Sobe para 17 número de mortos no incêndio em edifício de Londres

Andy Rain / EPA

A polícia de Londres elevou, esta quinta-feira, para 17 o número de mortos no incêndio no edifício Grenfell, no oeste da capital britânica, e referiu ainda que há “dezenas” de desaparecidos.

Numa conferência de imprensa, o comandante Stuart Cundy sublinhou que é esperado que o número de mortos aumente.

Na torre Grenfell, um edifício com 24 andares e 120 apartamentos, localizado em North Kensington, viviam entre 400 e 600 pessoas.

Os bombeiros já haviam informado hoje que não há expectativa de encontrar mais pessoas com vida no edifício, que ardeu num incêndio que começou na quarta-feira e foi dado hoje por terminado.

Na sua declaração à imprensa, Cundy também disse que a operação de busca e resgate no imóvel levará “muito tempo” e que atualmente há equipas especializadas no local.

Depois de confirmar que ainda não foi possível estabelecer a origem do incêndio, referiu que estas equipas especializadas levaram cães para tentar encontrar os desaparecidos, que cifrou “em dezenas”, sem conseguir dar um número exato.

Stuart Cundy descartou que o incêndio esteja relacionado com terrorismo, dizendo que “não há nada” que aponte para esta hipótese.

O comandante confirmou que dos quase 80 feridos socorridos, “há ainda 37 pessoas a receber tratamento, das quais 17 estão em estado crítico“.

“Como dissemos ontem (quarta-feira), a nossa prioridade absoluta é identificar e localizar as pessoas que continuam desaparecidas”, assinalou.

A partir de agora, o inspetor chefe da polícia metropolitana de Londres (Met), Matt Bonner, será o encarregado de liderar esta investigação, informou o comandante.

A comandante dos bombeiros de Londres, Dany Cotton, declarou que os seus efetivos levarão a cabo uma “busca minuciosa” e acrescentou que “será, obviamente, um processo muito lento e doloroso”.

A primeira-ministra britânica, Theresa May, que prometeu “uma investigação adequada” sobre o incêndio, visitou hoje o local, tendo conversado com as equipas dos serviços de emergência.

Os meios de comunicação locais revelaram hoje que os especialistas estão a questionar o revestimento do edifício, colocado em 2015, pois continha polietileno, o que poderia explicar a rapidez com que se propagou o fogo.

Dez portugueses residiam em três apartamentos do prédio que ardeu. Duas crianças portuguesas estão internadas, mas fora de perigo, enquanto os pais foram assistidos, mas estão bem, segundo disse à Lusa fonte da Secretaria de Estado das Comunidades.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Fuga em massa. 75 prisioneiros escapam de prisão no Paraguai

As autoridades do Paraguai anunciaram que pelo menos 75 detidos fugiram da prisão Pedro Juan Caballero, localizada perto da fronteira com o Brasil, sendo que muitos dos fugitivos pertencem a um conhecido grupo de crime …

Pneumonia viral já chegou à Coreia do Sul. China regista terceira morte

A Coreia do Sul confirmou esta segunda-feira o primeiro caso de um novo tipo de pneumonia viral, que apareceu na China em dezembro e já provocou a morte a três pessoas no país. De acordo com …

Há uma espécie de árvore praticamente imortal (e o seu segredo foi descoberto)

Uma equipa de investigadores descobriu o segredo da Ginkgo biloba, a espécie de árvore que é praticamente imortal. Esta espécie existe desde o tempo dos dinossauros. A Ginkgo biloba, também conhecida popularmente por nogueira-do-japão, é uma …

O planeta extrassolar mais próximo da Terra pode ter companhia

Uma equipa internacional de astrofísicos encontrou evidências da existência de um segundo planeta a orbitar Próxima Centauri, a estrela mais próxima do Sol. Na prática, o mundo extrassolar mais próximo de nós pode ter companhia. …

Uma estrela ajudou a perceber quando é que a Via Láctea devorou outra galáxia

Recentemente, astrónomos descobriram que uma colisão com uma galáxia satélite encheu a Via Láctea de estrelas. Agora, graças a uma única estrela, já é possível perceber quando é que isso aconteceu. A galáxia satélite Gaia-Enceladus foi, …

Homem pede "julgamento por combate" com espadas japonesas para resolver disputa legal com a ex-mulher

Para resolver uma disputa legal com a sua ex-mulher, David Ostrom sugere que seja feito um "julgamento por combate" com espadas japonesas. Há precedentes legais que o podem favorecer em tribunal. O insólito aconteceu no Iowa, …

Crimes violentos podem aumentar drasticamente nos EUA devido ao aquecimento global

O número de crimes violentos nos Estados Unidos pode aumentar drasticamente nos próximos anos devido ao aquecimento global, concluiu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade do Colorado, em Boulder. "Dependendo da rapidez …

Twitter pede desculpa por permitir anúncios direcionados a neonazis

O Twitter emitiu esta quinta-feira um pedido de desculpa público depois de a BBC denunciar que a rede social estava a permitir anúncios direcionados a neonazis, islamofóbicos e outros grupos de ódio. A emisorra britânica …

Carlos Silva alega falta de apoio do PS e anuncia saída da liderança da UGT

O secretário-geral da UGT não é candidato a um novo mandato na central sindical, alegando que o “desgaste tem sido tremendo” e que é visto como força de bloqueio. “Não quero continuar”, “já está decidido e …

A maior aeronave do mundo vai ficar ainda maior. Medirá quase 100 metros

A maior aeronave do mundo vai ficar ainda maior: o dirigível híbrido Airlander 10, que media 92 metros de comprimento, vai bater o seu próprio recorde. De acordo com a emissora britânica BBC, a aeronave passará a …