George Soros alerta: Sem posição financeira comum, o colapso da União Europeia será “uma realidade trágica”

O multimilionário e filantropo George Soros considera que, sem um aumento do orçamento comunitário e sem emissão de obrigações em que não haja prazo de reembolso, o colapso da União Europeia (UE) pode passar de uma possibilidade a uma “realidade trágica”.

Em entrevista ao jornal holandês De Telegraaf, o multimilionário de 89 anos, nascido na Hungria e sobrevivente do Holocausto, avisou que, sem emissão de obrigações que não tenham prazo de reembolso, a União Europeia (UE) vai ruir sob o peso da tragédia económica. Segundo Soros, só a união entre Estados-membros pode salvar a UE.

“Se a UE não conseguir ter em consideração essas ferramentas numa altura destas, não será capaz de enfrentar os desafios que enfrenta. Isto não é uma possibilidade, é uma realidade trágica”, disse Soros.

George Soros mostra-se principalmente preocupado com Itália. “O que restaria da Europa sem a Itália? O afrouxamento das regras de ajuda pública, que beneficiam a Alemanha, são particulamente duras para Itália, que já era uma espécie de velhinho doente da Europa e é o país que mais sofreu com a covid-19”.

Para o multimilionário, os nacionalismos estão à espera que os países da UE demonstrem a sua falta de objetivos comuns para atacar.

Os tempos da pandemia “são circunstâncias excecionais, por isso são precisas medidas excecionais. Coisas como obrigações sem prazo de reembolso são medidas desse tipo, e nem sequer deviam ser consideradas em tempos normais”, disse Soros.

O multimilionário sugeriu ainda que a UE poderia fornecer títulos perpétuos, autorizando a tributação para emiti-los, uma vez que, de acordo com o Jornal Económico, a UE precisaria de manter a sua classificação de crédito AAA para que a ideia funcionasse.

Soros acrescentou também que o dinheiro arrecadado poderia ser alocado para aqueles que mais necessitavam, especialmente os países do Sul mais atingidos como Itália.

ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Oposição urge Boris Johnson a despedir assessor por ter violado o confinamento

Os partidos da oposição escreveram hoje ao primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, urgindo a demissão do assessor Dominic Cummings, a quem acusam de ter "abalado gravemente a confiança" da população nos apelos oficiais sobre a pandemia …

Atletas que sorriem durante as corridas gastam menos oxigénio

Os atletas que sorriem gastam menos oxigénio, trabalham de forma mais económica e têm um nível de esforço menor, refere um estudo realizado pelas universidades de Ulster e Swansea, divulgado esta terça-feira. Os investigadores pediram a …

OMS analisa possíveis primeiros casos de infeção de animais para o homem

A Organização Mundial de Saúde (OMS) admite que pelo menos três infeções por Covid-19 nos Países Baixos possam ser os primeiros casos conhecidos de transmissão do novo coronavírus dos animais para o homem, tendo martas …

Na Suíça, é possível estar em teletrabalho e a empresa pagar parte da renda

O Tribunal Federal da Suíça condenou uma empresa de contabilidade a pagar parte da renda de casa a um funcionário que se encontrava em teletrabalho. Segundo revelou na segunda-feira o swissinfo e o Tages-Anzeiger, citados pelo …

Governo negoceia até mais 35 milhões em apoios para agricultura

A ministra da Agricultura disse hoje que está em curso a negociação de medidas adicionais para apoiar o setor agrícola, face ao impacto da covid-19, através do Programa de Desenvolvimento Rural (PDR), que podem mobilizar …

Moro não assinou exoneração de ex-diretor da Polícia, admite Presidência do Brasil

A Secretaria-Geral da Presidência brasileira admitiu na segunda-feira que o agora ex-ministro da Justiça Sergio Moro não assinou o decreto de exoneração de Maurício Valeixo da direção-geral da Polícia Federal, confirmando a versão original do …

Norte foi região que mais contribuiu para aumentar produtividade do trabalho no país

O Norte foi a região que mais contribuiu para aumentar a produtividade laboral entre 2000 e 2017, crescendo 20% quando a Área Metropolitana de Lisboa subiu 3,3%, revelou na segunda-feira a Comissão de Coordenação e …

Vai nascer uma praia fluvial nas margens do Alqueva em 2021

Uma nova praia fluvial começou a ser construída nas margens do Alqueva, devendo começar a funcionar no verão do próximo ano. Uma nova praia fluvial começou a ser construída nas margens do Alqueva, junto à aldeia …

Câmara de Bragança vai ajudar com até 100 euros a pagar renda

As famílias mais vulneráveis do concelho de Bragança vão poder contar com um apoio financeiro até 100 euros mensais para pagar a renda. A Câmara de Bragança vai ajudar as famílias do concelho em situação vulnerável …

Parlamento chumba lay-off para sócios-gerentes, mas acaba com teto de faturação ao apoio

A Comissão de Economia chumbou, esta terça-feira, o alargamento do lay-off simplificado aos sócios-gerentes. Por outro lado, aprovou o fim do teto de faturação para aceder ao apoio a estes portugueses. A proposta do PSD, BE …