Estudo aponta “segredo” para evitar uma segunda vaga de covid-19: o uso de máscaras

Andrea Fasani / EPA

Uma investigação recente concluiu que o uso massivo de máscara, combinado com confinamentos pontuais e parciais, pode ser decisivo para evitar uma segunda vaga de covid-19.

Um novo estudo levado a cabo por uma equipa de cientistas britânicos, e publicado na Proceedings of the Royal Society A, indica que um pedaço de tecido de algodão pode mesmo ser a primeira linha de defesa contra o novo coronavírus.

“Os resultados das nossas análises apoiam a adoção imediata e universal de máscaras”, disse o principal autor do estudo, Richard Stutt, citado pelo El País.

A investigação usou o caso do Reino Unido como exemplo, em números de população e em casos reais de contágio. O estudo aponta que se pelo menos metade da população usasse máscara em público, o índice de propagação do vírus  baixaria para números inferiores a 1.

No fundo, de acordo com os modelos matemáticos, quanto mais pessoas cobrissem o rosto, mais o Ro se aproximaria de zero. Usar máscara durante o dia a dia, e não só em espaços fechados, daria tempo até se encontrar uma vacina eficaz, defendem os investigadores.

“Se combinarmos o uso massivo de máscaras, com a distância física e um certo grau de confinamento, a pandemia pode ser gerida socialmente, ao mesmo tempo que se recupera a economia, tudo isto muito antes de uma vacina eficaz”, acrescentou o investigador.

“Realizar estudos científicos para medir diretamente a eficácia das máscaras é muito complicado”, afirmou Stutt, explicando que não é possível expor voluntariamente uma pessoa ao vírus, “porque isso levanta vários problemas éticos”, e, portanto, fica por comparar a redução das partículas expiradas por uma pessoa infetada, com e sem máscara.

Além disso, os cientistas receiam que o uso generalizado de máscaras dê uma aparente sensação de segurança que leve a um relaxamento de outras importantes medidas de prevenção, como a lavagem das mãos, por exemplo.

O uso generalizado de máscara foi bastante controverso para a Organização Mundial de Saúde (OMS) e até para os Governos e autoridades de saúde, pela falta de ensaios científicos que comprovassem a verdadeira eficácia contra a propagação do vírus.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. O uso de máscaras não foi implementado logo no início, porque simplesmente não havia. Tudo o resto é treta.
    Até é provável que, com a aceitação social do uso de máscaras, a mortalidade da gripe sazonal baixe drasticamente. Especialmente se usado nos transportes públicos e elevadores.

    • Não havia??? Ou não quiseram que houvesse??? Quantos começaram a fazer mal se falou em usar mascaras? Aquelas duas desmioladas do DGS é que andaram a protelar o que já se deveria de ter feito há muito tempo, USAR MÁSCARA.

  2. Foi uma vergonha o que a DGS fez sendo responsável directa por milhares de infectados e centenas de mortes. Deviam ser criminalizada as duas tontas da DGS e MS que seguiram estupidamente as directivas duma OMS tomada pelos chineses. É só ver o caso da Rep.Checa, Eslováquia, Hungria, Grécia que desde logo fizeram o que era para todos evidente: USAR MÁSCARA!!

  3. É preciso ser mauzinho para tratar desta forma duas pessoas que “ab initio” se mostraram tão empenhadas em resolver o problema. É muito fácil estar de fora e lançar críticas viperinas dando a entender que se estivessem lá dentro tinham feito muito melhor. Não se esqueçam que, pouco ou nada se sabia, sobre o comportamento deste novo vírus e que as informações saídas da OMS, pelas quais elas se orientavam, eram tudo menos esclarecedoras! Não podemos chamar de “tontinhas” a duas pessoas com formação académica competente, para as quais não foi, por certo, fácil lidar com tamanho flagelo. Outros países muito mais avançados tiveram resultados muito piores!

Responder a Lexus Cancelar resposta

Rara cobra de duas cabeças e dois cérebros independentes encontrada na Florida

Uma rara cobra com duas cabeças e dois cérebros independentes foi resgatada no estado norte-americano da Florida por uma equipa de especialistas do organização Florida Fish and Wildlife Conservation Commission. Na rede social Facebook, a organização, …

Benfica 2-0 Belenenses SAD | Darwinismo rende arranque histórico

O Benfica cumpriu e venceu o Belenenses SAD por 2-0, no Estádio da Luz, na partida que encerrou a quinta jornada da Liga NOS. Foi o quinto triunfo benfiquista no campeonato em cinco partidas, o …

Uma tarefa doméstica está a poluir sorrateiramente o ambiente

O que vestimos e como lavamos as nossas roupas influencia o número de microfibras sintéticas que libertamos no meio ambiente. Há uma tarefa doméstica a poluir sorrateiramente o ambiente. Um novo artigo científico, publicado na PLOS …

A companhia aérea que faliu devido à covid-19 está de volta

A pandemia de covid-19 foi traiçoeira para muitas empresas. A Flybe, uma das primeiras vítimas, está agora a ressuscitar - e pode voltar a rasgar os céus já no próximo ano. A economia mundial foi muito …

Dormir bem antes de tomar a vacina da gripe pode ajudar a aumentar a sua eficácia

Segundo os especialistas, uma boa noite de sono pode mesmo ajudar a aumentar a eficácia da vacina da gripe, que neste ano ganha particular relevância em plena pandemia de covid-19. De acordo com Matthew Walker, autor …

Há um petroleiro abandonado há mais de uma década nas Caraíbas (e é uma "bomba-relógio")

Um navio de armazenamento de petróleo venezuelano está ancorado no Golfo de Paria, um trecho de mar fechado entre a Venezuela e a ilha de Trinidad, há mais de uma década. Antes de os Estados Unidos …

Portugal deve bater recorde de doentes em cuidados intensivos ainda esta semana

Portugal deverá ultrapassar, esta quarta-feira, o recorde de doentes em unidades de cuidados intensivos, alertou a ministra da Saúde, Marta Temido, em conferência de imprensa sobre a capacidade do Serviço Nacional de Saúde para combater …

A Budapest Eye foi restaurante por um dia (e com estrela Michelin)

Um restaurante com estrela Michelin em Budapeste, na Hungria, ofereceu aos clientes uma experiência gastronómica na famosa roda gigante Budapest Eye. Atraiçoado pela queda de faturação após o desaparecimento de turistas estrangeiros, o restaurante Costes, premiado …

Antigo ministro da Saúde Leal da Costa admite novo estado de emergência

O antigo ministro da Saúde Fernando Leal da Costa defendeu hoje que em algum momento deve ser decretado de novo o estado de emergência, para que o Governo possa tomar medidas na luta contra a …

Marcelo promulga uso obrigatório de máscara na rua por 70 dias

O Presidente da República promulgou esta segunda-feira o decreto da Assembleia da República que determina o uso obrigatório de máscara na rua, por um período de 70 dias, sempre que não seja possível cumprir o …