Suspeito do rapto e morte de Maddie pede para ser libertado

findmadeleine.com

Madeleine McCann, conhecida como ‘Maddie’, desapareceu na Praia da Luz, no Algarve, a 3 de maio de 2007

O cidadão alemão suspeito no desaparecimento de Madeleine McCann há 13 anos, em Portugal, pediu para ser libertado do estabelecimento prisional onde está a cumprir pena por tráfico de drogas.

O advogado de Christian B. comunicou a decisão ao tribunal de Kiel, no norte da Alemanha, responsável pelo caso que levou à sua condenação, segundo informações do jornal “Bild” e da imprensa local em Hannover, citadas pela agência espanhola EFE.

Em 07 de junho Christian B. já tinha cumprido dois terços da pena, que termina em janeiro, justificando assim o pedido.

O suspeito no desaparecimento de Madeleine McCann tem, entretanto, uma outra condenação pendente de confirmação, sobre a qual apresentou recurso, pela violação, em 2005, de uma norte-americana de 72 anos em Portugal.

Christian B. está atualmente sob investigação como suspeito do desaparecimento e presumível assassinado de Madeleine McCann, a criança britânica que desapareceu a 03 de maio de 2007, num apartamento de um aldeamento turístico, na Praia da Luz.

Nos últimos dias, a polícia alemã realizou escavações num jardim de uma residência perto de Hannover relacionadas com o caso Maddie. As escavações terminaram na quarta-feira, mas o Ministério Público não adiantou pormenores.

O suspeito tem antecedentes criminais relacionados com abuso sexual, ofensa à integridade física, roubo e outras contraordenações, algumas das quais praticadas durante o tempo que viveu em Portugal, entre 1995 e 2007.

Christian B. foi pela primeira vez julgado por um crime sexual em 1994, quando tinha 17 anos, e condenado por abuso de menor. O último caso relacionado com menores foi um processo de posse de pornografia infantil, em 2016.

No âmbito do caso “Maddie”, o Ministério Público de Braunschweig não apresentou acusação formal contra o suspeito, apesar de ter assumido que a criança, então com três anos de idade, está morta.

Madeleine McCann desapareceu poucos dias antes de fazer quatro anos, a 03 de maio de 2007, do quarto onde dormia juntamente com os dois irmãos gémeos, mais novos, num apartamento de um aldeamento turístico, na Praia da Luz e o seu desaparecimento tornou-se um caso mediático à escala global.

A polícia britânica começou por formar uma equipa em 2011 para rever toda a informação disponível, abrindo um inquérito formal no ano seguinte, tendo até agora gasto perto de 12 milhões de libras (14 milhões de euros).

A Polícia Judiciária (PJ) reabriu a investigação em 2013, depois de o caso ter sido arquivado pela Procuradoria-Geral da República em 2008, ilibando os três arguidos, os pais de Madeleine, Kate e Gerry McCann, e um outro britânico, Robert Murat.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

El Salvador pede prisão de ex-Presidente Salvador Sánchez Cerén por corrupção

Promotores de El Salvador emitiram um mandado de prisão contra o ex-Presidente Salvador Sánchez Cerén sob a acusação de peculato, lavagem de dinheiro e enriquecimento ilícito. O procurador-geral Rodolfo Delgado disse na quinta-feira que as acusações …

Presidente chinês faz rara e discreta visita ao Tibete

O Presidente chinês fez uma rara visita ao Tibete, numa altura em que as autoridades reforçam o controlo sobre a cultura budista tradicional e impulsionam o desenvolvimento económico e modernização das infraestruturas da região dos …

Casinos em concelhos de risco elevado e muito elevado podem abrir a partir de sábado

Casinos, bingos e estabelecimentos similares localizados em concelhos de risco elevado e muito elevado podem funcionar a partir de sábado, tendo os clientes que apresentar certificado digital ou teste negativo. A medida consta de um despacho …

EMA aprova uso da vacina da Moderna para jovens entre os 12 e 17 anos

A Agência Europeia do Medicamento (EMA) aprovou, esta sexta-feira, a administração da vacina da Moderna em jovens dos 12 aos 17 anos. Foi aprovada a administração da vacina da Moderna para jovens menores de idade. A …

Dizer que MAI autorizou festejos do Sporting é "delírio"

Esta sexta-feira, no Funchal, o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, voltou a distanciar-se do modelo adotado pelo Sporting para os festejos do campeonato. Os festejos do Sporting, do passado dia 11 de maio, não cumpriram …

"Não tem emenda." PSD e Bloco de Esquerda criticam relatório do Novo Banco

O Bloco de Esquerda defende que a versão entregue do relatório da comissão do Novo Banco, redigida por um deputado do PS, tem uma "parcialidade evidente" a favor do Governo. O PSD diz que "não …

Frederico Morais falha Jogos Olímpicos. Testou positivo à covid-19

O português Frederico Morais vai falhar a estreia do surf nos Jogos Olímpicos Tóquio2020, por estar infetado pelo novo coronavírus, informou esta sexta-feira o Comité Olímpico de Portugal (COP). O surfista natural de Cascais, de 29 …

Governo propõe que todas as freguesias possam ter pelo menos um autarca a meio tempo

O Governo aprovou uma proposta para que todas as freguesias do país possam ter um autarca a meio tempo independentemente da sua dimensão, anunciou esta sexta-feira a ministra da Modernização do Estado, que tutela as …

Espanha vai administrar terceira dose da vacina

Espanha anunciou esta sexta-feira que será administrada uma terceira dose da vacina contra a covid-19, embora ainda não haja data prevista. Carolina Darias, ministra da Saúde espanhola, anunciou esta sexta-feira que será administrada uma terceira dose …

Portugal com mais 3.794 casos de covid-19 e 16 mortes

Portugal registou, esta sexta-feira, 3.794 novos casos e 16 mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, o …