Serviços secretos identificam suspeito da execução de jornalista. É o ex-rapper L Jinny

c.v. L Jinny / YouTube

O ex-rapper L Jinny, agora Abdel-Majed Badel Bary, é o suspeito da decapitação de James Foley

Os serviços secretos do Reino Unido já identificaram o jihadista de sotaque britânico suspeito da execução do jornalista norte-americano James Foley, divulgou este domingo o jornal The Sunday Times, citando fontes governamentais.

De acordo com as mesmas fontes, o MI5 (serviços secretos internos britânicos) e o MI6 (serviços secretos externos britânicos) indicaram que o jihadista de origem britânica é conhecido por outros extremistas como “Jihadi John“.

Apesar das fontes oficiais citadas pelo jornal não fornecerem detalhes sobre o indivíduo, o The Sunday Times refere que um dos principais suspeitos é Abdel-Majed Badel Bary, de 23 anos, que abandonou a casa da família no bairro londrino de Maida Vale, na zona oeste da capital britânica, em 2013.

Bary colocou recentemente na rede social Twitter uma fotografia sua a segurar uma cabeça decepada.

Em declarações ao mesmo jornal, o ministro dos Negócios Estrangeiros britânicos, Philip Hammond, afirmou que o alegado jihadista de origem britânica envolvido na execução de Foley representa uma “absoluta traição” dos valores do país.

Hammond referiu que o Governo britânico investe “recursos significativos” para erradicar, segundo a sua descrição, uma “barbárie ideológica” que pode representar uma ameaça para o Reino Unido.

O chefe da diplomacia britânica afirmou, como outros membros do executivo de Londres, que a “ameaça” procedente da Síria e do Iraque poderá durar uma geração.

“É horrível pensar que o autor deste ato atroz poderá ter sido educado no Reino Unido”, disse Philip Hammond, que acrescentou que este comportamento “é uma completa traição” ao país e dos “valores e de tudo o que os cidadãos britânicos defendem”.

Jihadistas do Estado Islâmico, um grupo sunita ultra-radical que controla partes do Iraque e da Síria, divulgaram na quarta-feira um vídeo da execução de James Foley.

No vídeo, intitulado “Mensagem para a América“, o Estado Islâmico ameaça matar um outro refém norte-americano, Steven Sotloff, em represália pelos ataques aéreos dos Estados Unidos a posições dos seus combatentes no norte do Iraque.

c.v. Youtube

Imagem do vídeo do EI publicado no Youtube

Imagem do vídeo do EI publicado no Youtube

James Foley, de 40 anos, era um repórter experiente, que tinha feito a cobertura noticiosa do conflito na Líbia antes de ir para a Síria, onde acompanhou a revolta contra o regime de Bashar al-Assad para o portal norte-americano GlobalPost, agência France Presse e outros órgãos de comunicação.

Ainda sobre a identidade do suspeito, o jornal britânico referiu que Barry é filho de um militante de origem egípcia que está a ser acusado pela justiça norte-americana da autoria de ataques bombistas contra as embaixadas norte-americanas no Quénia e na Tanzânia em 1998.

O pai de Abdel-Majed Badel Bary está a aguardar julgamento em Nova Iorque.

O jornal avançou ainda que Abdel-Majed Badel Bary era um aspirante a artista de Hip-Hop, conhecido como “L Jinny“, cujas músicas chegaram a ser transmitidas na BBC Radio 1.

O ‘rapper’ também apareceu em vídeos colocados no ‘site’ de partilha de vídeos YouTube, promovendo algumas das suas músicas.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Falta de meios dificulta marcação de testes à Covid-19

Os utentes do Norte referenciados pelas autoridades de saúde para fazerem o teste à Covid-19 estão a ter grandes dificuldades na marcação nos laboratórios recomendados, devido ao disparo na procura e ao facto de a …

"Impõe-se manter as medidas de contenção", diz Marcelo

O Presidente da República afirmou esta terça-feira que se impõe manter as medidas de contenção que vigoram em Portugal, referindo que essa foi uma opinião unânime na segunda reunião técnica sobre a situação da covid-19 …

Crise poderá levar a Juve a vender Ronaldo por 70 milhões

A crise financeira causada pela pandemia de covid-19 poderá "obrigar" a Juventus a vender Cristiano Ronaldo por 70 milhões de euros, avança a imprensa italiana, frisando que existem mais dois cenários em cima da mesa. O …

Pavilhão Rosa Mota transformado em "Hospital de Missão" com 300 camas

O Pavilhão Rosa Mota, no Porto, entrará, na próxima semana, em funcionamento como “Hospital de Missão” e, com 300 camas, servirá para acolher doentes com poucos sintomas de covid-19 ou até assintomáticos sem “retaguarda familiar”. “Trata-se …

Maduro acusa EUA de provocarem "perigoso momento de tensão" no continente

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, enviou na segunda-feira uma carta aos governantes internacionais, alertando que os Estados Unidos (EUA), ao oferecerem uma recompensa por informações que levem à sua detenção, conduzem a "um perigoso …

Prestações ao banco vão subir para quem recorrer à moratória

As prestações dos créditos à habitação vão subir para empresas e clientes particulares que pedirem a sua suspensão no âmbito da moratória criada pelo Governo. Os juros vencidos durante os seis meses da moratória serão …

BE e PCP querem isenção do pagamento de propinas durante estado de emergência

O Bloco de Esquerda e o Partido Comunista Português consideram que os alunos do Ensino Superior devem ficar isentos do pagamento de propinas durante o estado de emergência. Tanto o BE como o PCP sempre defenderam …

Menina de 12 anos morre na Bélgica vítima da covid-19

Uma menina de 12 anos morreu esta segunda-feira na Bélgica devido à pandemia de covid-19, anunciaram esta terça-feira as autoridades de saúde deste país. "É um caso muito raro, mas que nos afeta muito, é um …

"Bomba" de Graça Freitas rebentou-lhe nas mãos. Governo rejeita cerco sanitário ao Porto

O Secretário de Estado da Saúde, António Sales, rejeitou, nesta terça-feira, a possibilidade de impor um cerco sanitário ao Porto. Esta hipótese foi avançada pela directora-geral da Saúde, Graça Freitas, e foi fortemente criticada por …

Novo máximo diário. Covid-19 mata mais 849 pessoas em Espanha

Espanha registou, nas últimas 24 horas, 849 mortos com o novo coronavírus, um novo recorde de falecidos num só dia, elevando o balanço total para 8189. Os números do Ministério da Saúde espanhol revelam ainda um …