Cidade nos EUA testou o rendimento básico universal. “Os números foram incríveis”

Além de a percentagem de pessoas que tinham um emprego a tempo inteiro ter subido, os participantes da iniciativa também relataram sentir-se menos ansiosos.

De acordo com o estudo publicado esta quarta-feira, citado pela agência Associated Press, os 125 habitantes da cidade de Stockton, na Califórnia, que durante dois anos receberam 500 dólares por mês, sem regras de como os gastar, conseguiram não só pagar dívidas e encontrar um trabalho a tempo inteiro, como ainda reportaram taxas mais baixas de ansiedade e depressão.

O programa, anunciado em 2017 pelo ex-mayor da cidade Michael Tubbs, foi a maior experiência já feita nos Estados Unidos sobre o conceito de rendimento básico universal. A ideia ganhou impulso rapidamente e até se tornou parte importante da campanha presidencial do empresário Andrew Yang.



Segundo a AP, os apoiantes da iniciativa afirmam que este rendimento pode aliviar o stress e a ansiedade das pessoas que vivem com mais dificuldades financeiras, dando-lhes ao mesmo tempo a segurança necessária para poderem encontrar bons empregos e evitar dívidas. Os críticos, por seu lado, argumentam que elimina o incentivo ao trabalho, criando uma sociedade dependente do Estado.

Investigadores independentes da Universidade do Tennessee e da Pensilvânia já analisaram os dados do primeiro ano desta experiência, que começou em fevereiro de 2019 e, portanto, não coincidiu com a pandemia da covid-19. O estudo sobre o segundo ano será lançado no próximo ano.

No início do programa, 28% dos participantes tinha empregos a tempo inteiro. Um ano depois, essa percentagem subiu para 40%. O grupo de controlo, cujos indivíduos não receberam nenhum dinheiro, viu um aumento de 5% relativamente à mesma matéria.

Os investigadores descobriram ainda que as pessoas que receberam este rendimento mensal relataram menor incidência de ansiedade e sintomas depressivos, em comparação com o outro grupo de pessoas. Segundo a agência noticiosa, essas conclusões podem ser fundamentais no estudo do próximo ano, uma vez que já irá analisar como é que os participantes se saíram durante a crise pandémica.

Dado que estes norte-americanos receberam o dinheiro num cartão de débito, a equipa também conseguiu perceber em que tipo de coisas era gasto. Menos de 1% se destinou para comprar coisas como tabaco e álcool.

Estes números foram incríveis. Quase não acreditei neles”, disse Stacia West, professora assistente da Universidade do Tennessee que analisou os dados juntamente com Amy Castro Baker, professora assistente da Universidade da Pensilvânia.

Na Europa, vários países já testaram o rendimento básico universal, como é o caso da Finlândia ou da Alemanha.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Besta dos cinco dentes". Descoberta nova espécie de mamífero na Patagónia

Paleontólogos descobriram uma nova espécie de mamífero, com dentes peculiares, que viveu na Patagónia durante o período Cretáceo. De acordo com a agência Europa Press, os fósseis foram encontrados em Cerro Guido, na província chilena de …

Com os zoos fechados, tudo serve para entreter uma família de lontras. Até um simples galho de bambu

O confinamento serviu como um lembrete indesejado de que ficar preso dentro de casa sem muito o que fazer pode ser desgastante. O mesmo é verdade para os animais, por isso os jardins zoológicos tiveram …

Uma ilha, cinco géneros. Os Bugis têm palavras para as "cinco maneiras de estar no mundo"

Uma ilha, cinco géneros. O povo Bugis é um poderoso grupo étnico que se destaca pelo reconhecimento de cinco géneros distintos. Na Indonésia, a ilha Sulawesi é a casa de um povo que reconhece cinco …

O "aeroporto do amanhã" está abandonado no meio de um pântano dos Estados Unidos

Era para ser o "aeroporto do amanhã", um centro intercontinental para aviões supersónicos com seis pistas e conexões ferroviárias de alta velocidade para as cidades vizinhas. Hoje, é pouco mais do que uma pista no …

Facebook remove (acidentalmente) página oficial de Ville de Bitche, uma remota cidade francesa

O Facebook apagou a página de Ville de Bitche, uma remota cidade francesa. O município passou um mês a apelar à rede social para repor a página. "Recebemos uma mensagem no Facebook e também percebemos que …

NASA escolheu SpaceX de Elon Musk para a próxima missão tripulada à Lua

Elon Musk fecha contrato de 2,9 mil milhões de dólares para levar o Homem novamente à Lua. O contrato é a mais importante vitória da SpaceX e reforça a posição da empresa como parceira …

Benfica 1-2 Gil Vicente | Galo canta e silencia águia na Luz

STOP. O Gil Vicente visitou na tarde deste sábado o Benfica e saiu do palco da Luz com os três pontos na bagagem e a “cantar de galo”, ao vencer por 2-1, num duelo relativo …

"Longa vida à monarquia." Realeza britânica tende a viver mais três décadas do que a população geral

As diferenças na longevidade de alguns membros da família real em comparação com a população em geral são extremamente grandes, mas não incomuns. O príncipe Filipe, marido da rainha Isabel II e o consorte mais antigo …

Abominável (e falso) Homem das Neves. Líder russo usou Yeti para atrair turistas para a Sibéria

Um dos líderes regionais mais antigos de Vladimir Putin confessou ter encenado avistamentos falsos de Yetis numa tentativa de encorajar o turismo na Sibéria. Aman Tuleev, um dos líderes regionais de longa data do Presidente russo …

Irão já está a enriquecer urânio a 60%

O Irão avisou e já está a cumprir. Menos de uma semana depois de ter acusado Israel de um ataque contra a sua principal central nuclear, o país diz estar a enriquecer urânio com uma …