“Espera-se reação do senhor ministro.” Sindicato partilha fotografia de polícia agredido

O sindicato da PSP que divulgou fotografias dos assaltantes que fugiram do tribunal do Porto partilhou, nas redes sociais, uma fotografia de um agente agredido. “Espera-se reação do senhor ministro.”

O Sindicato Unificado da Polícia de Segurança Pública, o mesmo sindicato que partilhou imagens da detenção de três homens que fugiram do Tribunal de Instrução Criminal (TIC) do Porto, voltou às redes sociais, desta vez para partilhar duas fotografias de um polícia agredido.

Na publicação, o sindicato pede uma reação ao “senhor ministro”, referindo-se, muito provavelmente, ao ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita.

Nas imagens, o agente agredido surge fardado à esquerda e numa maca de hospital à direita. “Para os defensores dos direitos, liberdades e garantias, isto é apenas o risco da profissão. Sabem qual o único dado inalienável da Constituição? Espera-se uma reação do senhor ministro, já sabemos que ser polícia é ser cidadão de terceira“, lê-se.

Durante o fim de semana, Eduardo Cabrita considerou a divulgação das imagens dos três detidos “absolutamente inaceitáveis“, e que “as imagens como as que circularam não são admissíveis”. o ministro pediu ainda à Inspeção-Geral da Administração Interna que abrisse um inquérito quer à fuga dos assaltantes do tribunal do Porto, quer à divulgação das imagens no Facebook.

Ao Observador, Peixoto Rodrigues, presidente do Sindicato Unificado da PSP, afirmou que a mensagem não é uma resposta às críticas de Cabrita. “Cada vez que um polícia é agredido nós publicamos. Não tem nada a ver com aquelas imagens que surgiram, com aquela fotografia dos suspeitos que foram detidos no Porto”, afirmou o sindicalista.

“A nossa intenção é sempre demonstrar ao público em geral e ao poder político em particular as condições em que os polícias trabalham. Os polícias são alvos de agressões diárias, umas mais graves do que as outras, e esta teve alguma gravidade”, explicou.

ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Pois eu acho absolutamente inaceitável que num estado de direito, como Portugal, a autoridade seja agredida ou desautorizada, sem que haja consequências graves.
    Respeitem-se todos os direitos e liberdades, especialmente de quem é cumpridor, porque quem não deve, não teme.

  2. Era bom que o sindicato publicasse a foto do PSP que roubou 300€ no aeroporto de Lisboa e dos colegas que são apanhados no tráfico de estupefacientes, bem como dos que roubaram as 50 armas Glock. É que os cidadãos também têm o direito de se precaverem d

  3. Também era bom que o sindicato publicasse a foto do PSP que roubou 300€ no aeroporto de Lisboa, bem como dos agentes que são ao

  4. bem eu se fosse da psp e de outras entidades deixaria de comparecer quando são chamados, se vê muitos a defender as minurias, os enfermeiros, os médicos, mas quem ganha um pouco mais de 100 euros, que tem que pagar as suas ferramentas de trabalho, que quem actua e mata um criminoso são logo condenados, ganhai vergonha, por um ou dois fazer asneiras são todos metidos no mesmo saco, mas pucha quem rouba milhões? são os agentes da otoridade? quem vai para um hospital e agrida elementos dos mesmos são agentes de autoridades? será que não da para pensar um pouco? por mim batia palmas se um dia os agentes da autoridades fizecem greve durante um mês seguido para que algum dia seja dado o mesmo direito dos tão coitados que só este ano já estiveram mais de 100 dias de boa vida, e dos professores que muito trabalham que até abusos a crianças tem tempo para isso

  5. Esperemos que, desta vez, estas fotos não sejam “fake-photographs”, como algumas recentes que esta organização sindical divulgou. Antes de se lançar em ataquezecos politiqueiros, este sindicato devia repensar em limpar a sua imagem e afastar-se de reuniões com lideres políticos radicais que se gabam de ser contra a democracia. Os polícias portugueses têm um trabalho difícil e fazem-no com muito empenho. Merecem ter mais apoios, mas também merecem ser mais bem representados.

RESPONDER

Elon Musk doou 1.000 ventiladores a hospitais (mas eram do tipo errado)

Nos últimos dias, Elon Musk, CEO da Tesla, recebeu muitos elogios por ter doado mil ventiladores a hospitais da Califórnia, que enfrentam um número esmagador de casos de coronavírus. Porém, os ventiladores não eram do …

Coronavírus pode replicar-se na boca e nariz durante uma semana antes de infetar pulmões

O coronavírus pode permanecer e replicar-se na boca e no nariz durante uma semana antes de infetar aos pulmões, à traqueia e aos brônquios, revela um estudo, que mostra igualmente que é expulso do organismo …

PSP vai utilizar câmaras portáteis em drones no estado de emergência

A PSP vai utilizar 20 câmaras portáteis de videovigilância, 18 das quais vão ser instaladas em ‘drones’, durante o estado de emergência devido à pandemia de covid-19, anunciou esta quinta-feira o Ministério da Administração Interna …

Em Nova Iorque, prisioneiros são usados para cavar valas comuns

Nova Iorque está a oferecer seis dólares por hora e material de proteção individual aos prisioneiros de Rikers Island que aceitem ajudar a cavar valas comuns. Projeções da Fundação Gates apontam que, em Nova Iorque, o …

EUA estará a pagar para desviar carregamentos de máscaras adquiridas por França

As autoridades francesas estão a acusar os Estados Unidos de terem pago para desviar um carregamento de máscaras faciais oriundo da China. Este episódio é apenas mais um na saga sobre a escassez de máscaras de …

Cerca de 1200 reclusos podem vir a ser libertados

Cerca de 1200 reclusos podem vir a ser libertados antecipadamente para prevenir a propagação da pandemia de covid-19 no meio prisional, revelou esta quinta-feira a ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, em declarações à RTP3. A …

OMS e EUA ponderam alargar recomendação para uso de máscaras

A Organização Mundial de Saúde (OMS) vai reavaliar as suas recomendações sobre o uso de máscaras para prevenir a contaminação com covid-19, disse esta quinta-feira o presidente do grupo de especialistas que vai discutir o …

Covid-19. Mais de 95% das vítimas mortais na Europa tinham mais de 60 anos

O diretor regional para a Europa da Organização Mundial de Saúde (OMS), Hans Kluge, revelou esta quinta-fera que mais de 95% das vítimas mortais da covid-19 na Europa têm mais de 60 anos de idade. Em …

Curva portuguesa mostra abrandamento de novos casos (mas é preciso "cautela")

Portugal tem assistido desde o dia 25 de março a um abrandamento do aumento percentual diário de novos casos de covid-19, segundo dados divulgados pelo Barómetro Covid-19 da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP). Segundo Carla …

"Ganhámos a primeira batalha". Presidente renova estado de emergência

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, anunciou oficialmente a renovação do estado de emergência nesta quinta-feira por mais quinze dias, prolongando-se este estado de exceção até 17 de abril. Numa mensagem ao país a …