Startup portuguesa escolhida entre 1120 empresas para hub de inovação

Tap My Back

Salvador Barros, CEO da Tap My Back

Pelo meio de 1120 concorrentes espalhados por 62 países, houve uma empresa portuguesa que se destacou. A Tap My Back, será a primeira startup portuguesa a participar no WeXelerate, um dos maiores programas de aceleração empresarial da Europa.

A WeXelerate acontece em Viena, na Áustria, e é uma hub de startups e inovação que tem como objetivo reunir empreendedores e parceiros corporativos, de modo a oferecer “um ecossistema capaz de promover o desenvolvimento de projetos ainda em estágio inicial”, lê-se no comunicado enviado.

“O WeXelerate é uma colaboração entre empresas líderes no mercado, especialistas e startups de diversos setores, com o intuito de criar relações produtivas para todos“, explicou Gabrielle Costigan, Diretora Administrativa do WeXelerate.

No total, a fase de candidaturas recebeu 1120 empresas espalhados por 62 países. A portuguesa Tap My Back foi uma das 40 selecionadas.

“A nossa expetativa é aproveitar a troca de conhecimentos que o programa oferece, bem como a mentoria de empreendedores experientes, para alavancar o nosso crescimento e melhorar o encaixe do nosso produto no mercado”, contou Salvador Barros, CEO da Tap My Back.

A aplicação foi inicialmente concebida como uma solução interna para uma agência de marketing em crescimento. Face ao crescimento no número de colaboradores da empresa, era necessário uma ferramenta que facilitasse o feedback e que contribuísse para a “construção de uma cultura organizacional”.

Diante desta necessidade, a aplicação Tap My Back foi criada e os resultados positivos levaram-na ao mercado em 2016.

“O produto da startup é uma app que facilita a partilha de reconhecimento e feedback construtivo no ambiente de trabalho, com o objetivo de criar relações entre os colaboradores e aumentar a retenção de talento”, lê-se.

Estados Unidos, Canadá, Nova Zelândia e Oceânia, atualmente são mais de 100 empresas espalhadas pelo mundo que utilizam a aplicação.

Todo o potencial demonstrada pela app chamou a atenção de dois dos patrocinadores da WeXelerate, que já tinham demonstrado interesse em utilizá-la nas suas organizações. Este interesse terá sido decisivo para que a Tap My Back se destacasse durante o processo de escolha que juntou os 1120 candidatos.

“As empresas patrocinam estes programas porque estão em busca de inovação fora da caixa e agora podemos começar a construir uma relação mais aprofundada com estes parceiros”, afirmou Salvador.

Das empresas que já utilizam a Tap My Back, apenas 15% estão na Europa e uma das expetativas da startup é ampliar a presença no mercado Europeu.

Os parceiros da WeXelerate incluem bancos, seguradoras, empresas de média, indústrias e empresas de infra-estruturas.

  ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Carlos César acusa BE e PCP de terem preferido "jogos de poder"

O presidente do PS acusou, esta segunda-feira, os partidos de esquerda de terem preferido "os jogos de poder", no seguimento do anúncio de ambos do voto contra o Orçamento do Estado para 2022 (OE2022). "BE e …

O dirigente do PSD Paulo Mota Pinto

Mota Pinto aponta "irresponsabilidade" de marcar diretas. Rangel reforça importância de ter líder "fortemente legitimado"

O dirigente do PSD defendeu, esta segunda-feira, que o partido "está preparado" para legislativas antecipadas, defendendo que estas devem ocorrer "o mais rapidamente possível". Em declarações à agência Lusa, o presidente da Mesa do Congresso e …

EMA aprova terceira dose da vacina da Moderna a partir dos 18 anos

A Agência Europeia do Medicamento (EMA) deu luz verde, esta segunda-feira, à administração da terceira dose da vacina da Moderna a partir dos 18 anos. Em comunicado, a agência refere que os dados apontam que uma …

Câmara do Porto aprova sistema de videovigilância no centro histórico

Esta segunda-feira, na reunião do Executivo portuense, foi aprovado, com o voto contra da CDU e do BE, o protocolo a celebrar com a PSP para implementação da videovigilância na Baixa do Porto. O presidente da …

Conselho das Finanças Públicas alerta para riscos na TAP e falta de orçamentação para Novo Banco

O Conselho das Finanças Públicas (CFP) alertou esta segunda-feira, numa análise à proposta do Governo para o Orçamento do Estado de 2022 (OE2022), para a possibilidade de se injetar mais dinheiro na TAP e no …

O presidente executivo do Novo Banco, António Ramalho

Novo Banco apresenta nova imagem. "Agora é o renascimento", diz Ramalho

O presidente do Novo Banco disse, esta segunda-feira, que a nova imagem representa o "renascimento" da instituição financeira, que está numa "rota de lucro e rendibilidade". Na apresentação da nova imagem de marca do Novo Banco, …

Governo disponível para suspender caducidade de convenções coletivas "sem limite de tempo"

O Governo está disponível para avançar com a suspensão dos prazos da caducidade das convenções coletivas "sem limite de tempo", disse, esta segunda-feira, no Parlamento a ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social. A medida foi …

PEV também vota contra o Orçamento do Estado para 2022

O partido ecologista "Os Verdes" (PEV) anunciou, esta segunda-feira, que também vai votar contra o Orçamento do Estado para 2022. Em conferência de imprensa, na Assembleia da República, José Luís Ferreira disse que "o grupo parlamentar …

Governo lamenta decisão do PCP. "Nunca tínhamos ido tão longe como fomos este ano"

O secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares reagiu, esta segunda-feira à tarde, na Assembleia da República, ao anúncio de voto contra do PCP ao Orçamento do Estado para 2022 (OE2022). Na Assembleia da República, Duarte Cordeiro …

Vulcão Cumbre Vieja lança lava, cinzas e fumo em La Palma

Vulcão de La Palma "no auge da atividade". Derrocada parcial do cone revela grande fonte de lava

Uma derrocada parcial do cone do vulcão da ilha de La Palma, nas Canárias, deixou à vista uma grande fonte de lava, segundo o Instituto Vulcanológico das Ilhas Canárias (Involcan). "Estamos no auge da atividade" do …