Secretas identificaram terroristas em território nacional

O Serviço de Informações de Segurança admite que há vários portugueses que, a partir do território nacional, aderiram à propaganda terrorista do Daesh.

A notícia é avançada esta segunda-feira pelo Diário de Notícias, com base em declarações do diretor do SIS, Adélio Neiva da Cruz, numa conferência do seminário “Estratégias de Comunicação no contexto de terrorismo”, na Universidade Nova de Lisboa.

Em Portugal, os casos identificados de radicalização são minoritários e a dimensão do problema não é comparável com o que se verifica em alguns países”, afirmou o diretor do SIS, que não avançou pormenores sobre o número de casos ou sobre quais as motivações e situação dos identificados.

Neiva da Cruz afirmou que a revelação nada acrescenta ao que já constava no Relatório Anual de Segurança Interna (RASI) de 2015, que mencionava que haviam “sido identificados casos de radicalização e conexões entre cidadãos e/ou estruturas e organizações jihadistas de cariz transnacional”.

Contactados pelo DN, também a Polícia Judiciária e a Procuradoria-Geral da República (PGR) não avançaram quaisquer informações sobre estes casos. A PGR apenas confirmou a “existência de inquéritos a decorrer” sobre “factos relacionados com o denominado Estado Islâmico”, sem adiantar se estes se tratam de casos já conhecidos de portugueses que se radicalizaram no estrangeiro.

É a primeira vez, de acordo com o DN, que um alto dirigente assume que existem casos de radicalização em território nacional, além dos portugueses e luso-descendentes que se radicalizaram em Inglaterra e França e se juntaram ao Estado Islâmico na Síria e no Iraque.

Durante a sua intervenção, o diretor do SIS frisou que, no geral, o número de cidadãos que partem para a Síria para se juntar a organizações terroristas diminuiu “em mais de 50% no último ano”, apesar de sublinhar que “o número de indivíduos abertos à mensagem do radicalismo transmitida por recrutadores continua a aumentar”.

Neiva da Cruz afirma que agora “já não há apelos às viagens para a Síria“, onde o Daesh está a perder terreno, mas sim “à prática de atentados” nos países de origem.

Bom Dia

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Então do que estão à espera para prender esses radicais muçulmanos e os expulsar para os países de origem deles ou dos pais deles?

  2. As secretas sao um mal necesário. Mas muito mais necesário que qualquer comentador de meia tijela que nem sabe do que fala. Quanto aos simpatizantes do Daesh, divulguem a lista…

  3. tem razão as secretas são necessárias, mas não estas que em vez de protegerem os interesses do país e dos cidadãos, protegem antes o interesse de alguns que se usam desse enorme poder para fins nada democráticos.

RESPONDER

Inventor português e Huawei chegam a acordo

O jornal Público avança esta sexta-feira que a produtora de telemóveis inteligentes Huawei chegou a acordo com Rui Pedro Oliveira, o empresário português que a acusava de lhe ter roubado uma ideia. Em causa estava …

OLX regista queda na procura de casas, mas oferta de imóveis subiu 228% em relação a 2019

A pandemia afetou várias áreas da economia e o setor imobiliário não fugiu à regra. De acordo com o Público, a procura de casas para alugar na plataforma OLX teve uma queda abrupta entre os …

Recurso de Sócrates distribuído a Rangel foi redigido por Fátima Galante

Um recurso de José Sócrates, no âmbito da Operação Marquês, distribuído em 2015 ao juiz Rui Rangel, foi, afinal, redigido pela desembargadora Fátima Galante, sua mulher, revela a acusação da Operação Lex. Segundo a acusação do processo …

Filme sobre Snu Abecassis e Francisco Sá Carneiro estreia na RTP1

Snu, a produção realizada por Patrícia Sequeira e lançada nos cinemas portugueses em março do ano passado, chega à RTP1, esta segunda-feira (21), às 22h30. O filme retrata a história romântica de Snu Abecassis e …

Há mais recuperados do que apontam os dados oficiais

A diretora-geral da Saúde admitiu esta segunda-feira que o número de doentes recuperados de covid-19 é superior ao apontado pelos dados oficiais, disponibilizados no boletim diário da DGS, por atrasos na notificação. “Sabemos que há mais …

E agora, o Famalicão-Benfica em versão musical

Senhoras e senhores, bem-vindos à CoronaLiga 2020/2021. Não é ao mambo número cinco. O Lou Bega não sabe o que está a dizer. Ou a cantar. David Lubega. Talvez muita gente não saiba que nasceu em …

StayAway Covid conta mais de um milhão de utilizadores

StayAway Covid, a aplicação móvel que permite rastrear as redes de contágio de covid-19, já foi descarregada por mais de um milhão de pessoas, 19 dias após o seu lançamento. O administrador do Instituto de Engenharia …

Bielorrússia. 440 pessoas detidas violentamente após se juntarem na "marcha da justiça"

Mais de 440 pessoas foram detidas no domingo em várias cidades da Bielorrússia por participarem em protestos contra o Presidente do país, Alexander Lukashenko, informou esta segunda-feira o Ministério do Interior bielorrusso. Em todo o país, …

"Sim" vence referendo para reduzir um terço dos deputados em Itália

O “sim” à redução em um terço dos deputados em Itália venceu o referendo realizado no domingo e hoje com 60% a 64% dos votos, segundo sondagens à boca das urnas citada pela agência Lusa. O …

Depois de vários boicotes à atividade de Navalny, Supremo dissolve o seu partido político

O Supremo tribunal da Rússia dissolveu hoje o partido político "A Rússia do Futuro", fundado pelo líder da oposição Alexei Navalny, hospitalizado na Alemanha após ser envenenado com o agente neurotóxico Novichok, de acordo com …