Santos Silva lamenta que Durão Barroso tenha demorado 17 anos a “reconhecer erro” de defender invasão do Iraque

António Cotrim / Lusa

O ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, lamentou esta terça-feira que José Manuel Durão Barroso, então na qualidade de primeiro-ministro, tenha demorado 17 anos a reconhecer o erro que cometeu, ao defender a invasão do Iraque na cimeira das Lajes.

“O reconhecimento de um erro é sempre bem-vindo. Eu já errei também muitas vezes na vida. Pena é que, neste caso, tenha demorado 17 anos”, respondeu Santos Silva à questão da agência Lusa sobre a “confissão” de José Manuel Durão Barroso.

O jornal Público noticiou esta terça-feira que, numa entrevista ao novo podcast da Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento (FLAD), o também ex-presidente da Comissão Europeia (CE) afirmou que, se fosse hoje, “provavelmente não teria a mesma posição” que tomou, de apoio à invasão do Iraque.

Lembrando que Durão Barroso “não gosta de fazer julgamentos hipotéticos”, o diário refere que, na entrevista à FLAD, o também antigo presidente da Comissão Europeia recordou um dos momentos mais tensos da sua passagem pelo Governo português.

Na entrevista, o atual chairman do banco Goldman Sachs, para onde entrou após deixar a presidência da CE, ressalvou que, com a informação que tinha na altura, em 2003, “manteria a mesma posição”. Se soubesse o que sabe hoje, prosseguiu, “provavelmente não tinha tomado a mesma posição no encontro que esteve na origem da guerra contra o regime do então Presidente iraquiano, Saddam Hussein.

Na reunião, Durão Barroso foi anfitrião do então Presidente norte-americano, George W. Bush, e dos, na altura, primeiros-ministros britânico, Tony Blair, e espanhol, José Maria Aznar. A 20 de março de 2003, quatro dias depois da cimeira das Lajes, começou o ataque que levaria ao fim do regime de Saddam Hussein.

Durão Barroso reconhece “erros graves”

Hoje, Durão Barroso considera que “houve muitos erros graves na forma como foi gerido o processo”. “A ideia de querer ‘limpar’ toda a administração do Iraque foi um erro completo. É uma ideia que vem da desnazificação, que os alemães e os Aliados fizeram na Alemanha a seguir a [Adolf] Hitler, mas não era sensato fazê-lo ali” disse Durão Barroso, ressalvando, porém, que não tem “pena nenhuma” de Saddam Hussein.

“A situação foi mal gerida. (…) Na altura, eu várias vezes perguntei ao então Presidente dos Estados Unidos, quando é que me garantia a mim e aos outros que a vitória estava garantida: então e ‘after’? E no dia a seguir?”, contou o também antigo líder do Partido Social Democrata (PSD) português.

De George W. Bush, disse, ouviu a resposta: “as coisas estariam mais ou menos garantidas”, Durão Barroso sublinhou que “não foi uma posição ideológica ou belicista, mas sim “ponderada”. “Sei que é legitimamente controversa, até porque, infelizmente, não se concretizou aquilo que nos tinha sido comunicado”, afirmou.

Durão Barroso descartou, por outro lado, que o seu envolvimento na Cimeira das Lajes o tenha catapultado para a presidência da CE, contrapondo que talvez “até tenha sido uma dificuldade” acrescida. “Não se pode ser presidente da CE sem o apoio forte da França e da Alemanha”, argumentou, lembrando que, Jacques Chirac, que se opunha à intervenção militar dos Estados Unidos no Iraque, era o então Presidente francês.

“É importante notar que, apesar dessa posição que eu tomei na questão dos Açores, não se opuseram. Não é fácil ser eleito presidente da CE, e sobretudo duas vezes. Até agora ninguém foi mais”, recordou ainda.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Depois das sementes, norte-americanos recebem máscaras, óculos de sol e até meias sujas da China

Vários residentes da Flórida, nos Estados Unidos, receberam pacotes misteriosos da China pelo correio que não tinham encomendado. Desta vez não eram sementes, mas sim máscaras cirúrgicas, óculos de sol e até meias sujas. Em declarações …

Imposto sobre refrigerantes reduziu o seu consumo

O imposto especial sobre as bebidas com maior teor de açúcar levou mais de 40% dos inquiridos num estudo da Universidade Católica esta sexta-feira divulgado a reduzir o seu consumo, comportamento que adotariam também com …

Uma só teoria da conspiração sobre a covid-19 matou 800 pessoas. 60 ficaram totalmente cegas

Pelo menos 800 pessoas morreram e 60 ficaram cegas na sequência de uma teoria da conspiração sobre a covid-19, concluiu um novo estudo. A investigação, cujos resultados foram esta semana publicados na revista científica American Journal …

Apple e Google removem das suas lojas de aplicações um dos jogos mais populares do mundo

As gigantes tecnológicas Apple e Google removeram esta semana das suas lojas de aplicações, a App Store e a Google Play Store, respetivamente, o Fortnite, um dos jogos mais populares de todo o mundo. As …

Encontrado tesouro de artefactos nazis no "Covil do Lobo", o quartel-general ultrassecreto de Hitler

Quando os nazis se prepararam para invadir a União Soviética, em 1941, construíram um quartel-general militar secreto na floresta Masúria, na Polónia, ao qual chamaram "Wolfsschanze" ou "Covil do Lobo". Desde a sua descoberta após a …

Itália vai construir um túnel submarino para unir Sicília ao continente

Itália está a planear construir um túnel para ligar a região insular da Sicília ao continente italiano. O projeto de cinco mil milhões de euros vai ser pago com a parte do Fundo de Recuperação …

Point Roberts tinha um pé nos EUA e outro no Canadá (mas agora não "pertence" a nenhum)

Point Roberts, em Washington, está numa posição única. Localizada na ponta da Península de Tsawwassen, a cidade fica totalmente abaixo do paralelo 49, a linha que separa o Canadá dos Estados Unidos. Agora, a cidade …

Milhares de processadores quebraram um trilião de chaves para resgatar um Zip com bitcoins

Um misterioso homem perdeu o acesso a um ficheiro Zip onde estavam encriptadas as suas chaves privadas de bitcoins. Os 300 mil dólares foram resgatados por dois especialistas em criptografia — e por muitos milhares …

Reino Unido com mais de mil novas infeções pelo quarto dia consecutivo

O Reino Unido registou mais 11 mortos e 1.441 infeções de covid-19 nas últimas 24 horas, anunciou o Ministério da Saúde britânico, que manteve restrições sobre a área metropolitana de Manchester e parte do norte …

Governo não pondera (para já) proibição de fumar ao ar livre

O Governo não está a ponderar, neste momento, proibir fumar ao ar livre como foi decretado em Espanha, mas há “muitos aspetos em aberto” que serão acompanhados, disse esta sexta-feira a ministra da Saúde, Marta …