Quebra de patentes de vacinas divide países. Portugal (e a maioria) quer manter tudo igual

Tiago Petinga / EPA

Costa, Von der Leyen na Cimeira Social no Porto

António Costa com Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia, e Charles Michel, presidente do Conselho Europeu, na Cimeira Social no Porto.

Enquanto países como os EUA e Espanha defendem o levantamento das patentes das vacinas contra a covid-19, a maioria dos governos europeus quer manter tudo igual.

Na Cimeira Social do Porto, os Estados Unidos defenderam uma proposta na qual as vacinas contra a covid-19 possam passar a ser produzidas em qualquer país sem que este tenha de pagar direitos de patente às farmacêuticas que as desenvolveram.

Anteriormente, África do Sul e Índia já tinham apresentado uma proposta semelhante para todos os produtos covid. Todavia, as instituições europeias não alinharam. A maioria dos Governos, incluindo Portugal, defendia que a medida podia até ter um efeito contrário, desincentivando à inovação e investigação na área da saúde.

De acordo com o jornal Público, na cimeira do Porto, os líderes europeus mantiveram a sua posição, abrindo pouco espaço para uma mudança.

“Não acredito que a renúncia às patentes seja uma solução para fornecer vacinas a mais pessoas. Em vez disso, acredito que precisamos da criatividade e da força inovadora das empresas, e para mim, isto inclui a proteção de patentes”, defendeu a chanceler alemã Angela Merkel.

Os países europeus apelam a países como os Estados Unidos que produzam vacinas para exportar — algo que não tem acontecido até agora.

“A curto prazo, contudo, apelamos a todos os países produtores de vacinas para que permitam as exportações e evitem medidas que perturbem as cadeias de abastecimento. Até ao momento, mais de 200 milhões de doses de vacinas produzidas na Europa foram enviadas para o resto do mundo. A Europa exporta quase tantas vacinas como as que fornece aos seus próprios cidadãos. Para ser clara, a Europa é a única região democrática do mundo que exporta vacinas em grande escala”, disse a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen.

A Investigate Europe consultou as atas das reuniões do comité de política comercial do governo alemão no Conselho da UE em Janeiro e Fevereiro de 2021. Em três reuniões, os funcionários da União Europeia na Organização Mundial do Comércio defenderam a oposição da UE à renúncia de patentes.

Por sua vez, Espanha defendeu que a eliminação de patentes de vacinas estava a tornar-se especialmente relevante.

Quase todos os restantes governos europeus contactados pela Investigate Europe apresentaram argumentos próximos aos da Comissão da UE, rejeitando a ideia de renúncia das patentes.

Áustria, Finlândia, Alemanha e Países Baixos foram alguns deles. Portugal também:

“A UE tem valorizado, neste contexto, a cooperação público-privada, e consequentemente o sistema de propriedade intelectual que a sustenta, e que considera ter sido bastante bem-sucedida na produção de uma vacina em tempo recorde. É importante notar que o maior desafio, neste momento, é colmatar as lacunas de curto prazo da Europa em termos de produção, não sendo o levantamento de patentes uma solução para este problema”.

Assim sendo, a maioria dos Governos europeus e a Comissão mantêm a confiança no rumo que tomaram em 2020, rejeitando levantar as patentes das vacinas contra a covid-19.

Apesar de não existir um consenso em torno das patentes, “todos concordam que é preciso aumentar a produção das vacinas”, disse o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel.

O Papa Francisco pediu este sábado a suspensão temporária dos direitos de propriedade intelectual das vacinas contra o coronavírus, numa mensagem de vídeo transmitida num concerto nos Estados Unidos da América.

Daniel Costa, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Estao abrir um precedente muito perigoso ! a Industria nao e a Madre Teresa de Calcuta ,se houver outra pandemia ,talvez as farmaceuticas nao se disponibelizem a Investir tanto dinheiro e recursos ! pois da outra vez nao teve o retorno esperado ! e nestas questoes o tempo pode ser a diferença entre a vida e a morte para milhoes de seres humanos! estes Hiipies de gravata que tem estas ideias nunca entraram realmente na Idade Adulta

RESPONDER

O Projeto Galileu quer provar a existência de aliens através da tecnologia deixada para trás

Investigadores vão centrar o seu trabalho na procura de objetos físicos associados a equipamento tecnológico extraterrestre, em oposição às pesquisas anteriores que se focaram em sinais eletromagnéticos. Um grupo de investigadores de Universidade de Harvard está …

O tesouro dos Templários pode estar escondido debaixo de uma casa em Inglaterra

Um historiador inglês alega que um edifício histórico em Burton, em Inglaterra, é onde está escondido o lendário tesouro dos Templários. Existem várias lendas sobre um tesouro que alguns templários conseguiram esconder do rei francês Filipe …

O núcleo interno da Terra está a crescer mais de um lado do que do outro

O núcleo interno da Terra está a crescer mais de um lado do que do outro. No entanto, isto não quer dizer que o nosso planeta esteja a ficar inclinado. Mais de 5.000 quilómetros abaixo de …

Incêndios devastam sul da Europa e obrigam a retirar moradores e turistas

Dezenas de aldeias e hotéis foram este domingo evacuados nas zonas turísticas do sul da Turquia devido a incêndios que começaram há cinco dias e já mataram oito pessoas no país, devastando também regiões da …

Há uma empresa a transformar as cinzas de entes queridos em diamantes

Uma empresa norte-americana transforma cinzas de entes queridos — e animais de estimação — em diamantes, que podem ser colocados em anéis ou colares. Lidar com a morte de um ente querido é sempre uma altura …

Pianista de aeroporto ganhou 60 mil dólares em gorjetas

Tonee "Valentine" Carter, que toca piano num aeroporto norte-americano, ganhou 60 mil dólares (cerca de 50.800 mil euros) depois de um estranho partilhar um vídeo seu a tocar. Tonee "Valentine" Carter, de 66 anos, não é …

Youtubers denunciam campanha de fake news contra vacina da Pfizer

De acordo com a imprensa brasileira, uma agência de marketing terá tentado que influenciadores digitais de todo o mundo partilhassem desinformação sobre as vacinas contra a covid-19. A denúncia foi feita por alguns dos influenciadores …

Na Tailândia, a legalização do aborto enfrenta "resistência espiritual"

Desde fevereiro, qualquer pessoa que procure fazer um aborto na Tailândia consegue fazê-lo legalmente, pelo menos no primeiro trimestre. Ainda assim, muitos médicos e enfermeiros recusam-se a levar a cabo o procedimento. A advogada Supecha Baotip …

Haiti. Viúva do presidente assassinado implica seguranças no crime

Martine Moise, a viúva do presidente haitiano Jovenel Moise — assassinado na sua residência por um comando armado no início de julho — descreveu abertamente o ataque e partilhou as suas suspeitas sobre o crime …

Covid-19. Portugal regista 2.306 novos casos e aumento nos internados

Portugal registou este domingo 2.306 novos casos de infeção por covid-19 e mais oito mortes, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).  Portugal regista este domingo oito mortes atribuídas à covid-19, 2.306 novos casos …