Santuário de Fátima admite fechar recinto se número de peregrinos não permitir distanciamento social

José Gomes / Flickr

O Santuário de Fátima não espera uma afluência significativa à Peregrinação Internacional Aniversária desta sexta-feira e de sábado, mas o reitor avisa que se o número de peregrinos não permitir o distanciamento social encerrará o recinto.

“Não me parece expectável uma grande enchente. Parece-nos expectável que esteja um grupo relativamente grande de peregrinos”, disse o reitor do Santuário de Fátima, Carlos Cabecinhas, em conferência de imprensa.

Segundo o padre, o recinto de oração é um espaço “amplo” e por isso não está definido um máximo de lotação, nem está prevista a utilização de qualquer utilização de instrumentos de contagem de pessoas, à semelhança do que sucede nas praias.

“Não temos instrumentos desse género nem pretendemos implementá-los. Aquilo que procuramos fazer é ir verificando a afluência de peregrinos. Caso tenhamos, em algum momento, a perceção de que o Santuário começa a estar no limite da sua capacidade no respeito pelo distanciamento teremos necessariamente de isolar e fechar o recinto”, alertou Carlos Cabecinhas.

O reitor sublinhou que o Santuário tem a situação “organizada e articulada” para avançar com essa medida, caso seja necessário. “Até ao momento não foi necessário, pois ficámos sempre aquém da capacidade daquilo que é a capacidade de um espaço tão vasto como é esta larga esplanada do recinto de oração.”

Carlos Cabecinhas admitiu que, num primeiro momento, após a reabertura das missas presenciais, esperava mais peregrinos. “Notámos que havia alguma prudência e receio nesse desconfinamento. Mas, progressivamente fomos notando que as pessoas começaram a vir e com mais confiança. Neste momento, o número de pessoas que tem vindo está de acordo com as nossas expectativas”, constatou.

O reitor lembrou ainda que “esta peregrinação de junho é sempre uma peregrinação com poucos peregrinos”.

“Aqui temos uma conjugação do 12 e 13, que correspondem a uma sexta à noite e a um sábado de manhã, o que pode trazer mais peregrinos do que é habitual. Temos, por outro lado, o facto de muitas pessoas que não puderam vir em maio, virem agora”, referiu ainda.

Nos últimos dias a fila para colocar uma vela estendia-se por grande parte do recinto. Carlos Cabecinhas justifica com a obrigatoriedade do distanciamento social e com o controlo dentro do tocheiro.

“Preocupamo-nos porque os peregrinos têm de esperar muito tempo para acender as suas velas, mas não temos solução. Por outro lado, revela-nos a enorme responsabilidade dos peregrinos, que esperam pacientemente não cortando os espaços de distanciamento que têm de observar.”

Carlos Cabecinhas insistiu na necessidade de garantir o distanciamento físico e aplaude a atitude dos peregrinos, que têm mostrado responsabilidade ao usarem máscara para sua proteção e dos outros.

“Apesar da insistência para o uso de máscara ser nos espaços fechados, de acordo com as diretrizes da Direção-Geral da Saúde, de um modo generalizado, os peregrinos usam máscara mesmo no espaço aberto. O peregrino de Fátima vem com confiança e sente-se corresponsável por si e pelos outros. O uso de máscara e o respeito pelo distanciamento mostra a responsabilidade do peregrino”, destacou também.

Sobre a peregrinação de agosto, aquela que mais gente costuma levar ao Santuário de Fátima, a seguir ao 12 e 13 de maio, Carlos Cabecinhas considerou ainda serprematuro projetar já essa peregrinação”.

“Não podemos ter a peregrinação de agosto que habitualmente tínhamos e creio que todos temos consciência disso. Por um lado, porque muitos dos potenciais peregrinos evitarão vir, tendo em conta esta necessidade de algum distanciamento e esta prudência de evitar ajuntamentos, por outro lado, é uma incógnita em relação aquilo que é a evolução da própria situação sanitária. Gostaríamos já de poder contar com o programa habitual da peregrinação de agosto, mas nem isso neste momento é certo”, lamentou o padre.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas desenvolvem adesivo para verificar (sem dor) níveis de glicose

Cientistas desenvolveram um sensor que dizem poder penetrar a pele, sem dor associada, para conduzir testes de diagnóstico para condições de saúde como pré-diabetes. De acordo com o site Science Alert, a equipa de cientistas investigou …

Governo está "preparado" para estender moratórias (e não só)

Esta terça-feira, em entrevista à TVI, o ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital disse que o Governo está "preparado para estender as moratórias bancárias" e lançar novas linhas de crédito. Pedro Siza Vieira, …

Açores vão dar incentivo financeiro a quem fizer teste da covid-19 antes de visitar região

O presidente do Governo dos Açores anunciou esta terça-feira que será criado um “incentivo financeiro” para compra de bens ou serviços na região a quem pretender deslocar-se ao arquipélago e fizer o teste de covid-19 …

Venezuela apela à denúncia de pessoas com sotaque estrangeiro no país

O Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV), o partido do Governo do Presidente, Nicolás Maduro, apelou na terça-feira aos venezuelanos que informem sobre a presença no país de pessoas com sotaque estrangeiro. O pedido foi feito …

A radiação do seu telemóvel pode estar a matar insetos

Um novo estudo sugere que a radiação dos telemóveis pode ter contribuído para o declínio dramático das populações de insetos na Europa nos últimos anos. A radiação eletromagnética dos telemóveis e as redes Wi-Fi podem ser …

A água é, em simultâneo, dois líquidos num só

O super-resfriamento da água líquida a temperaturas mais baixas do que as alcançadas anteriormente revelou novas evidências de que a água pode existir como dois líquidos diferentes ao mesmo tempo. Uma equipa do Pacific Northwest National Laboratory …

Descoberto novo tipo de planeta no Deserto Neptuniano. Tem um "ano" que dura 19 horas

Uma equipa de cientistas da Universidade do Chile acaba de descobrir um novo tipo de exoplaneta, com um período orbital de 19 horas. Em comunicado, a equipa precisa que o planeta, batizado de LTT 9779 …

Veneno de tarântula pode ser benéfico no tratamento de dores viscerais

Uma equipa de investigadores australianos identificou dois peptídeos do veneno da tarântula, que podem ajudar a aliviar dores em órgãos do sistema digestivo. Há algum tempo que os cientistas investigam a funcionalidade do veneno em doenças, …

Cientistas propõem reciclar beatas de cigarro para fazer tijolos

Os cientistas afirmam que se apenas 2,5% dos tijolos produzidos em todo o mundo, anualmente, incluíssem 1% de beatas, seria possível reciclar todas as pontas de cigarro a nível global. Um grupo de investigadores da Escola …

Taxa de natalidade desce quase um terço em cidade chinesa

As autoridades chinesas reconheceram oficialmente que a taxa de nascimentos em Xinjiang, cidade situada no noroeste da China, desceu quase um terço em 2018, comparada com o ano anterior. De acordo com a CNN, o governo …