Seita indiana tinha o seu próprio governo, exército, tribunal e prisão com tortura

Rajat Gupta / EPA

Vista geral do terreno ocupado pela Swadhin Bharat Vidhik Satyagrah, após os confrontos com a polícia indiana

Vista geral do terreno ocupado pela Swadhin Bharat Vidhik Satyagrah, após os confrontos com a polícia indiana

Uma misteriosa seita, recentemente envolvida em confrontos mortais na Índia, tinha o seu próprio governo, exército, tribunal e prisão, onde a tortura era a regra, disse fonte policial, citada pela agência AFP.

Perto de três mil seguidores da seita indiana Swadhin Bharat Vidhik Satyagrah envolveram-se esta quinta-feira em confrontos com a polícia indiana, durante uma operação de despejo, que resultou em 24 mortos, incluindo dois agentes da polícia e um dos líderes da seita, Ram Vraksha Yadav.

A operação policial tinha como objectivo o despejo de um terreno, num parque da cidade de Mathura, no estado de Uttar Pradesh, que a seita tinha ocupado em 2014 e onde vivia praticamente isolada, disse um inspetor-geral da polícia.

Os confrontos tiveram início quando os 3.000 membros do grupo resistiram às forças da polícia destacadas para despejar o terreno.

Os dois agentes da polícia abatidos foram alvejados por tiros de alguns dos membros da seita, que se posicionaram em árvores altas, de onde lançaram também engenhos explosivos artesanais.

“Eles alvejaram-nos do alto das árvores”, disse Javeed Ahmad, diretor geral da polícia do Estado de Uttar Pradesh, em conferência de imprensa.

Os membros da seita atearam então fogo às suas habitações improvisadas, nas quais estavam armazenados cilindros de gás e explosivos.

“22 dos seus membros morreram, dos quais 11 queimados. Uma das vítimas é uma mulher”, acrescentou Ahmad.

Os seguidores da Swadhin Bharat Vidhik Satyagrah descrevem-se como revolucionários políticos e sociais, defendem o fim de eleições e reclamam combustível mais barato para todos.

A seita tem o tinha o seu próprio sistema de governo, um exército, tribunal e uma prisão com câmaras de tortura.

Segundo as autoridades indianas, crianças com 8 anos recebiam treino militar da seita, e os seus dirigentes pretendiam levar os fiéis para um “terrorismo religioso“.

“A sua ideologia é semelhante à dos naxalitas”, explicou Pradeep Bhatnagar, governador administrativo da região.

Os naxalitas são guerrilheiros maoístas que desafiam as autoridades nas grandes zonas do centro e este da Índia.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Por cá também se vão criando algumas seitas, desde religiosas a sexuais entre outras há hoje liberdade para tudo!

RESPONDER

Friends: atores já terminaram as gravações do episódio especial

Ainda antes de os talk shows serem suspensos devido à COVID-19, Matt LeBlanc foi um dos convidados do The Kelly Clarkson Show, onde confirmou que as gravações do episódio especial de FRIENDS estavam concluídas. O programa …

YouTube remove vídeos que vinculam falsamente a Covid-19 ao 5G

A onda de teorias falsas que ligam a pandemia da COVID-19 ao 5G levou a uma série de incidentes, incluindo ameaças a engenheiros. Agora, o YouTube está a reprimir essa desinformação. O YouTube informou que removerá …

Engenheiros construiram um ventilador caseiro. Pode servir como "último recurso"

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Vanderbilt, nos Estados Unidos, construiu um ventilador caseiro que pode ser usado como último recurso. A pandemia de covid-19 continua a desafiar as comunidades médicas e uma das ameaças …

Sepultura de genocídio encontrada no Ruanda pode conter 30 mil corpos

No Ruanda, foi encontrada uma sepultura que pode conter 30 mil vítimas do genocídio no país em 1994. Cerca de 800 mil tutsis e hutus moderados foram assassinados. Mais de 25 anos depois de um genocídio …

Belenenses SAD entra parcialmente em lay-off

"A indústria do futebol está entre as mais atingidas pelos efeitos da pandemia", que provocou a suspensão de praticamente todas as provas futebolísticas, destaca o Belenenses SAD. O Belenenses SAD, da I Liga de futebol, entrou …

Dois milhões de máscaras furtadas em Espanha podem ter sido vendidas em Portugal

O equipamento médico e sanitário furtado está avaliado em cinco milhões de euros e terá sido adquirido por uma empresa portuguesa que conhecia a proveniência do material. Um empresário de Santiago de Compostela foi detido por, …

Facebook terá tentado comprar um software de espionagem em 2017

O Facebook tem estado envolvido em vários escândalos e o mais recente está relacionado com a alegada compra da ferramenta Pegasus, usada para hackear iPhones. A empresa de segurança informática NSO Group, responsável pela Pegasus, alega …

Primeiro-ministro espanhol diz que coronavírus desafia o futuro da UE. E fá-lo em sete idiomas

O primeiro-ministro espanhol Pedro Sánchez publicou no domingo um artigo em sete idiomas europeus, argumentando que o coronavírus pode ser a ruína da União europeia (UE) caso não sejam tomadas medidas mais drásticas para lidar …

Viseiras de Leiria despertam cobiça. Bélgica e EUA queriam comprar toda a produção

Várias empresas de moldes e plásticos da região de Leiria estão a fabricar viseiras de protecção contra a Covid-19. Uma adaptação em tempos de pandemia que está a levantar atenção no estrangeiro, com EUA e …

Apple vai começar a produzir um milhão de máscaras por semana

O presidente da Apple, Tim Cook, anunciou que a empresa poderá produzir um milhão de máscaras por semana a partir do próximo fim de semana. Tim Cook explicou, na sua conta da rede social Twitter, que …