SEF diz que pagou a todos os refugiados acolhidos em Portugal

Mário Cruz / Lusa

O SEF indicou, esta sexta-feira, que seguiu as recomendações da auditoria do Tribunal de Contas de 2019, tendo feito o “pagamento integral” de 10 mil euros a cada refugiado acolhido em Portugal.

O jornal Público noticiou, esta sexta-feira, que o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) não consegue explicar onde está cerca de um milhão dos quatro milhões de euros das verbas recebidas da Comissão Europeia em 2018 e 2019 que se destinavam a mais de 400 refugiados.

Este dinheiro diz respeito ao montante fixo de 10 mil euros que os Estados-membros recebem da Comissão Europeia por cada refugiado acolhido. Em Portugal, esse dinheiro é transferido para o SEF, que funciona apenas com um intermediário, já que depois o transfere para o Alto Comissariado para as Migrações (ACM).

Segundo avançou o diário, em 2018 e 2019, o SEF apenas transferiu 7500 dos 10 mil euros para o ACM por cada refugiado acolhido. Nesse período, Portugal acolheu 409 refugiados, o que significa que o SEF terá transferido apenas 1.022.500 euros dos 4.090.000 que recebeu.

Entretanto, numa nota enviada à agência Lusa, o SEF esclareceu que foram “recebidos e transferidos 21 milhões de euros, no âmbito do Programa Nacional do Fundo para o Asilo, Migração e Integração (FAMI)”, desde 2014 até à atualidade para acolhimento de refugiados que estavam na Turquia e no Egito.

O SEF explicou que o financiamento, proveniente da Comissão Europeia, foi integralmente alocado por este serviço de segurança “a despesas com seleção e pré-partida, receção e acolhimento, instalação e apoio à integração, bem como despesas administrativas, encargos associados e apoios assegurados pelas entidades de acolhimento, designadamente, habitação e outros apoios pecuniários ou em género para os cidadãos abrangidos”.

O organismo acrescentou que estas despesas compreendem o período de 12 a 18 meses, a partir da chegada dos 2827 requerentes e beneficiários de proteção internacional já acolhidos por Portugal, 1818 dos quais recolocados e 1009 reinstalados.

O SEF frisou ainda que adota este procedimento em “articulação estreita” com o Alto Comissariado para as Migrações (ACM) e obedece aos regulamentos aplicáveis ao FAMI, além de seguir as práticas adotadas pelos demais estados-membros da União Europeia.

Este serviço de segurança refere que o FAMI foi alvo em 2019 de uma auditoria de rotina promovida pelo Tribunal de Contas (TdC) que incidiu sobre o funcionamento deste programa de reinstalação e recolocação de refugiados.

“No âmbito do procedimento atual, adotado em 2020, e à semelhança do que tinha sido feito com o programa de recolocação, o SEF, em linha com o protocolo em vigor com o ACM e considerando as recomendações do Tribunal de Contas, procedeu ao pagamento integral devido no valor de 10 mil euros por cada cidadão reinstalado, referente a listagens remetidas pelo ACM e validadas pelo SEF”, sustenta.

Em 2019, o TdC detetou erros financeiros de quase 42 mil euros no Programa Nacional do Fundo para o Asilo, Migração e Integração, nomeadamente no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras com diferenças não explicadas entre valores recebidos e pagos.

De acordo com o relatório da auditoria, a que a Lusa teve acesso, o Tribunal de Contas detetou erros financeiros nos valores recebidos e pagos pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) em relação às operações de reinstalação, transferência e recolocação de refugiados.

  ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas tentam desvendar por que comemos demais

Em 2019, cientistas descobriram que certas células em ratos obesos impediam os sinais que indicam a sensação de saciedade. Agora, uma nova investigação fez uma abordagem ainda mais profunda sobre o papel destas células. O estudo, …

"Tenho todas as condições para vencer as eleições legislativas de 2023", diz Rangel

Paulo Rangel apresentou esta tarde formalmente a sua candidatura à liderança do PSD e afirma que tem todas as condições para unir o PSD e vencer as eleições legislativas em 2023. Em conferência de imprensa, o …

Putin admite aceitar pagamentos com criptomoedas num futuro próximo

Vladimir Putin admitiu que as criptomoedas têm valor, adiantando que esta forma de pagamento poderá tornar-se viável no país. Contudo, para já "ainda é muito cedo" para fazer previsões devido à sua natureza "incerta". A notícia …

Subida dos combustíveis. Estado arrecada mais 5 cêntimos de IVA por litro

Com a subida do preço dos combustíveis, o Estado está a arrecadar mais imposto por cada litro vendido por via do IVA. A subida dos combustíveis em Portugal tem sido uma realidade que não é de …

Parlamento aprova aumento do prazo de prescrição nos crimes sexuais contra menores

O parlamento aprovou esta sexta-feira o aumento dos prazos de prescrição dos crimes sexuais contra menores e do crime de mutilação genital feminina quando ocorre em crianças, rejeitando o aumento da moldura penal para estes …

Centeno diz que crise nos combustíveis será temporária

O governador do Banco de Portugal, Mário Centeno, referiu hoje, em Lisboa, que o aumento dos preços, nomeadamente dos combustíveis, deverá ser temporário, apesar de “aparentemente descontrolado”, lembrando que o petróleo negociou a preços negativos …

Assembleia da República chumba comissão de inquérito a MAI sobre acidente na A6

A Assembleia da República chumbou esta sexta-feira a proposta do Chega para a constituição de uma comissão parlamentar de inquérito à atuação do Ministério da Administração Interna no acidente com o carro do ministro e …

"O Governo quer salvar o Natal". Reino Unido alivia regras para atrair camionistas estrangeiros

O Governo britânico anunciou esta sexta-feira a suspensão temporária das regras sobre o número de entregas de mercadorias que os camionistas estrangeiros podem fazer no Reino Unido de forma a atenuar o impacto da escassez …

Parlamento aprova isenção de imposto de selo para moratórias de empresas

Todos votaram a favor do diploma no Parlamento, porém realçam que devem existir apoios idênticos para as famílias e querem acrescentá-los ao diploma durante a discussão na especialidade. Segundo noticia o Público, a proposta de lei …

Um copo com água

Água potável de cidade canadiana pode estar contaminada com hidrocarbonetos petrolíferos

A cidade de Iqaluit, no território canadiano de Nunavut, declarou estado de emergência após ter encontrado vestígios de petróleo no abastecimento de água. O departamento de saúde pública da cidade canadiana aconselhou os habitantes de Iqaluit …