Mais seis mortes e 232 novos casos de covid-19 em Portugal

Tiago Petinga / Lusa

A diretora-geral da Saúde, Graça Freitas (E), e o secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales (D)

Portugal regista, nesta segunda-feira, mais seis mortes por covid-19 e mais 232 novos casos, dos quais 195 na região de Lisboa e Vale do Tejo.

O boletim epidemiológico desta segunda-feira, divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS), contabiliza mais seis mortes por covid-19 em Portugal, um aumento de 0,37%, e 232 novos casos, uma subida de 0,53%. Portugal soma agora 1.620 óbitos e 44.129 casos confirmados.

Dos novos casos, 195 (84%) foram identificados na região de Lisboa e Vale do Tejo. Segundo o boletim de sexta-feira, os dados são um agregado dos registos dos Agrupamentos de Centros de Saúde da região, uma vez que “a não-notificação laboratorial no SINAVE LAB por um parceiro privado em 3 dias da semana em curso originou cerca de 200 notificações cuja distribuição ainda carece de análise”.

Esta segunda-feira, foram dadas como recuperadas mais 149 pessoas, aumentando para 29.166 o total de recuperações. Há, agora, 13.343 casos ativos no país, mais 77 do que no domingo.

Há 513 pessoas internadas, mais nove do que no dia anterior, das quais 74 estão nos cuidados intensivos (mais uma).

Este domingo, a DGS anunciou que ia deixar de indicar os números por município, enquanto está “a realizar a verificação de todos os dados com as autoridades locais e regionais de saúde, que ficará concluída durante os próximos dias”, depois de notícias que dão conta da existência de municípios cujos dados não estão a ser atualizados devidamente.

O boletim desta segunda-feira também não inclui informação sobre os concelhos e o número de infetados. “Nunca tivemos um sistema tão escrutinado”, disse a diretora-geral da saúde, Graça Freitas, quando questionada sobre as notas no boletim. “Creio que devemos estar orgulhosos do caminho que fomos fazendo.”

A responsável referiu ainda que, até à data, quase 400 mil pessoas foram consideradas suspeitas, o que gera “milhões de informações”. Há mais de 125 dias que Portugal reporta “ininterruptamente o total de casos confirmados”. “Digo Portugal com muito orgulho, porque muitos países não reportam com esta regularidade.”

“[A nível local] Conseguem captar dados precocemente que ainda não entraram nas plataformas informáticas. (…) Ao próprio dia esta informação não é completamente compatível”, explicou, garantindo que “vão sempre existir diferenças”, referindo-se à informação relativa ao nível local.

“Todos os países fazem estes ajustamentos, nós não somos nem piores nem melhores do que os outros países”, acrescentou ainda o secretário de Estado, Lacerda Sales.

O inquérito sorológico a cargo do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge foi concluído na passada sexta-feira, tendo contado com 2.100 participantes de todas as idades e provenientes de todas as regiões do país.

O trabalho de análise teve início no dia 27 de junho e Fernando Almeida, presidente do Conselho Diretivo do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA), referiu que os resultados preliminares deste inquérito serão conhecidos na segunda quinzena de julho.

“Vamos repetir este estudo cinco meses depois deste primeiro estudo e, depois, de três em três meses até um ano. Isto sempre de acordo com situação epidemiológica”, informou.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Vice-presidente do Zimbabué demite-se após acusações de abuso sexual

O vice-presidente do Zimbabué, Kembo Mohadi, acusado de assédio sexual, anunciou esta segunda-feira a sua demissão do cargo, tendo reafirmado a sua inocência. "Demito-me do cargo de vice-presidente da República do Zimbabué com efeito imediato", escreveu …

Variante inglesa em 29 países europeus. Estirpe do Brasil mais transmissível (e ilude sistema imunitário)

A variante britânica do SARS-CoV-2, presente em 29 países da União Europeia, é responsável por mais de metade das infeções totais. A estirpe detetada no Brasil, apesar de pouco prevalecente na Europa, pode ter uma …

EUA extraditam pai e filho acusados de ajudar Ghosn a fugir do Japão

Dois norte-americanos, pai e filho, procurados por ajudar o ex-presidente da Nissan, Carlos Ghosn, a escapar do Japão numa caixa, foram entregues à custódia japonesa esta segunda-feira. De acordo com o jornal britânico The Guardian, Michael …

Até à Páscoa "as coisas devem ficar como estão", diz António Lacerda Sales

O Secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales, admitiu, em entrevista ao SAPO24, que foram cometidos erros desde o início da pandemia e defendeu que até à Páscoa "as coisas devem ficar como estão". Um …

Trabalhar no Interior. Benefícios fiscais tiveram impacto de 27 milhões (e programa deve ser prorrogado)

Os benefícios fiscais previstos no Programa de Valorização do Interior (PVI) tiveram um impacto de cerca de 27 milhões de euros em 2020, revelou o Ministério da Coesão Territorial, destacando a aprovação de projetos …

Regulador da aviação trava construção do aeroporto do Montijo

O parecer negativo das câmaras do Seixal e da Moita e a não emissão por Alcochete levaram a Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC) a recusar emitir um parecer prévio de viabilidade do aeroporto do …

França aprova vacina da AstraZeneca para maiores de 65 anos. Única dose das vacinas reduz hospitalização nos mais idosos

O Governo francês alargou a idade de toma da vacina da AstraZeneca, que estava reservada para pessoas entre os 50 e os 64 anos. A partir de agora, pessoas com até 75 anos também vão …

OMS diz que é prematuro e "não realista" pensar-se que a pandemia acaba este ano

O diretor executivo do Programa de Emergências em Saúde da OMS diz que é prematuro pensar-se que a pandemia termina até ao fim do ano, mas que é possível é reduzir as hospitalizações e as transmissões …

A escolha de Moedas para Lisboa (ou de como Marcelo puxou os cordelinhos no PSD)

Rui Rio foi forçado a confirmar o nome de Carlos Moedas como candidato do PSD à Câmara de Lisboa depois de ter havido uma fuga de informação para a imprensa. E há quem especule que …

Duterte demite embaixadora no Brasil filmada a agredir funcionária

Esta segunda-feira, Rodrigo Duterte anunciou ter assinado a demissão da embaixadora das Filipinas no Brasil, Marichu Mauro. O Presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, demitiu a embaixadora no Brasil, depois de esta ter sido filmada a agredir …