/

Temido: suspender AstraZeneca “significa deixar de vacinar” milhões de portugueses mais velhos

3

António Cotrim / Lusa

Marta Temido relembrou que ainda faltam vacinar dois milhões de portugueses com mais de 60 anos, pelo que está fora de questão suspender totalmente a administração da vacina da AstraZeneca.

“Temos ainda por vacinar mais de dois milhões de pessoas acima dos 60 anos. Não utilizar a vacina da AstraZeneca significa deixar de vacinar [uma parte destas pessoas]”, disse a ministra da saúde, em declarações a partir de Odemira, transmitidas pela RTP3.

A Agência Europeia do Medicamento (EMA) informou esta semana que os casos de coágulos no sangue observados em poucas dezenas de pessoas em várias partes do mundo podem estar relacionados com a toma da vacina da AstraZeneca.

De frisar que o número de casos é extremamente raro face às dezenas de milhões de pessoas que já foram vacinadas. Ainda assim, depois do anúncio, Portugal decidiu restringir a toma da vacina em pessoas com menos de 60 anos, visto ser abaixo desta faixa que se registou a maior parte dos casos.

Referindo-se, assim, aos portugueses mais velhos, Marta Temido referiu que “essas pessoas são aquelas que, se contraírem covid, têm maior probabilidade de ter doença grave e de ter um efeito fatal. Por isso, é preciso ter esta ponderação bem presente”, reforçou.

“Eu, como ministra da Saúde, aquilo que posso dizer é que, face às escolhas que temos de fazer, a opção pela toma da vacina é a melhor opção”, sublinhou.

Como exemplo, a ministra destacou o seu caso. “Isto é como ir ao médico. Eu tomei a primeira dose da vacina AstraZeneca. Tenho 47 anos, e vale a pena dizer, eu fiz e todos fizemos, aquilo que o médico na altura entendeu que era o melhor para nós”.

Marta Temido afirmou ainda ter-se alcançado um dia com mais de 72 mil testes, o 11.º dia com mais testes realizados desde o início da pandemia. E avisou que mesmo as pessoas vacinadas devem “continuar a ter precauções”.

  ZAP //

 

3 Comments

  1. Esta tipa não tem condições para ser ministra da saúde.
    Facto UM : até há dois dias os mais idosos não podiam ser vacinados com a Zenéca porque não havia estudos suficientes nesse segmento de idade e foram vacinados maioritariamente com a pfizer;
    Facto Dois : agora sem que hajam outros estudos os velhotes que faltam são vacinado com a Zenéca.
    Facto Três: as reacções adversas são percentualmente irrelevantes, como dizem na TV e normais em termos de vacinação; então porque razão é que suspendem a vacina para os menores de 60 anos ?
    Brincamos ????

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.