Sondagem. PS a passos largos deixa PSD a 15 pontos

Miguel A. Lopes / Lusa

O primeiro-ministro, António Costa

A faltar três meses para as legislativas, de acordo com a mais recente sondagem, o PS aumenta a sua vantagem para os sociais-democratas, estando agora a uma diferença de 15 pontos percentuais.

O Partido Socialista continua a subir nas intenções de voto e cria uma distância cada vez maior para o PSD. Pelo menos é o que nos diz a mais recente sondagem para as eleições legislativas, divulgada esta semana pelo semanário Expresso. O CDS foi o partido que mais caiu em comparação com a última sondagem, e o Bloco foi quem mais subiu.

A três meses das legislativas, o panorama mostra-se favorável para o partido de António Costa, que consegue selar uma distância de 15 pontos percentuais para o PSD nas intenções de votos. A maioria absoluto pode ser um objetivo dos socialistas, mas com estes resultados, não seria possível.

Comparativamente às últimas sondagens feitas em fevereiro, o Partido Socialista subiu de 37% para 38%. Em sentido contrário, o PSD caiu de 25% para 23%. Desde as eleições europeias de maio – que se revelaram um verdadeiro desastre para os sociais-democratas – os “laranjas” têm vindo a descer.

Apesar de tudo, as piores notícias chegam para o CDS. O partido de Assunção Cristas tem vindo a perder popularidade e registou uma queda de três pontos percentuais de 8% para 5%. A descida deixa o PAN colado com 4% das intenções de voto.

O Bloco de Esquerda é o grande vencedor desta sondagem, após ter assegurado uma subida de três pontos percentuais. Os bloquistas passaram de 8% para 11%, deixando para trás a CDU, que segundo as previsões, manteve os 8% que havia registado na sondagem de fevereiro. Há ainda 5% de votantes noutros partidos e outros 5% que tencionam votar em branco ou nulo.

As eleições legislativas têm data marcada para 6 de outubro e, apesar de António Costa ter dito que quer uma maioria “inequívoca”, admitiu não “chantagear” os portugueses para consegui-la.

ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. São estranhos estes números. O país mergulhado em greves, não há hospital que funcione minimamente bem, as novas reformas continuam por pagar… estará o povo atento ao que se passa, ou só se veem novelas? Parece impossível.

    • O que se passa hoje em Portugal é uma espécie de revolucionarismo eleitoral esquerdoide. É uma moda temporário de pensamento, até surgir uma tempestade governativa em sequência de condições nubladas de conjuntura económica. É tal o estado de graça do governo que mesmo estando a esganar instituições essenciais do país, consegue que tantos revolucionaristas de pensamento amnésico e irresponsável estejam a conceder-lhe o seu apoio eleitoral. Como resultado, um dia virá em que o cheiro do lamaçal comece a despertar consciências para a realidade em que o ilusionismo/populismo mais uma vez nos lançou. Até lá vamos vendo o filme e aguentando com preocupação.

    • José Santos, o Rui Rio fez o PSD uma cópia socialista do PS. Ninguem gosta de cópias.
      Quem é de direita nao tem nenhum partido de sistema onde votar.

Governo disponível para retomar reuniões no Infarmed (mas nega falta de informação)

O Governo manifestou esta quinta-feira “abertura para retomar as reuniões” no Infarmed sobre o ponto de situação da epidemia de covid-19, mas rejeitou falhas na informação ao parlamento e aos partidos. Na conferência de imprensa do …

Israel e Emirados Árabes Unidos alcançam "acordo histórico" mediado pelos Estados Unidos

O Presidente norte-americano, Donald Trump, anunciou esta quinta-feira que Israel e os Emirados Árabes Unidos concordaram em estabelecer relações diplomáticas plenas, como parte de um acordo para impedir a anexação israelita de terras ocupadas pelos …

Em contingência, Câmaras de Lisboa passam a definir horários do comércio. O (pouco) que muda este sábado

A generalidade de Portugal continental continuará em situação de alerta e a Área Metropolitana de Lisboa em situação de contingência até ao final do mês devido à pandemia de covid-19, anunciou o Governo. Segundo explicou esta …

Três meses depois do anúncio, o apoio de emergência às Artes ainda não chegou

Cinquenta das 311 entidades abrangidas pela Linha de Apoio de Emergência às Artes, dotada de 1,7 milhões, ainda não tinham esta quinta-feira recebido o valor que lhes foi atribuído, três meses depois do anúncio dos …

Avaliação dos professores, "mock exams" e testes no outono. Britânicos podem "escolher" as próprias notas

O Governo britânico deu aos estudantes de liceu três alternativas diferentes para obterem o resultado das suas avaliações deste ano letivo, que foi atípico devido à pandemia de covid-19. De acordo com o jornal britânico The …

Governo reitera que não há exceções para a Festa do Avante. Críticas multiplicam-se

A ministra de Estado e da Presidência destacou que o Governo “não tem competências legais ou constitucionais” para proibir iniciativas políticas como a Festa do Avante!, mas salientou que não serão admitidas exceções às regras. Na …

Trabalhadores que estiveram em lay-off durante pelo menos 30 dias também vão ter bónus

O Conselho de Ministros aprovou um decreto-lei que clarifica que os trabalhadores que estiveram em lay-off por mais de 30 dias consecutivos, mesmo sem completar um mês civil, vão receber o complemento de estabilização. "Criado com …

Marcelo pede tolerância zero contra o racismo (e pede “sentido nacional” a Governo e oposição)

O Presidente da República recomendou esta quinta-feira aos democratas “tolerância zero” e “sensatez” para combater o racismo, ao comentar as ameaças de que foram alvo três deputadas e outros sete ativistas. “Os democratas devem ser muito …

43% das escolas no mundo sem condições de higiene para reabertura segura

Mais de 40% das escolas no mundo não têm acesso a condições básicas de higiene, como água para lavar as mãos e sabão, aumentando os riscos de reabertura no contexto da pandemia de covid-19, alertam …

Mais seis mortes, 325 novos casos e 237 recuperados

Portugal regista esta quinta-fira mais seis mortes por covid-19, 325 novos casos de infeção e mais 237 pessoas dadas como recuperadas em relação a quarta-feira, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo …