissores de turistas para Portugal.

A reunião dos ministros da Saúde, em que participam representantes da Agência Europeia do Medicamento (EMA) e do Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC), termina com uma conferência de imprensa conjunta de Marta Temido e da comissária Stella Kyriakides, prevista para as 12h45.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Vermes partilham "memórias" através do ARN para avisar do perigo

Um artigo publicado recentemente na Cell mostra que os vermes têm uma forma peculiar de partilhar memórias: transmitem-nas através do ARN. Partilhar informação é crucial para a sobrevivência das espécies, mas como é que formas de …

Manchester United: jogador expulso e chamado a tribunal em 48 horas

Aaron Wan-Bissaka irá depor em tribunal, no final deste ano. Jovem futebolista foi apanhado a conduzir sem carta e sem seguro. Não estão a ser dias fáceis para Aaron Wan-Bissaka. O futebolista do Manchester United soube …

15 mil cadeiras vazias: Guardiola não gostou mas já ouviu um "recado"

Estádio do Manchester City voltou a ficar longe de lotação esgotada, num jogo da Liga dos Campeões. "Espero que apareça mais gente no sábado", admitiu o treinador. As palavras foram estas, depois da goleada que o …

"Fomos enganados, geologicamente enganados." Novos segredos vulcânicos revelados

Um estudo levado a cabo por cientistas da Universidade de Queensland revelou novos detalhes sobre a composição geológica da crosta terrestre. Até agora, os cientistas pensavam que a lava arrefecida dos chamados vulcões "hot spot" era …

Os planetas formam-se em sopas orgânicas — e não há duas iguais

Uma série de novas imagens revela que os planetas formam-se em sopas orgânicas — e não há duas sopas iguais. Astrónomos mapearam os produtos químicos dentro dos berços planetários com detalhe extraordinário. Os mapas revelam a …

O Hawaii quer remover a sua "escadaria para o paraíso" - e a culpa é dos turistas

Em causa estão preocupações com a segurança e vandalismo, que têm aumentado com a explosão de popularidade da escadaria Ha‘ikū nas redes sociais. É caso para dizer que a Stairway to Heaven vai para o inferno …

Inventou o ZX Spectrum e mudou o mundo. Morreu Clive Sinclair

O empresário britânico e inventor do computador doméstico ZX Spectrum, Clive Sinclair, morreu hoje aos 81 anos na sua casa, em Londres (Reino Unido), devido a doença prolongada, informou a filha ao jornal “The Guardian”. Morreu …

Esta torre construída na Suécia não é gigante em altura, mas em sustentabilidade

Para além de ser feito de um material sustentável — fornecido por florestas locais com gestão consciente e transformado por uma serração nas proximidades, o Centro Cultural dispõe de múltiplas tecnologias que fazem dele mais …

Empresa canadiana debaixo de fogo por publicar anúncios de emprego destinados a não vacinados

Uma empresa de canoagem, sediada no Canadá, está debaixo de fogo depois de ter colocado anúncios de emprego destinados, exclusivamente, a pessoas não vacinadas contra a covid-19. "Por favor, NÃO se candidate se tiver tomado quaisquer …

Disparam ataques a jornalistas. Bruxelas insta países da UE a aumentar proteção

Os países da União Europeia (UE) foram instados por Bruxelas a tomar medidas para proteger os jornalistas, após um aumento no número de ataques a membros da imprensa. A Comissão Europeia exortou os governos a criarem …