Sonangol quer ficar com participação indireta de Isabel dos Santos na Galp

Eneias Rodrigues / Lusa

Angola pediu a um tribunal holandês a entrega de 500 milhões de dólares de participação na petrolífera portuguesa Galp, ligada a Isabel dos Santos.

A notícia é avançada pela agência Reuters, que adianta que o governo de Angola diz que altos funcionários do ex-presidente José Eduardo dos Santos aproveitaram os altos preços do petróleo na última década para criar uma rede global de negócios que os levaram ao enriquecimento pessoal às custas do país.

Abatida pela crise económica do covid-19 e atolada em dívida externa, Angola está a tentar recuperar ativos que diz terem sido desviados.

O foco principal é Isabel dos Santos, filha do ex-presidente, uma magnata dos negócios que se tornou a mulher mais rica da África. A empresária dirigiu brevemente a petrolífera estatal Sonangol entre 2016 e 2017, quando o Governo de quatro décadas do seu pai chegou ao fim.

Isabel dos Santos negou qualquer ligação à holding no centro do caso – Exem -, que diz pertencer ao seu falecido marido, rejeitou as acusações de irregularidades e disse que enfrenta uma caça às bruxas política pela nova liderança de Angola.

A ação judicial da Sonangol deve ser ouvida na última semana de maio em Amsterdão, disse o advogado da empresa 100% estatal Emmanuel Gaillard do escritório de advocacia Shearman & Sterling. O advogado vai argumentar que a participação de Exem foi adquirida através de peculato e lavagem de dinheiro.

“É tudo corrupção… tu [Isabel dos Santos] deves-nos as ações, a participação indireta na Galp, porque é roubo. É ilegal, portanto, tem de pagar de volta”, disse Gaillard.

Os advogados da Sonangol afirmam que a venda pela Sonangol de parte da sua participação no Esperaza à Exem não fazia sentido comercialmente para Angola e foi feita para enriquecer a família.

Sob o presidente Dos Santos, a Sonangol vendeu uma participação de 40% numa holding offshore, Esperaza, para outra holding – Exem – de propriedade do marido de Isabel dos Santos, Sindika Dokolo, um empresário congolês que morreu num acidente de mergulho no ano passado.

A Esperaza, na qual a Sonangol detém uma participação de 60%, associou-se por sua vez ao império empresarial da família portuguesa Amorim para formar mais uma holding, a Amorim Energia, maior acionista da portuguesa Galp Energia com uma participação de 33,3%.

O valor da participação indireta da holding Exem na Galp flutua com os preços do petróleo e vale atualmente cerca de 500 milhões de dólares.

Uma fonte com conhecimento da posição da família Amorim, que não quis ser identificada, disse que o seu principal interlocutor na participação conjunta não era a Exem, mas a Sonangol, qualificando a parceria com a estatal de “boa e próxima”. “[O caso] não afeta essas relações, não muda nada”, disse.

 

A disputa, que está a ser ouvida em Amsterdão, já resultou numa decisão em setembro que retirou o representante de Exem do conselho de Esperaza e colocou a sua participação sob o controle de um administrador nomeado pelo tribunal.

  Maria Campos, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

As misteriosas auroras de Úrano foram finalmente detalhadas ao pormenor pelos cientistas

Auroras de Úrano foram captadas pela primeira vez em 2011 através do telescópio Hubble Space, mas as suas origens representam ainda mistérios que os cientistas não conseguem esclarecer. Pela primeira vez, os cientistas conseguiram moldar a …

Domingo invulgar: 17 grandes jogos para ver, em poucas horas

A ementa começa em França, ao meio-dia, e acaba no Chile, já depois das oito da noite. Não estamos perto do Carnaval mas vem aí um "domingo gordo" no futebol. Vários jogos grandes, uns mais mediáticos …

Sporting 1-0 Moreirense | Capitão Coates embala leão

O Sporting igualou hoje o FC Porto na liderança provisória da I Liga portuguesa de futebol, ao vencer em casa o Moreirense, por 1-0, em jogo da nona jornada. O capitão Sebastián Coates marcou, aos …

Relatório médico indica que jovem chinês morreu após beber uma garrafa de Coca-Cola em dez minutos

Um homem chinês morreu depois de beber uma garrafa de 1,5 litros de Coca-Cola em dez minutos, informaram os médicos num relatório. O jovem de 22 anos, que não tinha doenças subjacentes, dirigiu às urgências do …

Universidade no Reino Unido tem arquivo de "casas assombradas"

A Universidade de Sheffield, no Reino Unido, tem um arquivo aberto ao público com quase 80 mil fotografias de "casas assombradas" de várias feiras populares. Para muitos, o medo é parte integrante da experiência de uma …

J&J acusada de usar manobra para impedir processos judiciais relativos à venda de pó de talco com propriedades cancerígenas

A Johnson & Johnson está a ser criticada por usar uma manobra para impedir cerca de 38 mil processos judiciais que alegam que o famoso baby powder da marca causa cancro. De acordo com a NPR, …

Tondela 1-3 FC Porto | Hat-trick de Taremi castiga insolência beirã

O iraniano Mehdi Taremi foi a grande figura da vitória do FC Porto em casa do Tondela, por 3-1. Os homens da casa marcaram primeiro, mas cedo se viram reduzidos a dez elementos e tiveram …

Chamam-lhe "Lady Trump". A candidata a governadora do Nevada que está a gerar polémica

Conhecida como "Lady Trump", Michele Fiore anunciou a sua candidatura a governadora do estado do Nevada em estilo, gerando polémica nos Estados Unidos. Michele Fiore, vereadora de Las Vegas, anunciou esta terça-feira a sua candidatura a …

Benfica abre inquérito a envolvimento de colaboradores em negócio de ações da SAD

O Benfica abriu um inquérito interno para averiguar o possível envolvimento de dois colaboradores num eventual negócio de transação de ações da SAD ‘encarnada’, informou hoje o clube, em comunicado. “Tendo em conta as recentes notícias …

Um hipopótamo na água

Tribunal norte-americano reconhece hipopótamos de Pablo Escobar como pessoas jurídicas

O grupo de hipopótamos, mais uma parte do legado deixado na Colômbia por Pablo Escobar, recebeu o estatuto de "pessoas jurídicas". Um tribunal federal dos Estados Unidos defendeu que os descendentes dos hipopótamos do barão da …