Seita indiana tinha o seu próprio governo, exército, tribunal e prisão com tortura

Rajat Gupta / EPA

Vista geral do terreno ocupado pela Swadhin Bharat Vidhik Satyagrah, após os confrontos com a polícia indiana

Vista geral do terreno ocupado pela Swadhin Bharat Vidhik Satyagrah, após os confrontos com a polícia indiana

Uma misteriosa seita, recentemente envolvida em confrontos mortais na Índia, tinha o seu próprio governo, exército, tribunal e prisão, onde a tortura era a regra, disse fonte policial, citada pela agência AFP.

Perto de três mil seguidores da seita indiana Swadhin Bharat Vidhik Satyagrah envolveram-se esta quinta-feira em confrontos com a polícia indiana, durante uma operação de despejo, que resultou em 24 mortos, incluindo dois agentes da polícia e um dos líderes da seita, Ram Vraksha Yadav.

A operação policial tinha como objectivo o despejo de um terreno, num parque da cidade de Mathura, no estado de Uttar Pradesh, que a seita tinha ocupado em 2014 e onde vivia praticamente isolada, disse um inspetor-geral da polícia.

Os confrontos tiveram início quando os 3.000 membros do grupo resistiram às forças da polícia destacadas para despejar o terreno.

Os dois agentes da polícia abatidos foram alvejados por tiros de alguns dos membros da seita, que se posicionaram em árvores altas, de onde lançaram também engenhos explosivos artesanais.

“Eles alvejaram-nos do alto das árvores”, disse Javeed Ahmad, diretor geral da polícia do Estado de Uttar Pradesh, em conferência de imprensa.

Os membros da seita atearam então fogo às suas habitações improvisadas, nas quais estavam armazenados cilindros de gás e explosivos.

“22 dos seus membros morreram, dos quais 11 queimados. Uma das vítimas é uma mulher”, acrescentou Ahmad.

Os seguidores da Swadhin Bharat Vidhik Satyagrah descrevem-se como revolucionários políticos e sociais, defendem o fim de eleições e reclamam combustível mais barato para todos.

A seita tem o tinha o seu próprio sistema de governo, um exército, tribunal e uma prisão com câmaras de tortura.

Segundo as autoridades indianas, crianças com 8 anos recebiam treino militar da seita, e os seus dirigentes pretendiam levar os fiéis para um “terrorismo religioso“.

“A sua ideologia é semelhante à dos naxalitas”, explicou Pradeep Bhatnagar, governador administrativo da região.

Os naxalitas são guerrilheiros maoístas que desafiam as autoridades nas grandes zonas do centro e este da Índia.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Por cá também se vão criando algumas seitas, desde religiosas a sexuais entre outras há hoje liberdade para tudo!

Aeronave autónoma é uma alternativa acessível aos satélites (e já fez o seu primeiro voo)

A empresa Swift Engineering, em parceria com o Ames Research Center, da NASA, desenvolveu uma alternativa acessível aos satélites: uma aeronave autónoma de alta altitude e longa resistência. Já nasceu a alternativa acessível aos satélites: chama-se …

Reservas naturais chinesas salvaram os pandas da extinção (mas "esqueceram-se" dos leopardos)

Uma nova investigação revela que os esforços da China para salvar os pandas gigantes foram bem sucedidos, mas os mesmos falharam na proteção de outros animais que partilham o mesmo habitat, como é o caso …

Comunidade científica critica Trump por dizer que NASA estava "morta"

Na quarta-feira, o Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, afirmou no Twitter que "a NASA estava fechada e morta" até que o próprio fez com que voltasse a funcionar, afirmação que gerou consternação na …

É "bastante provável" que chegue à Europa uma Cybertruck de menores dimensões

É "bastante provável" que uma Cybertruck de menores dimensões venha a ser produzida e chegue depois ao mercado europeu, revelou Elon Musk, CEO da Tesla, empresa que produz estas pickups elétricas. Questionado na rede social …

Mais seis mortos e 131 novos casos em Portugal nas últimas 24 horas

Portugal regista hoje mais seis mortos e 131 novos casos de infeção por covid-19 em relação a sábado, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde. O número de pessoas internadas é de 366, mais nove …

"Erro" do Instagram favoreceu conteúdo de Trump face ao de Biden

Um "erro" da rede social Instagram favoreceu durante dois meses o conteúdo gerado pela campanha de reeleição do atual Presidente norte-americano, Donald Trump, quando comparado com as publicações de Joe Biden, candidato democrata que está …

Fotografia partilhada nas redes sociais levou à suspensão de alunos nos Estados Unidos

Pelo menos dois alunos da North Paulding High School, no estado da Georgia, dizem ter sido suspensos depois de terem partilhado nas redes sociais uma fotografia na qual é possível ver um corredor da escola repleto …

Estado de Nova Iorque com mais mortes por Covid-19 do que França ou Espanha

Os Estados Unidos registaram 1.252 mortos e 63.913 infetados com o novo coronavírus nas últimas 24 horas, segundo uma contagem independente da Universidade Johns Hopkins. Os últimos números de casos e óbitos registados devido a Covid-19 …

Turistas voltam a viajar, mas optam pelo low-cost

Mesmo num contexto de pandemia mundial o desejo de ir de férias continua vivo. Os turistas voltaram a procurar voos, contudo as opções recaem em percursos de curta distância e mais económicos. Ao longo dos últimos …

Ventura anuncia recandidatura ao Chega e só sai do parlamento quando “metade daquela esquerda" sair

André Ventura anunciou esta noite a recandidatura à liderança do Chega, numa cerimónia em Leiria em que disse que só vai sair do parlamento “quando metade daquela esquerda sair”. “Estamos a fazer uma revolução democrática e …