Saúde mental de Donald Trump está a torná-lo “perigoso”, alertam 350 especialistas

Jim Lo Scalzo / EPA

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump

Pelo menos 350 especialistas assinaram uma carta para o Congresso sobre a alegada deterioração do estado de saúde mental de Donald Trump. Apesar de não ser um alerta novo, a situação voltou a merecer uma chamada de atenção.

Numa carta enviada ao Comité Judicial da Câmara dos Representantes, os clínicos consideram que a situação do Presidente dos Estados Unidos pode ser muito mais grave aquela até agora considerada e pedem aos legisladores que tenham em conta que o seu estado mental o está a tornar “perigoso”.

Alguns dos especialistas que assinaram esta carta foram Bandy Lee, psiquiatra de Yale, Jerrold Post, ex-profiler da CIA, e John Zinner, psiquiatra da Universidade George Washington.



Os três disseram, de acordo com o semanário Expresso, estar preparados para testemunhar sobre o efeito do impeachment na saúde mental do Presidente. “Imploramos ao Congresso que leve a sério esses sinais de perigo e restrinja os seus impulsos destrutivos”, pode ler-se na carta enviada.

Alguns dos sinais preocupantes são a fragilidade do seu ego, as reações que apelidam de raiva narcísica, a projeção das suas fraquezas como ataques contra os outros e a tomada de decisões sem empatia, sensibilidade e até racionalidade.

Segundo os especialistas, as apreciações agressivas e os insultos frequentes que Trump lança contra os opositores serão, na verdade. a projeção do que ele sente sobre si próprio, um outro sinal da gravidade do seu estado mental.

Assim, o grupo de especialistas avisa que há que considerar os riscos envolvidos, nomeadamente para a segurança nacional e decisões geopolíticas.

Este, porém, não é um alerta novo. Em 2017, um grupo de profissionais de saúde assinou uma carta, na qual diziam estar preocupados com a “grave instabilidade emocional” exibida pelo presidente dos Estados Unidos.

Nesse ano, a germofobia, ou seja, o medo patológico de sujidade, poluição e bactérias, também foi atribuída ao presidente, tendo este medo de apertar as mãos e de carregar em botões no elevador. Donald Trump admitiu evitar tocar nos filhos quando estes não se sentem bem e dar a mão à mulher, Melania, em locais públicos. Ainda nesse ano, Donald Trump admitiu a possibilidade de sofrer de algum tipo de transtorno psicológico.

No ano seguinte, em 2018, o médico da Casa Branca garantiu que a saúde mental do Presidente dos Estados Unidos é “excelente”. Essa visão foi contrariada por uma antiga funcionária da Casa Branca que assegurou que Donald Trump tem exibido “um declínio mental que não pode ser negado”.

ZAP //

 

 

 

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. É lamentável a imaginação e as inúmeras tentativas da oposição para conseguir tirá-lo da presidência. Os problemas mentais não são do sr. Trump. Não só não vão conseguir, como vai haver um segundo mandato ainda com mais votos.

  2. Infelizmente o Sr. Trump, não é o único caso preocupante. Em todos os Continentes, muitos Países estão nas mãos (se assim o posso dizer) de Ditadores, doentes mentias, sociopatas, e mesmo assassinos. A não esquecer o poder de destruição maciça nuclear que que estes “Loucos” podem vir a querer utilizar. Existe o suficiente para destruir o Planeta na totalidade !

RESPONDER

Astrónomos detetam, claramente e pela primeira vez, um disco a formar satélites em torno de exoplaneta

Com o auxílio do ALMA, do qual o ESO é um parceiro, os astrónomos detetaram pela primeira vez de forma clara a presença de um disco em torno de um planeta fora do nosso Sistema …

E se a Terra parasse subitamente de girar?

O nosso planeta demora 23 horas e 56 minutos a completar uma volta em torno do seu eixo, movendo-se a cerca de 1.770 quilómetros por hora. Aprendemos estes pormenores sobre o planeta azul na escola, …

Sporting 2 - 1 Braga | Leão entra em 2021/22 a rugir

O Sporting parece querer manter a senda de sucesso da época passada e entrou em 2021/22 com o pé direito. Os “leões” bateram o Sporting de Braga por 2-1, num jogo que valeu, sobretudo, pela primeira …

Ensinar crianças a dizer palavrões? Uma cientista acha que é boa ideia

A auto-intitulada "cientista dos palavrões" acredita que ensinar as crianças a usá-los de forma eficiente ajuda os mais novos a perceber como este palavreado afecta outras pessoas. Já se sabia que dizer palavrões é um sinal …

Fósseis misteriosos podem ser uma das provas mais antigas de vida animal na Terra

Elizabeth Turner, cientista numa universidade do Canadá, poderá ter encontrado a prova mais antiga de vida animal na Terra. Uma cientista encontrou possíveis sinais de vida animal multicelular em restos de recifes microbianos de há 890 …

E se o mundo entrasse em colapso? Cientistas descobrem qual o país onde há maior probabilidade de sobreviver

Caso a civilização entre em colapso - uma possível consequência das alterações climáticas - os cientistas já descobriram qual o lugar do mundo onde há maior probabilidade de sobreviver: é na Nova Zelândia. Numa pesquisa, dois …

"Dança quem está na roda", responde Marcelo sobre ausência de Bolsonaro

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse este sábado que "dança quem está na roda" quando questionado pelos jornalistas sobre a ausência do homólogo brasileiro, Jair Bolsonaro, da cerimónia de reinauguração do Museu …

Todos os anos, esta cidade italiana entrega sal ao Papa em mãos

O Sal de Cervia, também conhecido como "sal do Papa", é-lhe entregue todos os anos em mãos. A tradição sofreu algumas interrupções até ter sido recuperada pelo Bispo Mario Marini, que serviu no Pontificado de …

A colisão secreta entre navios soviéticos e britânicos podia ter tido um desfecho drástico

Colisão aconteceu durante um dos períodos mais quentes da Guerra Fria e foi camuflado pela marinha britânica, que tratou de fazer regressar a sua embarcação à base de Devonport durante a noite para evitar dar …

Esta garrafa de tequila demorou seis anos para ser desenvolvida (e contém ouro)

A Clase Azul Spirits é uma empresa que comercializa tequila e está a preparar uma edição limitada para homenagear o legado artesanal do México - de onde a bebida é originária. A 2 de agosto, a …