Secretas identificaram terroristas em território nacional

O Serviço de Informações de Segurança admite que há vários portugueses que, a partir do território nacional, aderiram à propaganda terrorista do Daesh.

A notícia é avançada esta segunda-feira pelo Diário de Notícias, com base em declarações do diretor do SIS, Adélio Neiva da Cruz, numa conferência do seminário “Estratégias de Comunicação no contexto de terrorismo”, na Universidade Nova de Lisboa.

Em Portugal, os casos identificados de radicalização são minoritários e a dimensão do problema não é comparável com o que se verifica em alguns países”, afirmou o diretor do SIS, que não avançou pormenores sobre o número de casos ou sobre quais as motivações e situação dos identificados.

Neiva da Cruz afirmou que a revelação nada acrescenta ao que já constava no Relatório Anual de Segurança Interna (RASI) de 2015, que mencionava que haviam “sido identificados casos de radicalização e conexões entre cidadãos e/ou estruturas e organizações jihadistas de cariz transnacional”.

Contactados pelo DN, também a Polícia Judiciária e a Procuradoria-Geral da República (PGR) não avançaram quaisquer informações sobre estes casos. A PGR apenas confirmou a “existência de inquéritos a decorrer” sobre “factos relacionados com o denominado Estado Islâmico”, sem adiantar se estes se tratam de casos já conhecidos de portugueses que se radicalizaram no estrangeiro.

É a primeira vez, de acordo com o DN, que um alto dirigente assume que existem casos de radicalização em território nacional, além dos portugueses e luso-descendentes que se radicalizaram em Inglaterra e França e se juntaram ao Estado Islâmico na Síria e no Iraque.

Durante a sua intervenção, o diretor do SIS frisou que, no geral, o número de cidadãos que partem para a Síria para se juntar a organizações terroristas diminuiu “em mais de 50% no último ano”, apesar de sublinhar que “o número de indivíduos abertos à mensagem do radicalismo transmitida por recrutadores continua a aumentar”.

Neiva da Cruz afirma que agora “já não há apelos às viagens para a Síria“, onde o Daesh está a perder terreno, mas sim “à prática de atentados” nos países de origem.

Bom Dia

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Então do que estão à espera para prender esses radicais muçulmanos e os expulsar para os países de origem deles ou dos pais deles?

  2. As secretas sao um mal necesário. Mas muito mais necesário que qualquer comentador de meia tijela que nem sabe do que fala. Quanto aos simpatizantes do Daesh, divulguem a lista…

  3. tem razão as secretas são necessárias, mas não estas que em vez de protegerem os interesses do país e dos cidadãos, protegem antes o interesse de alguns que se usam desse enorme poder para fins nada democráticos.

RESPONDER

Governo vira-se para Rio para mudar a lei e garantir o novo aeroporto

O Governo está a preparar uma alteração à Lei para evitar que o projecto do novo aeroporto do Montijo seja chumbado. Uma medida que passará, necessariamente, pela necessidade de um entendimento entre PS e PSD …

"Entretenimento saudável". Santa Casa desvaloriza estudo sobre raspadinhas

O Departamento de Jogos da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa desvalorizou a investigação da Universidade do Minho que aponta para o vício das raspadinhas. Esta sexta-feira, um artigo científico publicado na The Lancet alertou para …

"Diga-lhe para ligar ao FBI". Autocarro com a cara do príncipe André circula em Londres

Um autocarro escolar, com a cara do príncipe André, andou a circular por Londres, esta sexta-feira, numa campanha da advogada Gloria Allred para pressionar o filho da Rainha a falar com o FBI. Esta sexta-feira, um autocarro …

Suspeito de terrorismo ouvido em tribunal (com o juiz a recusar ver os seus vídeos por não ter Internet)

O arguido Rómulo Costa, um dos oito portugueses acusados por financiamento ao terrorismo e recrutamento, adesão e apoio ao Estado Islâmico, foi interrogado, esta sexta-feira, na fase de instrução do processo que vai decorrer no …

FC Porto recorre do castigo de um jogo à porta fechada

O FC Porto vai recorrer do castigo de um jogo à porta fechada, aplicado pelo Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) por ofensa a um agente desportivo. "O FC Porto vai recorrer …

Moita Flores investigado por corrupção. Antigo PJ fala em "coincidência" com empréstimo aos filhos

Francisco Moita Flores, antigo inspector da Polícia Judiciária e ex-presidente da Câmara de Santarém, está a ser investigado por suspeitas de corrupção. Há transferências de dinheiro de uma construtora para empresas a que esteve ligado …

SOS Animal vai constituir-se assistente no processo contra João Moura

A SOS Animal anunciou, esta sexta-feira, que se vai constituir assistente no processo criminal contra o cavaleiro tauromáquico detido, na quarta-feira, por suspeitas de maus-tratos a cães em Monforte, no distrito de Portalegre. Em comunicado, a SOS …

SMS de Rangel revelam teia de corrupção na Relação de Lisboa. Juiz Vaz das Neves tem empresa contra a lei

O ex-presidente do Tribunal da Relação de Lisboa, Luís Vaz das Neves, que foi constituído arguido na Operação Lex, tem uma empresa que se dedica à arbitragem extrajudicial de conflitos, o que constitui uma violação …

Presidente da PwC esteve em Lisboa para controlar danos do Luanda Leaks

O presidente mundial da PricewaterhouseCoopers (PwC) esteve em Lisboa, há duas semanas, para controlar os danos provocados pelo caso Luanda Leaks. Bob Moritz, presidente mundial da PricewaterhouseCoopers (PwC), esteve em Lisboa, há duas semanas, para perceber até …

CM Lisboa vai negociar avenças em parques para moradores da envolvente da Baixa

O presidente da Câmara de Lisboa afirmou, esta sexta-feira, que a autarquia irá tentar acordar com os operadores dos parques de estacionamento da envolvente da Zona de Emissões Reduzidas da Baixa-Chiado a criação de "avenças …