Stock da Cunha deixa Novo Banco no final de julho

Novo Banco

Eduardo Stock da Cunha, Presidente do Conselho de Administração do Novo Banco

Eduardo Stock da Cunha, Presidente do Conselho de Administração do Novo Banco

O Novo Banco anunciou esta quarta-feira que Eduardo Stock da Cunha e José João Guilherme renunciaram aos cargos de presidente e de vogal do Conselho de Administração, respetivamente, mantendo-se o primeiro em funções até final de julho.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, o Novo Banco adiantou que “Eduardo Stock da Cunha permanecerá em funções até 31 de julho de 2016″ e José João Guilherme continuará “até 31 de agosto de 2016, exceto se entretanto forem designados novos membros pelo acionista, caso em que cessarão funções nessa data”.

O presidente do Novo Banco irá regressar ao Lloyds Bank.

A 14 de setembro de 2014, o Banco de Portugal anunciou que Eduardo Stock da Cunha tinha sido escolhido para suceder a Vítor Bento na liderança da instituição financeira, depois deste último ter pedido para deixar o cargo.

Além de Stock da Cunha, que o Banco de Portugal referia estar “mandatado para formar e liderar uma experiente equipa motivada para o projeto de desenvolvimento e criação de valor para o banco”, a equipa de gestão do banco de transição que resultou da cisão do Banco Espírito Santo, incluía ainda Jorge Freire Cardoso (administrador financeiro), Vítor Fernandes e José João Guilherme.

A entidade liderada por Carlos Costa destacou, na altura, que Eduardo Stock da Cunha tinha “uma longa experiência de sucesso no setor financeiro, tanto nacional como internacional”.

Stock da Cunha desempenhava, na altura, funções de diretor no Lloyds Banking Group, em Londres, depois de ter trabalhado 20 anos como administrador no Grupo Santander Totta e mais tarde no Sovereign Bank / Santander Bank, nos Estados Unidos.

No dia 3 de agosto de 2014, o Banco de Portugal tomou o controlo do BES, depois de o banco ter apresentado prejuízos semestrais de 3,6 mil milhões de euros, e anunciou a separação da instituição em duas entidades distintas.

No chamado banco mau, um veículo que mantém o nome BES, ficaram concentrados os ativos e passivos tóxicos do BES, assim como os acionistas.

No ‘banco bom’, o banco de transição que foi chamado de Novo Banco, ficaram os ativos e passivos considerados não problemáticos.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Presidente da Catalunha começa a ser julgado por desobediência

O presidente do Governo regional da Catalunha reconheceu, esta segunda-feira, que não cumpriu a ordem da comissão nacional de eleições espanhola de remover os símbolos separatistas alegando ser "ilegal" e de cumprimento "impossível". "Sim, eu desobedeci", …

Um restaurante acabou de abrir a um quarteirão da Casa Branca. Chama-se "Comida de Imigrante"

Um restaurante chamado "Immigrant Food" ("Comida de Imigrante") abriu a um quarteirão da Casa Branca. O local quer fazer com que ajudar imigrantes seja tão fácil como pedir comida de um menu. Assim, além de comida, …

Trump admite testemunhar no inquérito para a sua destituição

O Presidente dos EUA admitiu, esta segunda-feira, "considerar seriamente" a possibilidade de testemunhar por escrito no inquérito para a sua destituição, que decorre no Congresso. "Embora não tenha feito nada de errado e não goste de …

INE espanhol está a "espiar" telemóveis para estudo estatístico

Um estudo do INE espanhol está a receber duras críticas por alegadamente infringir a privacidade de dados dos cidadãos. O gabinete irá monitorizar os telemóveis dos espanhóis. O Instituto Nacional de Estatística (INE) de Espanha deu …

Donald Tusk vai presidir o Partido Popular Europeu

O presidente do Conselho da União Europeia (UE) é o único candidato à presidência do Partido Popular Europeu (PPE) e vai suceder no cargo ao francês Joseph Daul. Esta será a primeira vez que um europeu …

EUA. Casal vegan vai ser julgado por homicídio depois da morte do filho de 18 meses

Um casal americano, que segue uma alimentação vegan, vai ser julgado por homicídio depois da morte do filho de 18 meses, por malnutrição. Ambos vão permanecer detidos até à data do julgamento, em dezembro. Segundo noticiou …

Carrinha com 52 migrantes entra em Ceuta após derrubar barreiras fronteiriças

Uma carrinha com 52 migrantes rompeu, esta madrugada, as barreiras fronteiriças entre Marrocos e Espanha para entrar no enclave espanhol de Ceuta, incidente que a Guarda Civil espanhola já está a investigar. A carrinha lançou-se a toda …

Chef que renunciou à estrela Michelin espera sair do Guia em 2020

O chef Henrique Leis, que em julho renunciou à estrela Michelin que o seu restaurante detinha há 19 anos, afirma que o seu "compromisso com a Michelin acabou" e espera não ver renovada a distinção …

Morreu a fadista Argentina Santos

A fadista portuguesa morreu, esta segunda-feira, aos 95 anos de idade. As exéquias realizam-se, a partir das 17h00, na Basílica da Estrela, em Lisboa. A fadista Argentina Santos, que esta segunda-feira morreu aos 95 anos, despediu-se …

Governo apresenta queixa no Ministério Público contra 21 pedreiras

O ministro do Ambiente e da Ação Climática anunciou que 21 pedreiras, de um universo de 185, estão em incumprimento por falta de vedações, exigidas pelo levantamento do Governo, tendo sido apresentada queixa ao Ministério …